Seguidores

domingo, 31 de julho de 2011

PORTO ARRANCA EMPATE NO FINAL


Tudo se desenhava para ser uma vitória do Santa Cruz: o Tricolor do Arruda tinha mais volume de jogo, finalizou mais vezes, foi mais perigoso, teve um gol anulado. O placar era o resultado nítido do que se via em campo: 2 a 1 sobre o Porto, até os 46 minutos do segundo tempo. Foi aí que o time de Zé Teodoro cedeu a vantagem e deixou que o Gavião do Agreste empatasse. O placar final foi de 2 a 2 no estádio José Mendonça, em Belo Jardim, pela 3ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o Santa Cruz assume a liderança do Grupo 3 do torneio, com 5 pontos. O Porto, por sua vez, conseguiu seu primeiro ponto e ainda amarga a lanterna do grupo. Guarani-CE, Santa Cruz-RN e Alecrim-RN completam a tabela com 4 e 3 pontos, respectivamente.

O primeiro gol da partida foi do Santa, aos 37 minutos da etapa inicial. Thiago Matias subiu mais alto que todos e acertou bela cabeçada, aproveitando o cruzamento de cima para baixo de maneira indefensável. O Porto só empatou no começo do segundo tempo, quando Evandro chegou na área para completar o cruzamento e chutou, livre de marcação.

Pouco depois, aos 13, Kiros deixou a sua marca e a vantagem do Santa Cruz apareceu em novo gol de cabeça. Numa cobrança de falta de Wesley, o camisa 9 do Arruda subiu bem e cabeceou, colocando o Tricolor à frente do placar outra vez.

Esse resultado se manteve até os 46 do segundo tempo. Éverton Sena cometeu falta simples, na entrada da área, e Altemar se posicionou para cobrar. O chute foi perfeito, no ângulo, e Tiago Cardoso não teve chance alguma para defender. Era o empate do Porto.

domingo, 24 de julho de 2011

PORTO ESTREIA NA SÉRIE D COM DERROTA

DO PE360GRAUS
A estreia do Porto na Série D do Brasileirão não foi nada boa. Jogando na casa do adversário, a equipe caruaruense foi derrotada por 2x0 pelo Santa Cruz-RN, que conquistou os seus primeiros três pontos na quarta divisão da competição nacional.

Os dois gols do Santa Cruz-RN foram marcados ainda na etapa inicial. E o primeiro deles não demorou a sair. Logo aos quatro minutos, Maurício Pantera balançou as redes. Após receber a bola na área livre de marcação, ele chutou no canto esquerdo do gol de Geday, abrindo o placar do jogo.

Quando o cronômetro marcava 38 minutos, a equipe potiguar ampliou a sua vantagem no placar. Cristiano Tiririca dominou a bola, girou e chutou cruzado, com a perna direita, no lado esquerdo do gol, balançando as redes e dando números finais à partida ainda na etapa inicial.

Na próxima rodada, o Porto encara o Santa Cruz-PE em Belo Jardim, no Agreste pernambucano. O jogo acontece no próximo domingo (31), às 16h.

REPERCUSSÃO DA DERROTA

Após o final da partida, alguns jogadores do Porto comentaram a estreia com derrota na quarta divisão nacional. “No primeiro tempo, faltou entrosamento e sobrou nervosismo do primeiro jogo. Mas vamos trabalhar em cima disso pra fazer um bom jogo contra o outro Santa Cruz. Agora é esquecer esse jogo e pensar no próximo”, disse Renato.

Quem também acredita que os erros da estreia não devem ser repetidos é Sandro Miguel. “Nossa equipe sabia que ia encontrar dificuldade e conversamos que não poderíamos vacilar. Criamos bastante, mas tínhamos que definir e fazer os gols, pois quem não faz acaba levando. Mas temos uma semana para trabalhar. Vamos ver o que erramos agora para não repetirmos os erros no próximo jogo”, afirmou.

O técnico do Porto, Laélson Lima, garantiu que não vai faltar trabalho e empenho para que as falhas que a equipe demonstrou no jogo deste domingo (24) sejam corrigidas. “Jogar na casa do adversário não é fácil e enfrentamos uma equipe forte. Mas, se o Porto quiser alguma coisa no campeonato, vai ter que jogar mais, criar mais oportunidades. Mas é com trabalho que se vai conseguir corrigir as falhas”, disse.