Seguidores

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

APÓS DERROTA, PORTO FAZ AS CONTAS

Após a derrota para o América na última quarta-feira, o Porto volta a fazer contas para avançar no Pernambucano 2014. Mesmo fora do G-3, o Gavião continua dependendo apenas de seus resultados, isso porque, o Vitória tem apenas um jogo pela frente (contra o Central) folgando na última rodada. Com isso, o Tricolor das Tabocas pode chegar apenas aos 24 pontos. Porto e Serra Talhada tem dois jogas para disputar e podem chegar aos 26.

CENÁRIOS POSSÍVEIS

Cenário 1 - Vitória do Vitória contra o Central: com esse resultado o Vitória iria para 24 pontos, obrigando o Porto a conseguir pelo menos quatro pontos. Nesse caso, o Porto teria de fazer melhor saldo de gols que o Vitória, nesse quesito o Porto leva vantagem: 3 contra -1. Nesse caso, o Serra iria no máximo a 24 pontos, com o Porto levando vantagem por ter mais vitórias que o Serra.

Cenário 2 – Derrota ou empate do Vitória contra o Central: nesse caso a vaga ficaria entre Porto e Serra Talhada. O Porto poderia até perder para o Pesqueira no próximo domingo, que independente do resultado do Serra contra o Salgueiro, precisaria de uma vitória simples na última rodada contra o próprio Serra.  


Cenário 3 – Derrota ou empate do Vitória contra o Central: há uma chance do Porto se garantir matematicamente no próximo domingo. Para isso, o Porto deve vencer o Pesqueira e o Serra tem de perder para o Salgueiro. Entraria aí a vitória a mais que o Porto tem sobre o adversário. Mesmo se o Porto perdesse para o Serra na última rodada, as duas equipes terminariam com 23 pontos, com o Porto levando a vaga por ter uma vitória a mais que o Serra. Vale lembrar que para que esse cenário se torne possível, o Vitória não pode vencer o Central no próximo sábado.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

PORTO PERDE GOLS E É DERROTADO PELO LANTERNA


Jogando contra o lanterna da competição, era de se esperar que o Porto encontra-se vida fácil pela frente, ainda mais porque o América veio a Caruaru com o time reserva. Mas não foi o que aconteceu, o América venceu a partida por 1 a 0 , resultado que tirou o Gavião do G-3 do Campeonato Pernambucano. Com a derrota, o Porto foi ultrapassado pelo Vitória, que venceu o Ypiranga logo cedo por 2 a 1.

JOGO:

Para um time que marca poucos gols, a falta de seu principal goleador era a maior preocupação do Porto na noite desta quarta-feira. Fato que ficou visível na primeira jogada ofensiva, quando Guego e Thaciano quase se atrapalharam dentro da área, sobrando para Guego um chute que foi nas redes, mas pelo lado de fora.

Se fazer um gol era uma preocupação, levar um aos 10 minutos virou um pesadelo, já que o Porto só conseguiu marcar mais de um gol em apenas quatro jogos em toda competição. Numa bola que sobrou na entrada da área do Gavião, Otacílio chutou forte e pegou Thiago mal posicionado. A bola foi no meio do gol, mas suficiente para pegar o goleiro do Porto desprevenido.  1 a 0 América.

O gol desconcentrou a equipe do Porto que partiu pra cima de qualquer jeito e quase é pego num contra ataque alviverde.no minutos seguinte. Bob invadiu a área e se não fosse a recuperação rápida de Jackson, o América teria ampliado.

Explorando muito as jogadas pelas laterais, o Porto esbarrava na bem postada defesa do América. Sem criar grandes chances, restava Felipe Almeida chegar ao gol através de alguma jogada individual. Aos 27, o lateral tentou por cobertura de fora da área, mas a bola passou por cima do gol. Três minutos depois, Felipe tentou numa bola parada, Geninho subiu livre de cabeça, mas Diego fez grande defesa.

O Porto seguia jogando em seu campo ofensivo, mas como Alex Caruaru mal tocava na bola, as chances de gols não saiam. O América era mais objetivo e por pouco não fez o segundo aos 43. Bob puxou o contra ataque, invadiu a área e chutou forte. O goleiro Thiago fechou os olhos e escolheu o canto que ia cair, a bola foi para o lado oposto, por sorte, para fora.

No segundo tempo, o Porto voltou mais nervoso ainda, errando muitos passes na defesa o Gavião por pouco toma mais um. O técnico Elenilson Santos demorou treze minutos para ver que seu esquema de três volantes não funcionaria. Jefferson Renan entrou para saída de Cosme. Com a entrada de Renan, o Porto ficou mais objetivo e passou a criar boas chances, porém, faltou o homem gol para empurrar a bola para dentro.

Aos 18, Guego recebeu dentro da área e chutou para o gol, Diego defendeu. Aos 23, cruzamento de Jackson, a bola passou por toda defesa do América e sobrou com Jefferson Renan, livre na pequena na área, mandar para fora do estádio. Aos 25, Felipe Almeida recebeu na área e chutou cruzado, ninguém apareceu para escorar para o fundo da rede.

Com o tempo passando, Elenilson promoveu outra mudança: Jefinho na vaga de Evandro. O Porto passou a intensificar ainda mais a pressão em cima do adversário. Aos 39, Elenilson, enfim, desistiu de Alex Caruaru, para promover a estreia de Tulio, entre os profissionais. No lance seguinte, Guego cabeceou pra fora. O Porto ainda teve mais uma chance para ampliar aos 44, mas o placar não sofreu alterações.


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

PORTO COM DESFALQUES PARA JOGO DECISIVO

O Porto terá dois desfalques importantes para o confronto decisivo contra o América nesta quarta-feira, trata-se do goleiro Emanoel e do atacante Kiros, ambos pelo terceiro amarelo. A partida, válida pela 16ª roda do PE 2014, será disputada às 20h no estádio Luiz Lacerda.

No gol, Thiago terá uma nova oportunidade na vaga de Emanoel. O goleiro atuou por nove minutos na derrota do Porto por 1 a 0 para o Vitória no Carneirão, até ser expulso por impedir um ataque adversário defendendo uma bola fora da área.

No ataque, Alex Caruaru deverá ficar com a responsabilidade de marcar os gols. Alex atuou em dois jogos nesta temporada (na derrota para o Central e na vitória sobre o Ypiranga) sempre entrando no segundo tempo. Será a primeira chance do atacante como titular.

Assim como aconteceu na partida contra o Salgueiro, Jefferson Renan deve ser mantido no banco de reservas. O Porto deve atuar com: Thiago, Felipe Almeida, Geninho, Luiz Alberto e Jackson. Caio, Cosme, Evandro, Guego e Thaciano. Alex Caruaru.  


O Porto ocupa a terceira posição da competição com 20 pontos, para se garantir matematicamente no segundo turno, duas vitórias são suficientes. Além do América, o Porto enfrentará o Pesqueira (fora) e o Serra Talhada (em Casa). Quanto ao América, o clube é o lanterna da competição com apenas 10 pontos.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

TROPEÇOS DE ADVERSÁRIOS MANTÉM PORTO NO G-3

Com os resultados do fim de semana favoráveis, o Porto precisa apenas fazer o dever de casa para conseguir a classificação para o hexagonal final do Campeonato Pernambucano. Além do América, na próxima quarta-feira no estádio Luiz Lacerda, o Gavião enfrentará o Pesqueira no próximo domingo fora de casa e encerrará o primeiro turno diante do Serra Talhada, em casa.

Duas vitórias simples garantem o Porto matematicamente. O Gavião iria para 26 pontos e não poderia ser alcançado por Vitória, que só pode alcançar 24 pontos e pelo Serra, que pode alcançar apenas 26, mas nesse último caso, o Serra perderia no critério de vitórias. Ou menos que isso, aí o Porto dependeria de tropeços dos adversários diretos.

sábado, 25 de janeiro de 2014

PORTO DE OLHO NO ADVERSÁRIOS

O Porto folga na tabela com um olho na rodada deste final de semana. Com 20 pontos e na terceira posição, o que garante vaga no segundo turno do Campeonato Pernambucano, o Gavião torce por tropeços dos adversários diretos para conseguir seu objetivo principal.

O principal deles é o Vitória, o Tricolor das Tabocas é o quarto colocado da competição com 18 pontos. Com três jogos para realizar, o Vitória enfrentará o Serra Talhada fora de casa, além do Ypiranga (dentro) e o Central (fora).

Quem terá vida mais fácil pela frente é o Chã Grande. A Raposa tem 15 pontos mais jogará três, das quatro partidas que restam dentro de casa: Salgueiro, Serra Talhada e Pesqueira. O time do técnico Ubirajara Veiga ainda enfrentará o América fora de casa.

O Pesqueira tem confrontos mais equilibrados, com duas partida em casa e duas fora. Os pesqueirenses enfrentarão Ypiranga (casa), Salgueiro (fora), Porto (casa) e Chã Grande (fora).


Correndo por fora, o Serra Talhada tem remotas chances de classificação. A equipe sertaneja tem 14 pontos e enfrentará o Vitória (casa), Chã Grande (fora), Salgueiro (casa) e Porto (fora). 

PORTO 20 pontos
América (c)
Pesqueira (f)
Serra Talhada (c)

VITÓRIA 18 pontos
Serra Talhada (f)
Ypiranga (c)
Central (f)

CHÃ GRANDE 15 pontos
Salgueiro (c)
Serra Talhada (c)
América (f)
Pesqueira (c)

PESQUEIRA 15 pontos
Ypiranga (c)
Salgueiro (f)
Porto (c)
Chã Grande (f)

SERRA TALHADA 14 pontos
Vitória (c)
Chã Grande (f)
Salgueiro (c)
Porto (f)

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

OS GOL DE SALGUEIRO OX2 PORTO

PORTO VENCE E SE MANTEM NO G-3

O Salgueiro parece que sentiu a perda da invencibilidade para o Central na última quarta-feira. O Carcará perdeu o segundo jogo seguido, desta vez para o Porto e em seus domínios. A partida foi válida pela 14ª rodada do Campeonato pernambucano. Com a vitória por 2 a 0, o Porto permanece no G-3 da competição, agora com 20 pontos. Quanto ao Salgueiro, mesmo com a derrota, o Carcará permanece na liderança, agora um ponto a frente do Central.

Foi a segunda vitória do Porto no estádio Cornélio de Barros, a primeira aconteceu há oito anos atrás, em 2006.

O Porto foi melhor que o Salgueiro no primeiro tempo, abrindo o placar com Kiros aos 24 minutos de jogo. No segundo tempo, o Carcará não reagiu e Felipe Almeida acabou ampliando para o Porto. Aos 33, Valdeir chutou e a bola atingiu a trave de Emanoel.

Salgueiro: Mondragon, Marcos Tamandaré, Aylton Alemão (Yerien) e Ranieri. Ricardo Braz, Sidny (Thiaguinho, Moreilândia e Vitor Caicó. Fabrício Ceará e Alexson (Valdeir). Téc: Cícero Monteiro.


Porto: Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Luiz Alberto e Jackson. Cosme, Caio, Evandro, Thaciano e Guego. Kiros (Matheus Araripina). Tec: Elenilson Santos

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

PORTO CONTRA UM TABU NO CORNÉLIO DE BARROS

Com apenas uma vitória fora de casa, o Porto entra em campo nesta quarta-feira no estádio Cornélio de Barros disposto a quebrar um tabu que já dura oito anos. Desde 2006 o Gavião não vence o Salgueiro jogando na casa do adversário. Naquele ano, o Porto venceu por 1 a 0, com um gol de Vagner Rosa. Em cinco confrontos entre as duas equipes no sertão pernambucano, foram três vitória do Carcará contra uma do Gavião e um empate.

No geral, somando os jogos em Caruaru e em Salgueiro, as duas equipes já se enfrentaram treze vezes, com vantagem do Carcará pra cima do Gavião: 6x5.

O Porto ocupa a terceira posição no primeiro turno do Pernambucano com 17 pontos, nove a menos que o Salgueiro, que é o atual líder.

Para este confronto, o técnico Elenilson Santos não deverá contar com sua defesa titular mais uma vez, pois Wallace e Fabrício continuam no departamento médico. Em compensação, Felipe Almeida deve retornar ao time titular na vaga de Baiano.


O provável time do Porto que deve encarar o Salgueiro é o seguinte: Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Luiz Alberto e Jackson. Caio, Evandro, Thaciano, Guego e Jefferson Renan. Kiros.

SALGUEIRO 6/vitórias PORTO 5/vitórias, 2 empates

PORTO 0X1 SALGUEIRO (2014)
SALGUEIRO 1X2 PORTO (2013)
PORTO 2X1 SALGUEIRO (2013)
SALGUEIRO 2X0 PORTO (2012)
PORTO 0X1 SALGUEIRO (2012)
PORTO 1X0 SALGUEIRO (2011)
SALGUEIRO 3X1 PORTO (2011)
SALGUEIRO 3X2 PORTO (2010)
PORTO 3X2 SALGUEIRO (2010)
SALGUEIRO 0X0 PORTO (2009)
PORTO 3X0 SALGUEIRO (2009)
SALGUEIRO 0X1 PORTO (2006)
PORTO 1X1 SALGUEIRO (2006)

domingo, 19 de janeiro de 2014

MELHORES MOMENTOS DE PORTO 1X0 CHÃ GRANDE

PORTO VENCE O CHÃ GRANDE E VOLTA AO G-3

O fez valer seu mando de campo ao vencer o Chã Grande por 1 a 0 neste domingo. A partida foi válida pela 13ª rodada do Campeonato Pernambucano. Com o gol de Kiros, o Gavião voltou ao G-3 da competição, agora com 17 pontos, dois a mais que o próprio Chã Grande e o Vitória, que perdeu para o Pesqueira.

As duas equipes entraram em campo cautelosas, procurando não se expor muito no ataque. O Chã grande tinha a vantagem de ter em campo dois meias mais determinados, e foi através de Mizael e Tiago Lima que a Raposa dominou os primeiros minutos. Mas apesar do domínio, as chances criadas não levaram perigo algum ao gol de Emanoel.

Sem conseguir construir nenhuma jogada ofensiva nos primeiros 22 minutos, o Porto acabou sendo premiado com um gol na primeira chance que teve. Kiros cobrou falta da entrada da área e Viola, que estava na barreira, colocou a mão na bola. O árbitro Gleidson Leite deu pênalti, que o próprio Kiros cobrou e converteu.

O Chã Grande tentou reagir e aos 25 minutos Viola arriscou de fora da área, a bola passou a direita do gol de Emanoel.

Perdendo o jogo, o técnico Ubirajara Veiga tirou Viola para entrada de Dário Kennedy. Logo no primeiro lance, o atacante deu uma arrancada pela direita e cruzou rasteiro, Emanoel tentou afastar e quase que defesa do Porto se complica. O Porto respondeu aos 37 minutos. Jackson puxou o contra ataque pelo meio e cruzou na área, Kiros se antecipou e tocou para Thaciano que chegou chutando de primeira, Dida mandou para escanteio.

O Chã Grande continuou com mais volume de jogo no segundo tempo. O Porto voltou mais fechado procurando encaixar algum contra ataque. As duas equipes criaram algumas chances nos primeiros minutos, no Porto Kiros foi acionado duas vezes sem sucesso. No Chã Grande, Nona e Gilson perderam oportunidades. Aos 27, Tiago Lima tabelou com Jessuí, mas chutou fraco para defesa de Emanoel. Aos 33, novamente Tiago Lima, o meia recebeu da entrada da área, mas Emanoel mandou para escanteio.

No final da partida, o Porto conseguiu controlar o adversário saindo um pouco do sufoco e criando duas chances. Aos 39, Matheus Araripina fez boa jogada individual, invadiu a área e cruzou rasteiro, a bola ia em direção a Jefferson Renan, mas Jessé fez o corte.  Aos 43, Felipe Almeida cobrou escanteio e Matheus Araripina acertou uma bela cabeçada, Dida fez grande defesa. Mesmo com o arbitro dando cinco minutos de acréscimos, o Chã Grande não conseguiu chegar ao gol de empate.

Na próxima rodada o Porto encara o Salgueiro no estádio Cornélio de Barros. O jogo acontece na próxima quarta-feira. O Chã Grande folga.


quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

PORTO PERDE E PERDE DUAS POSIÇÕES NA CLASSIFICAÇÃO

Jogando no Carneirão, o Porto perdeu para o Vitória na noite desta quarta-feira em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Pernambucano 2014. O Tricolor de Vitória de Santo Antão não vencia desde a quinta rodada e acabou surpreendendo o Gavião, que agora ocupa a quinta posição na classificação do primeiro turno.

Foi a terceira derrota do Porto sob o comando do técnico Elenilson Santos, que até agora venceu apenas duas partidas em cinco disputadas. O gol da vitória foi marcado por Daniel Caiçara aos 39 da etapa inicial.

Além do Vitória, que agora é quarto com 15 pontos, o Porto foi ultrapassado pelo Chã grande, que é o terceiro, também com quinze. O Gavião ocupa a quinta posição com 14 pontos.


As duas equipes entram em campo novamente no domingo (19). O Vitória enfrenta o Pesqueira, às 16h, no Estádio Joaquim de Brito. O Porto recebe o Chã Grande no Luiz Lacerda, em Caruaru.

domingo, 12 de janeiro de 2014

PORTO VENCE E RETORNA AO G-4


O Porto conseguiu um bom resultado neste domingo ao vencer o Ypiranga pelo placar de 2 a 1 no estádio Luiz Lacerda. Com a vitória, o Porto retornou ao G-3 do primeiro turno do PE 2014 com 14 pontos, dois a mais que o Vitória, que perdeu a posição ao perder para o Salgueiro por 2 a 0. O Ypiranga agora amarga a lanterna da competição com oito pontos.

Tocando bem a bola, o Porto começou melhor o jogo envolvendo o adversário com facilidade. Aos 3 minutos, Caio fez bom lançamento para Baiano, que penetrou na área e tentou driblar o goleiro. Mas o lateral acabou se atrapalhando e perdeu a bola para defesa do Ypiranga.

Três minutos depois, Thaciano deixou Jefferson Renan na cara do gol, o atacante teve tempo para dominar, mas acabou chutando fraco para defesa de Adson. Um minuto depois, Thaciano encontrou Guego dentro da área, o meia dominou, fez o giro e tocou com frieza na saída de Adson. 1 a 0 Porto.

Com a vantagem no placar, o Porto ainda teve mais uma chance para ampliar. Aos 16, Thaciano escapou pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Kiros, na pequena área, tentou de pé esquerdo, mas pegou errado na bola facilitando a vida do goleiro Adson. De tanto perder gol, o Porto foi castigado no minuto seguinte, André Tobias cruzou da esquerda, Emanoel saiu errado, Rodolfo escorou para o meio da pequena área e Dilson apareceu livre para escorar para o gol vazio.

Como o Ypiranga foi conseguindo encaixar a marcação, as chances de gol foram diminuindo, com o Porto assustando novamente apenas aos 30 minutos. Baiano recebeu de Jefferson Renan e arriscou o chute de fora da área, Adson precisou se esticar todo, mandando para escanteio. Aos 44, o Ypiranga voltou a assustar. Maneco fez o cruzamento da esquerda e encontrou Rodolfo dentro da área, o atacante, com um toque, se livrou de dois marcadores do Porto, mas não de Emanoel que se redimiu fazendo a defesa.

O segundo tempo começou com festa para torcida do Porto. Logo aos dois minutos, Baiano fez boa jogada pela direita e encontrou Kiros, que deu uma bela cabeçada balançando a rede do goleiro Adson mais uma vez. 2 a 1 Porto.

Com o gol, o Ypiranga passou a sair mais para o ataque, mas desorganizado, a Máquina de Costura não conseguia levar perigo ao gol de Emanoel. Na segunda parte da etapa complementar, o Porto passou a explorar melhor os contra ataques, com as entradas de Jefinho e Alex Caruaru. 

Aos 28, Jefferson Renan invadiu a área do Ypiranga, mas foi travado pelo goleiro Adson. Aos 39, Jefferson Renan puxou o contra ataque novamente e encontrou Alex Caruaru livre dentro da área, o atacante dominou, mas chutou em cima de Adson. Aos 46, Jefinho fez ótimo lançamento para Guego dentro da área. 

O meia dominou e chutou para defesa de Adson, no rebote, Jefinho novamente não conseguiu completar para o gol, a última chance 
da partida.

Na próxima rodada, o Porto vai até Vitória de Santo Antão, para enfrentar o Vitória no Carneirão. O Ypiranga vai encarar o Chã Grande, no Otávio Limeira.

COPA SP: Sábado, pela Copa São Paulo, o Porto deu adeus para competição ao ser derrotado pelo Ituano por 2 a 1. 

sábado, 11 de janeiro de 2014

EM BUSCA DO NOVO ARTILHEIRO

Com a saída de Joelson para o futebol coreano, o técnico Elenilson Santos terá trabalho para encontrar um novo goleador. Isso porque não há no elenco do Porto nenhum jogador com números tão expressivos quanto a do atacante. Vestindo a camisa do Gavião, foram 51 gols desde 2006. Nos últimos dois anos, Joelson alcançou um média de 0,67 gols por partida. Sendo responsável por 41% dos gols marcados pelo clube em 2012, 61% em 2013 e neste ano, mesmo sem atuar em duas partidas, foi responsável por 44% dos gols marcados pelo Porto.

Analisando o atual elenco, apenas Guego e Kiros têm conseguido boas médias quando o assunto é marcar gols.

Apesar de jogar no meio, Guego tem uma média 0,35 gols marcados por jogo, com 15 gols em 43 partidas. Já Kiros, vem se destacando mais em dar assistências do que marcar, foram 23 gols em 68 jogos, o que dá uma média de 0,30 gols por jogo.


Abaixo, uma lista com a média de gols com principais nomes ofensivos do elenco tricolor:

Guego - meia                 43jogos/15gols/0,35 gol por jogo
Kiros - atacante             77 jogos/23 gols/0,30 gol por jogo
Alex Caruaru atacante  11 jogos/2gols/ 0,12 gol por jogo
Jefinho atacante            25 jogos/3gols/0,12 gol por jogo
Jefferson Renan meia  60 jogos/5 gols/0,08 gol por jogo
Thaciano - meia            13 jogos/1 gol/0,07 gol por jogo
Tiago Orobó - meia       20 jogos/1gol/0,05 gol por jogo
Matheus Araripina - atacante/10 jogos/0 gol

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

PORTO ENTRA EM CAMPO COM POUCAS CHANCES DE AVANÇAR NA COPA SP

O Porto entra em campo neste sábado para enfrentar o Ituano pela última rodada da primeira fase da Copa São Paulo. O jogo, válido pelo Grupo L, acontece na cidade de Sumaré às 13h (horário do Recife).

Com três pontos e na segunda posição na chave, o Porto precisa vencer e torcer por um tropeço do Juventude contra o Sumaré, além de tirar uma desvantagem no saldo em relação ao time gaúcho. Atualmente, o Juventude tem saldo de cinco gols, contra um do Porto.


Outra a opção de classificação, seria uma das seis vagas de segundo lugar por índice técnico, mas nesse caso a conta fica complicada. Até o momento, três times terminaram esta fase na segunda posição com sete pontos, Palmeras (Grupo H), Aquidanauense (Grupo I) e Kashiwa Reysol (Grupo W). Além disso, outros quatro grupos têm duas equipes empatadas com seis pontos, que decidirão seu futuro neste final de semana.

GOLS DA COPA SÃO PAULO: PORTO 4 A 1 SUMARÉ

PORTO PERDE E SAI DO G-3

O Central levou a melhor no segundo clássico local realizado neste ano pelo Campeonato Pernambucano. A partida, realizada nesta quinta-feira contra o Porto, foi vencida pela Patativa pelo placar de 1 a 0. Com esse placar, a equipe alvinegra continua na briga pelo titulo do primeiro turno. Quanto ao Porto, a derrota para o arquirrival o tirou da zona de classificação para o segundo turno e só não foi pior, pois o Vitória apenas empatou contra o Chã Grande. O Porto caiu para quarta posição com 11 pontos, um menos que o tricolor das tabocas e nove pontos distante do alvinegro. Para piorar a sequencia sem vitórias contra a Patativa aumentou para seis confrontos.

JOGO:

O Central começou melhor a partida, impondo seu toque de bola e jogando em velocidade, a Patativa procurava mais o ataque, enquanto o Porto preocupava-se apenas em não tomar gols. Mesmo assim, as chances criadas pelos alvinegros não chegaram a assustar o goleiro Emanoel. Passado os primeiros minutos, o Porto foi tomando coragem e arriscando mais em seu campo ofensivo. Aos 12, Kiros arriscou o chute de fora da área, a bola resvalou na defesa do Central e quase surpreende o goleiro André. Com o jogo mais equilibrado, as chances de gols diminuíram com as duas equipes procurando a melhor maneira para atacar.

Apenas aos 22, o Central assustou de fato a meta defendida por Emanoel. Lançamento em profundidade, a defesa do Porto parou pedindo impedimento. Wanderley entrou com a bola dominada dentro da área, mas o atacante do Central perdeu um pouco o ângulo, chutando por cima do gol.

O gol do Central surgiu aos 36. Após tabela de Roger e Adriano, o lateral do Central encontrou Tallys livre na grande área. O meia teve tempo de dominar e escolher o canto direito de Emanoel, fazendo a festa da torcida alvinegra no Lacerdão.

Ainda houve tempo para mais duas chances de gol na primeira etapa. Para o Central, a falta cobrada de Diego Góis assustou o goleiro Emanoel. Pelo lado do Gavião, o chute de Jefferson Renan passou à direita do gol de André.

Na etapa complementar, o Porto voltou com uma postura diferente. Com mais velocidade e apostando nos passes curtos, o Gavião dominou os primeiros minutos de forma surpreendente. Mas faltava ao Gavião a referencia de Joelson na frente. Que deixou o clube na véspera, após ser negociado com o futebol coreano.

Com Kiros isolado, restava ao Porto a ineficiência de Thaciano e as arrancadas inúteis de Jefferson Renan. Não demorou muito para o Central voltar a dominar e retomar as rédeas da partida. Aos oito, Danilo Pires arrancou pela direita, cruzou para o meio da área para Wanderley. O atacante quase alcança e a bola acabou sobrando com Tallys, que da entrada da área acertou a trave de Emanoel.

Aos 14, nova trama do Central. Jonathan Goiano tocou para Tallys, que rolou para Adriano que chutou colocado. Emanoel fez a defesa. A partir daí, o Central passou a quebrar o ritmo da partida, segurando o jogo e evitando qualquer esboço de reação do Porto.

Elenilson Santos tentou reorganizar sua equipe com a entrada de Tiago Orobó na vaga de Thaciano. Enquanto Humberto Santos, sacava Jonathan Goiano, que havia entrado minutos antes, para entrada de Jailton.

Mas tudo quem Elenilson viu foi seu time levar uma bola na trave aos 37, num chute de colocado de Jailton. Sem ter para onde correr, Elenilson colocou seu time no ataque com as entrada de Jefinho e Alex Caruaru nas vagas de Erasmo e Caio, respectivamente. Mas tudo que conseguiu foi um chute de Baiano aos 48 e uma cabeçada de Alex Caruaru aos 49, ambos os lances foram parar na linha fundo.

As duas equipes voltam a campo no próximo fim de semana. No estádio Luiz de Lacerda, o Porto enfrentará o Ypiranga, enquanto o Central vai até Vitória de Santo Antão enfrentar o Chã Grande.


quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

PORTO VENCE E SEGUE VIVO NA COPA SP

Depois de estrear com derrota na primeira rodada, o Porto recuperou-se e goleou o Sumaré por 4 a 1 nesta quarta-feira pela Copa São Paulo. Com a vitória, o Porto subiu para segunda posição do Grupo L com três pontos, atrás do líder, o Juventude, que goleou o Ituano por 4 a 0 e tem seis pontos.

O atacante Tulio marcou duas vezes no primeiro tempo, aos 16 e aos 36. Na etapa final, Clebson, aos 14 e Jeremias aos 31 ampliaram. No final, aos 39, Lucas descontou para o Sumaré.

Mesmo com o resultado positivo, a classificação do Porto para a segunda fase é difícil. Com o Juventude sendo o virtual primeiro colocado da chave, resta ao Porto vencer o Ituano na última rodada e torcer para entrar entre os seis melhores segundos colocados entre 26 grupos.


A partida entre Porto e Ituano acontece no próximo domingo às 13h no estádio Vereador José Pereira. O confronto será a preliminar de Sumaré x Juventude.

PORTO E CENTRAL EM CLÁSSICO COM DESFALQUES

Central e Porto se enfrentam nesta quinta-feira pela décima rodada do Pernambucano 2014. O Central ocupa a vice-liderança na classificação e segue na cola do Salgueiro pela primeira posição do primeiro turno. Para este confronto, a Patativa poderá ter até cinco desfalques, já que Vagner Rosa, Fernando Pires, João Paulo, Jonathan Goiano e Danilo Lins estão no departamento médico. Destes, Fernando Pires e Jonathan Goiano são duvidas.

Caso ninguém se recupere até a quinta, o provável time do Central será o seguinte: André, Adriano, Alisson, Lúcio e Jean Batista. Diego Telles, Diego Góis, Tallys e Danilo Pires. Wanderley e Roger.

Nesta terça-feira, a direção anunciou mais um reforço. Trata-se do atacante Laio Azeredo. O jogador tem 24 anos e foi revelado pelo Botafogo-RJ. Além do clube carioca, Laio passou por Macaé, Goytacaz, Duque de Caxias, Democrata-GV e pelo futebol romeno.

No Porto, os desfalques devem dá dor de cabeça ao técnico Elenilson Santos. Sem poder contar com os laterais titulares, Felipe Almeida e Jackson, que estão machucados. Elenilson deve manter Baiano e Wewerton no time de cima. A dupla de defesa, Wallace e Fabrício, também deve desfalcar o Gavião, como aconteceu no último confronto. Luiz Alberto e Geninho devem ser titulares.

Outro desfalque de última hora pode ser a do atacante Joelson, o jogador está negociando sua transferência com o futebol coreano e pode nem entrar em campo no derby. Jogando entre os profissionais do clube desde 2006, o atacante já marcou 51 gols com a camisa do Gavião.


Com isso, o provável time do Porto deve ser o seguinte: Emanoel, Baiano, Geninho, Luiz Alberto e Wewerton. Caio, Evandro, Guego e Thaciano. Joelson e Kiros.  

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

PORTO ENTRA EM AÇÃO NOVAMENTE PELA COPA SÃO PAULO

O Porto entra em campo nesta quarta-feira pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O adversário será os donos da casa, o Sumaré, no estádio Vereador José Pereira. O jogo começa às 13h (horário de Recife) e será a preliminar de Ituano e Juventude.

Depois de estrear com derrota na competição, apenas uma vitória interessa para o Gavião seguir na competição. Mesmo assim, a situação é complicada, pois apenas um time de cada grupo avança para segunda fase. O Grupo L é liderado por Juventude e Ituano com três pontos, Porto e Sumaré vêm a seguir ainda sem pontuar.


COPA SÃO PAULO: GOLS E ESCALAÇÃO


PORTO 0X2 JUVENTUDE Copa São Paulo de Futebol

Escalação: Robinho, Paulinho, Alisson, Charleston e Vinicius. Clebson, Mardley, Jeremias (Danilo) e João Paulo (Dorthan),. Tulio e Marlon (Jônatas). Tec: Serjão.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

JOGOS DO PORTO 2014

PORTO 1X1 CENTRAL gol de Guego
Emanoel, Felipe Almeida, Wallace, Fabrício e Jackson (Baiano). Caio (Thaciano), Evandro, Marcelinho (Jefinho) e Guego. Jefferson Renan e Kiros. Tec: Daniel Neri
YPIRANGA 0X2 PORTO gols de Kiros e Joelson
Emanoel, Felipe Almeida, Wallace, Fabrício e Jackson (Baiano). Caio, Jefferson Renan, Evandro e Guego (Thaciano). Kiros (Matheus Araripina) e Joelson. Tec: Daniel Neri
PORTO 1X0 VITÓRIA gol de Kiros
Emanoel, Felipe Almeida (Baiano), Wallace, Fabrício e Jackson (Jefinho). Caio, Evandro, Jefferson Renan (Cosme) e Guego. Joelson e Kiros. Tec: Daniel Neri.
CHÃ GRANDE 2X1 PORTO gol de Joelson
Emanoel, Baiano, Wallace, Luiz Alberto (Wewerton) e Fabrício. Caio, Jefferson Renan (Jefinho), Cosme (Thaciano), Guego. Joelson e Kiros. Tec: Daniel Neri.
PORTO 0X1 SALGUEIRO 
Emanoel, Baiano, Wallace, Fabrício e Wewerton. Caio, Marcelinho (Jefferson Renan), Rennan (Jefinho) e Guego. Kiros e Thaciano (Erasmo). Tec: Daniel Neri.
AMÉRICA 1X1 PORTO gol de Thaciano
Emanoel, Baiano, Wallace, Fabrício (Luiz Alberto) e Wewerton. Caio, Jefferson Renan (Jefinho), Evandro e Guego. Kiros (Joelson) e Thaciano. Tec: Daniel Neri.
PORTO 3X1 PESQUEIRA gols de Joelson, Kiros e Joelson
Emanoel, Baiano, Wallace (Geninho), Luiz Alberto e Wewerton. Caio, Evandro, Guego (Cosme) e Thaciano. Joelson e Kiros (Jefferson Renan). Tec: Elenilson Santos
SERRA TALHADA 1XO PORTO
Emanoel, Baiano, Luiz Alberto, Geninho e Wewerton (Jefinho). Caio, Evandro (Erasmo), Guego e Thaciano (Jefferson Renan). Kiros e Joelson. Tec: Elenilson Santos
CENTRAL 1X0 PORTO
Emanoel, Baiano, Geninho, Luiz Alberto e Erasmo (Jefinho). Caio (Alex Caruaru), Evandro, Guego e Thaciano (Tiago Orobó). Jefferson Renan e Kiros. Tec: Elenilson Santos.
PORTO 2X1 YPIRANGA gols de Guego e Kiros
Emanoel, Baiano, Geninho, Luiz Alberto e Erasmo (Jefinho). Caio, Evandro, Jefferson Renan, Guego e Thaciano (Cosme). Kiros (Alex Caruaru). Tec: Elenilson Santos.
VITÓRIA 0X1 PORTO gol de Kiros
Thiago, Baiano, Geninho, Luiz Alberto e Erasmo(Clebson). Cosme (Jefinho), Evandro, Guego, Jefferson Renan (Tony) e Thaciano. Kiros. Tec: Elenilson Santos
PORTO 1x0 CHÃ GRANDE gol de Kiros
Emanoel, Baiano, Geninho, Luiz Alberto e Jackson (Felipe Almeida). Caio, Evandro, Guego(Cosme), Jefferson Renan e Thaciano. Kiros (Matheus Araripina). Tec: Elenilson Santos
SALGUEIRO 0X2 PORTO gols de Kiros e Felipe Almeida
Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Luiz Alberto e Jackson. Cosme, Caio, Evandro, Guego(Rennan) e Thaciano. Kiros (Matheus Araripina). Tec: Elenilson Santos.
PORTO 0X1 AMÉRICA
Thiago Régis, Felipe Almeida, Geninho, Luiz Alberto e Jackson. Cosme (Jefferson Renan), Evandro (Jefinho), Caio, Thaciano e Guego. Alex Caruaru (Túlio). Tec: Elenilson Santos.
PESQUEIRA 0X1 PORTO gol de Thaciano
Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Wallace e Jackson. Cosme, Evandro, Caio, Thaciano (Marcelinho) (Rennan), Jefferson Renan (Jefinho). Kiros. Tec: Elenilson Santos.
PORTO 1X1 SERRA TALHADA gol de Kiros
Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Wallace e Jackson (Baiano). Cosme, Evandro, Guego, Thaciano (Rennan) e Jefferson Renan (Jefinho). Kiros. Tec: Elenilson Santos.

SALGUEIRO 2X1 PORTO gol de Felipe Almeida
Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Wallace e Jackson. Cosme (Jefinho), Evandro (Matheus Araripina), Caio, Thaciano (Alex Caruaru) e Guego. Kiros. Tec: Elenilson Santos
PORTO 1X0 SANTA CRUZ gol de Kiros
Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Wallace e Jackson. Cosme (Luiz Alberto), Evandro, Caio, Thaciano (Jefinho) e Guego. Kiros. Tec: Elenilson Santos.
PORTO 0X2 SPORT
Emanoel, Felipe Almeida, Geninho, Wallace e Baiano. Alisson (Matheus Araripina), Evandro, Caio, Thaciano (Jefinho) e Guego (Thiago Orobó). Kiros. Tec: Elenilson Santos.
NÁUTICO 3X0 PORTO
Emanoel, Felipe Almeida, Cosme (Jefinho), Wallace e Baiano (Alex Caruaru). Alisson, Evandro, Caio, Thaciano e Guego (Matheus Araripina). Kiros. Tec: Elenilson Santos
CENTRAL 2X1 PORTO gol de Kiros
Thiago Régis, Felipe Almeida, Geninho, Wallace e Jackson. Rennan (Clebson), Evandro (Matheus Araripina), Jefinho, Thaciano (Tiago Orobó) e Guego. Kiros. Tec: Elenilson Santos.
PORTO 1X4 NÁUTICO gol de Thaciano
Thiago Régis, Felipe Almeida, Geninho, Wallace e Jackson. Cosme, Evandro (Jeremias), Rennan, Thaciano (Marcelinho). Jefinho e Kiros (Matheus Araripina). Tec: Elenilson Santos.
SANTA CRUZ 4X0 PORTO
Thiago Régis, Felipe Almeida, Wallace, Alisson e Wewerton. Cosme, Evandro, Rennan (Guego) e Thaciano. Jefinho (Matheus Araripina) e Kiros. Tec: Elenilson Santos.
SPORT 1X0 PORTO
Thiago Régis, Téo, Alisson, Wallace, Geninho e Wewerton (Vinícius). Clebson (Lucas), Mardley e Thaciano. Matheus Araripina e Jefinho (Tulio). Tec: Elenilson Santos.
PORTO 0X5 CENTRAL
Thiago Régis, Téo, Alisson, Wallace, Geninho e Wewerton. Cosme (Clebson), Mardley e Jeremias (Dorthan). Danilo e Tulio (Fabrício). Tec: Elenilson Santos.
PORTO 0X1 SALGUEIRO
Tony, Téo, Wallace, Alisson e Vinícius. Clebson (Matheus Araripina), Cosme (Jeremias), Mardley e Thaciano. Tulio e Danilo (Marlon). Tec: Elenilson Santos.

PORTO 1X0 GLOBO-RN gol de Jackson
Rudison, Henrique, Charleston, Geninho e Jackson. Clebson, Mardley, Luquinha (Jeremias) e Thaciano. Jefferson Renan (Tiago Orobó) e Etinho (Erikys). Tec: Elenilson Santos.
CONFIANÇA 1X1 PORTO gol de Etinho
Rudison, Henrique, Charleston, Geninho e Jackson. Clebson, Mardley, Luquinha e Thaciano (Rennan). Jefferson Renan (Alisson) e Etinho. Tec: Elenilson Santos.
BETIM 1X2 PORTO gols de Luquinha e contra
Rudison, Henrique, Charleston, Geninho e Jackson. Clebson, Mardley, Luquinha (Raimundo) e Thaciano. Jefferson Renan(Alisson) e Etinho. Tec: Elenilson Santos.
PORTO 3X0 VITÓRIA DA CONQUISTA gols de Etinho, Thaciano e Jefferson Renan
Rudison, Henrique, Charleston, Geninho e Jackson. Clebson (Joelton), Mardley, Luquinha (Jeremias) e Thaciano. Jefferson Renan (Erickys) e Etinho. Tec: Elenilson Santos.
PORTO 1X0 BETIM gol de Luquinha
Rudison, Henrique, Charleston, Geninho e Jackson. Clebson, Mardley, Luquinha (Alisson) e Thaciano (Jeremias). Jefferson Renan (Erickys) e Etinho. Tec: Elenilson Santos.
VITÓRIA DA CONQUISTA 1X1 PORTO gol de Thaciano
Rudison, Henrique, Charleston, Geninho e Jackson. Clebson, Mardley, Evandro (Caio) e Thaciano. Jefferson Renan (Erickys) e Etinho (Matheus Araripina). Tec: Elenilson Santos.
PORTO 1X1 CONFIANÇA gol de Etinho
Rudison, Henrique, Charleston, Geninho (Alisson) e Jackson. Clebson, Mardley (Jefferson Renan), Luquinha e Thaciano. Erickys (Caio) e Etinho. Tec: Elenilson Santos.
GLOBO 1X0 PORTO
Rudison, Henrique, Charleston, Alisson e Jackson. Clebson, Mardley (Jefferson Renan), Caio (Tiago Orobó), Luquinha e Thaciano. Matheus Araripina (Erikys). Tec: Elenilson Santos.

GOLS:
Kiros 10
Thaciano 5
Joelson 4
Etinho 3
Guego 2
Felipe Almeida 2
Luquinha 2
Contra 2
Jefferson Renan 1

domingo, 5 de janeiro de 2014

PORTO ESTREIA COM DERROTA NA COPINHA

O Porto não estreou bem na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Jogando no estádio vereador José Pereira, em Sumaré, o Gavião foi derrotado pelo Juventude por 2 x 0. Os gols da equipe gaúcha foram marcados por Dionas Bruno, aos 34 minutos do primeiro tempo e por Yan, aos 48 da etapa complementar.

Na partida preliminar do Grupo L, o Ituano derrotou o Sumaré por 2 a 0. Com os resultados deste domingo, Juventude e Ituano dividem a liderança da chave com três pontos. Porto e Sumaré vêm em seguida sem nenhum ponto.


Na próxima rodada, que será realizada na quarta-feira, o Porto enfrentará o Sumaré enquanto o Ituano enfrenta o Juventude.

PORTO PERDE E SERRA SE APROXIMA


Com um gol de pênalti do atacante Júnior Juazeiro, o Porto foi derrotado neste domingo no estádio Nildo Pereira para o Serra Talhada. O jogo foi válido pela nona rodada do primeiro turno do Campeonato Pernambucano.

O pênalti foi marcado aos 27 minutos do primeiro tempo, depois que Luiz Alberto derrubou Caxito dentro da área. Júnior Juazeiro converteu. No segundo tempo o Porto até tentou o gol de empate. Mas não obteve sucesso.


Mesmo com a derrota, o Gavião permanece no G-3, mas agora é seguido de perto pelo próprio Serra Talhada, que tem dez pontos e pelo o Vitória que tem onze. Na próxima rodada, o Gavião enfrenta o Central no clássico local.

sábado, 4 de janeiro de 2014

PORTO ENCARA O SERRA TALHADA FORA DE CASA

O Porto entra em campo neste domingo com o objetivo de se consolidar de vez no G-3 do primeiro turno do Campeonato Pernambucano. O Gavião divide a terceira posição com o Vitória, ambos com 11 pontos, mas com o tricolor caruaruense levando vantagem nos critérios de desempate. Em favor do Gavião está o fato de que o Vitória folga na rodada deste domingo.

O confronto contra o Serra Talhada acontece no estádio Nildo Pereira, em Serra Talhada, às 16h.

COPA SÃO PAULO: PORTO ESTREIA CONTRA O JUVENTUDE


Depois de ficar de fora da Copa São Paulo 2013, o Porto volta este ano para participar da principal competição da categoria pela oitava vez. Segundo o gerente de futebol Borges Carvalho, será o time mais jovem enviado pelo Gavião para participar do torneio, isso porque, alguns jogadores com idade de participar da competição estão integrados ao elenco principal que está disputando o Pernambucano.

Mesmo assim, o elenco que viajou tem jogadores que disputaram partidas pelo profissionais, entre eles, o zagueiro Charleston e o volante Madley. 

A estreia do Porto na competição será contra o Juventude-RS neste domingo às 15h. O jogo acontece em Sumaré, sede do Grupo L, que além de Porto e Juventude é formado pelos donos da casa, o Sumaré e outro Paulista, o Ituano.

Além do Porto, mais três pernambucanos participam da competição: Sport , Náutico e Santa Cruz.

JUVENTUDE X PORTO 05/01 domingo 165h
SUMARÉ X PORTO 08/01 quarta-feira 13h
PORTO X ITUANO 11/01 sábado 13h

CONFIRA O ELENCO E A COMISSÃO DO GAVIÃO
Goleiros: Robinho, Hygor
Zagueiros: Alisson, Charleston e Eriveltro
Laterais direito: Paulinho, Téo
Laterais esquerdo: Vinicius, Daniel
Volantes: Lucas, Clebson, Raimundo, Madley
Meias: Dorhtan, João Paulo, Jeremias
Atacantes: Danilo, Jonatas, Tulio, Marlon

Técnico: Serjão
Preparador físico: Edmilton Queiroz
Massoterapeuta: Eraldo Lucena
Roupeiro: Sandrinho
Chefe da delegação: Paulinho

Gerente de futebol: Borges Carvalho

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

PORTO DESENCANTA CONTRA O PESQUEIRA


Na reestreia de Elenilson Santos no comando do Gavião, o Porto fez bonito vencendo o Pesqueira por 3 a 1 no estádio Luiz Lacerda. A partida, realizada nesta quinta-feira, foi válida pela oitava rodada do PE 2014. Com o resultado, o Porto voltou ao G-3 da competição com onze pontos, beneficiado com a derrota do Vitória para o Central.

O primeiro tempo foi bastante sonolento, com as duas equipes valorizando a posse de bola e arriscando pouco no ataque. O primeiro lance de perigo surgiu num erro da defesa do Gavião. Bola recuada para o goleiro Emanoel, que se atrapalhou e acabou dividindo com Naldo Petrolina, por sorte a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 18, Caio dominou a bola pela direita e cruzou na área. Kiros se jogou no solo e o árbitro Nielson Nogueira Dias foi na dele, marcando pênalti. Joelson foi para cobrança e converteu. 1 a 0 Porto.

Aos 27, Joelson lançou Thaciano, que recebeu na entrada da área, fez o giro e arriscou o chute. Herbert deu rebote, mas Kiros não soube aproveitar.

No final da primeira etapa, o Pesqueira passou a jogar mais adiantado, mas desorganizado, não conseguiu levar qualquer perigo ao gol de Emanoel.

A etapa complementar começou com as equipes mais motivadas. Logo aos 11 minutos, o Pesqueira conseguiu chegar ao gol de empate. Numa cobrança rápida de falta, Brown arriscou da entrada da área e no rebote de Emanoel, Marcelo Paraíba chegou cabeceando livre.

Passado alguns minutos de instabilidade, o Gavião colocou a bola no chão e não demorou para reagir. Aos 15, Guego fez boa jogada pela esquerda e cruzou na área. A defesa afastou, mas a bola acabou sobrando com Caio, que se esticou para fazer outro cruzamento. Desta vez, Kiros subiu mais alto que todo mundo, mas acabou furando o cabeceio.

 O grandalhão se redimiu no minuto seguinte. Baiano cobrou escanteio e Kiros se antecipou acertando uma bela cabeçada sem chance de defesa para Herbert.
Com o jogo sob controle, não demorou para sair o terceiro gol. Após uma bela troca de passes do Gavião, Thaciano cruzou da direita e encontrou Joelson, que testou firme no canto esquerdo de Herbert. 3 a 1 Porto.

Abatido, o Pesqueira não teve forças para reagir. A melhor chance que teve foi uma bola na trave de Elton aos 32 minutos, numa cobrança de falta.


O Porto volta a campo no próximo domingo quando enfrentará o Serra Talhada fora de casa. O Pesqueira jogará na segunda-feira, quando enfrentará o Chã grande no Joaquim de Brito. 

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

PORTO ENCARA O PESQUEIRA NESTA QUINTA-FEIRA

Três jogos abrem a oitava rodada do Pernambucano 2014 nesta quinta-feira. Em Caruaru, o Porto encara o Pesqueira precisando da vitória. O Gavião não vence a três jogos, fato que motivou a demissão do técnico Daniel Neri. Em seu lugar, entrou Elenilson Santos, que comandou o Gavião no Pernambucano de 2007. O Porto ocupa a quarta posição do primeiro turno com oito pontos, o Pesqueira é o sétimo com seis.

Em Vitória de Santo Antão, o Central enfrenta o Vitória no confronto mais equilibrado da rodada. As duas equipes dividem a segunda posição com onze pontos. O Central, porém, leva vantagem no saldo de gols (4x1).

No último treino realizado antes do confronto nesta quarta-feira, o técnico Humberto Santos escalou Fernando Pires entre o titulares. O volante estava no departamento médico, mas deve ser titular. O Central deve entrar em campo com: André; Adriano, Lúcio, Allyson e Jean Batista; Vágner Rosa, Diego Teles, Fernando Pires e Danilo Pires; Danilo Lins e Wanderley.

No terceiro jogo da noite, o líder Salgueiro quer usar o fator campo para aumentar a vantagem em relação aos adversários. Com 16 pontos, o Carcará já abriu oito pontos em relação ao Porto, primeiro time fora do G-3, e cinco do segundo colocado. O confronto contra o Serra Talhada será no estádio Cornélio de Barros.

Na sexta-feira jogam Chã Grande e América no Carneirão. O Ypiranga folga na rodada.