Seguidores

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

RICARDO TAVARES É PUNIDO PELA FPF

Em nota divulgada no site da Federação Pernambucana de Futebol, o árbitro Ricardo Tavares foi punido pela má atuação no clássico caruaruense do último domingo. A punição parece ser sombolica, já que apenas foi de apenas um jogo. Mas pelo menos é um reconhecimento para parte da imprensa que ficou em cima do muro.

domingo, 30 de janeiro de 2011

DERROTA EM JOGO POLÊMICO


O Porto perdeu pela segunda vez pelo campeonato Pernambucano. Melhor para o Central que venceu o clássico do Agreste por 3x2. A partida deste domingo foi marcada pela arbitragem de Ricardo Tavares que assinalou dois pênaltis duvidosos para o Central.

O Porto poderia ter matado o jogo ainda no primeiro tempo, mas Paulista abusando da individualidade atrapalhou a pretensão tricolor

Logo aos 2 minutos, o volante Cosme saiu machucado dando vaga para entrada de Helder. A alteração atrapalhou um pouco o sistema defensivo tricolor e aos 4 minutos, Danilo Pitbull não aproveitou a falha da defesa e perdeu a primeira chance da partida.

Aos 10, Sandro Miguel bateu falta, a bola explodiu na trave de Sérvulo e Paulista no rebote abriu o placar para o Porto.

Após o gol, o Porto passou a esperar o adversário em seu campo de defesa. Aos 12, Altemar cruzou na área, Servulo saiu errado e a bola sobrou com Lalá que perdeu grande chance.

O Central só voltou a levar perigo aos 20 minutos com Elias arriscando da entrada da área. Aos 22, Vanderson chutou de longe, a bola desviou na defesa e Mondragon furou feio, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 32, a defesa do Central parou e Paulista entrou livre na área em frente para o goleiro, o atacante dominou, olhou, teve a chance de chutar, ajeitou mais uma vez, tinha a opção de tocar para Lalá a sua esquerda, mas não arriscou nenhuma das opções e foi desarmado pela defesa.

O gols perdidos fizeram falta e o Central aproveitou e virou o placar ainda no primeiro tempo. No primeiro, aos 37. Wison Surubim recebeu livre e tocou na saída de Mondragon para deixar tudo igual.

Três minutos depois, Valnei fez falta em Lalá, o árbitro não marcou, o zagueiro avançou e caiu na entrada da área. Penalti marcado e convertido por Danilo Pitbull.

Em desvantagem no placar, Laelson tirou um zagueiro para entrada de Thiago Laranjeira para o segundo tempo. O Central promoveu a volta de Rosembrick que não jogava desde a estréia com o Ypiranga quando saiu machucado.

Logo no inicio, falta para o Porto logo aos 3 minutos. Sandro Miguel mais uma vez cobrou com perfeição no ângulo direito de Sérvulo que não teve chances de defesa.

Aos 19, Vanderson avançou pela esquerda, tentou cruzar e quase pega Mondragon que estava mal posicionado. O goleiro conseguiu se recuperar deu rebote e sofreu falta em seguida.

O Central era melhor, aos 21, bobeira da defesa do Porto e Beto entrou livre na área perdendo boa chance. Três minutos depois, Danilo Pitbull recebeu na área e tocou por cima do gol.

Aos 33, rápido contra ataque do Porto e Paulista tocou para Thiago Laranjeira que desperdiçou a chance.

Aos 35 minutos no lance capital da partida, Danilo Pitbull ganhou da defesa entrou na área, se enroscou com a bola e Ricardo Tavares marcou penalti. O próprio Pitbull bateu para converter seu segundo gol na partida.

O Central poderia ter feito o quarto aos 38 num chute de Gustavo que Mondragon defendeu. O Gavião mais na base da vontade tentou pressionar e ainda perdeu duas chances. Na primeira, Téo cebeceou pra fora. Na segunda, Alexandre Black também de cabeça, Sérvulo mandou para escanteio.

Mesmo com a derrota, o Porto segue em terceiro com 15 pontos e volta a campo na próxima quinta-feira contra o Santa Cruz no Luiz Lacerda.

CLÁSSICO PARA MOVIMENTAR A CIDADE

Um clássico para movimentar a cidade, com clubes em grande fase, expectativa de casa cheia e valendo a liderança do Pernambucano. A descrição do Clássico das Emoções pode ser perfeitamente aplicada ao tradicional Clássico Matuto deste domingo, em Caruaru. O confronto entre os pássaros caruaruenses acontece sob um grau de otimismo como há muito não se via. Em 12 jogos disputados por Central e Porto no Campeonato Pernambucano, são 10 vitórias, um empate e apenas uma uma derrota, com 18 gols marcados e apenas 7 sofridos. A Patativa é vice-líder com 88% de aproveitamento, enquanto o Gavião está logo atrás, em 3º lugar, com outro ótimo índice, 83%. Neste domingo, às 16h, o choque da rivalidade, no Lacerdão. Caso o Santa Cruz seja derrotado pelo Náutico, os times de Caruaru podem até sonhar com a ponta em caso de vitória.


Alvinegros precisam de uma vitória por qualquer placar e de uma derrota do Santa Cruz no Clássico das Emoções Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press
Após a rodada de quinta-feira, quando os dois clubes ganharam e esquentaram de vez a disputa particular, começou uma série de declarações de respeito ao adversário, mas sem esconder a ambição pelos três pontos. O técnico alvinegro, Maurício Simões, por exemplo, cobrou o seu grupo ainda no gramado do Lacerdão após o 2 a 0 sobre o Araripina. ´Erramos alguns passes, mas o melhor foi vencer e encaminhar a classificação. Agora temos o clássico e é preciso muita atenção`, afirmou. Os dois clubes, que treinam no mesmo local, o centro de treinamento tricolor, revezaram os horários nos dias que antecederam o clássico. Pela manhã, apenas o Porto. À tarde, somente o Central. No Alvinegro, ainda invicto, uma série de mudanças para o jogo.

Expulso na última partida, o zagueiro e capitão Emerson vai cumprir suspensão automática. Ele será substituído por Elias, mantendo o esquema 3-5-2. No entanto, a expectativa é que o meia Rosembrick, principal contratação do clube, mas que jogou apenas na estreia, seja liberado pelo departamento médico, já curado da lesão no joelho. Com a entrada do ´Mago da Bola`, no lugar de um zagueiro, a formação centralina passaria para o 4-4-2.Na ala direita, Gustavo volta após acompanhar o sepultamento de sua irmã, enquando o meio-campo terá o retorno do experiente Wilson Surubim, que cumpriu suspensão.

No jovem Porto, com uma impressionante média de idade de apenas 22 anos, a principal mudança será no ataque, pois Kiros, um dos destaques do elenco, recebeu o cartão vermelho na vitória sobre o Ypiranga, fora de casa. O mais cotado para a vaga é Theo.

O Clássico Matuto, disputado pela primeira vez em 24 de abril de 1994 (Central 2 x 0 Porto), será realizado pela 38ª vez no Estadual. O Gavião segue em vantagem, com 15 vitórias, contra 12 da Patativa. Dez partidas terminaram empatadas.
Do Diário de Pernambuco.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

FICHA DO JOGO

YPIRANGA 1x2 PORTO
LOCAL: Otávio Limeira (Santa Cruz do Capibaribe)
DATA: 28/01/2011
ÁRBITRO: Neilson Nogueira
ASSISTENTES: Aldair Pereira e Marcelino Castro
GOLS: Sandro Miguel aos 15 e Kiros aos 25 do primeiro tempo. Felipe Espada aos 45 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS: Everton e Ila (Y). Marivaldo (P)
EXPULSÃO:Kiros(P)
PUBLICO: 4396
RENDA: R$ 27.070,00
YPIRANGA
Alberto, Novito, Sidney, Everton e Ailton(Felipe Espada). Alemão, Souza, Marcio(Miller) e Renato. N.Gurreiro e Ila(Gil). Técnico: Roberto de Jesus.
PORTO
Mondragon, Baiano, Sandro Miguel, Marivaldo e Altemar. Cosme(Alemão), Vagner Rosa, Douglas(Evandro) e Helder. Paulista(Diogo) e Kiros. Técnico: Laelson Lima.

NÁUTICO 4X1 PORTO
LOCAL: Aflitos(Recife)
DATA: 24/01/2011
ÁRBITRO: Gilberto Castro Júnior
ASSISTENTES: Eric Bandeira e Roberto José
GOLS: Ricardo Xavier aos 20, Eduardo Ramos aos 23, Ricardo Xavier aos 35 e Rodolfo Potiguar aos 42 do primeiro tempo. Lalá aos 16 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELO: Jeff Silva(N). Evandro, Alexandre Black, Sandro Miguel, Edy(P)
PUBLICO:
RENDA:
NÁUTICO
Douglas, Peter, Everton Luiz(Jorge Felipe), Valter e Jeff Silva. Everton, Rodolfo Potiguar e Eduardo Ramos. Rogério(Daniel Caiçara), Bruno Meneghel e Ricardo Xavier(Elicarlos). Tec: Roberto Fernandes
PORTO
Mondragon, Baiano(Edy), Alexandre Black, Sandro Miguel e Altemar. Cosme, Evandro(Douglas), Helder e Thiago Laranjeira(Buba). Paulista e Lalá. Tec: Laelson Lima.

PORTO 1X0 SALGUEIRO
LOCAL: Luiz Lacerda(Caruaru)
DATA: 21/01/2011
ÁRBITRO: Neilson Santos.
ASSISTENTES: Kleber Júnior e Clóvis Amaral
CARTÕES AMARELOS: Alexandre Black, Douglas e Baiano(P). Rogério, Aldvan, Wendell e Henrique(S).
PUBLICO:
RENDA:
PORTO:
Mondragon, Baiano, Alexandre Black, Sandro Miguel e Altemar. Cosme, Evandro(Thiago Laranjeira), Helder e Douglas(Vagner Rosa). Paulista e Kiros(Lalá). Tec: Laelson Lima.
SALGUEIRO:
Marcelo, Rogério, Eridon, Henrique e Aldvan(Erique). Lismar, Pio, Wendell(Jorginho) e George(Jackson). Hugo Henrique e Fagner. Tec: Cícero Monteiro.

VITÓRIA 0X2 PORTO
LOCAL: Carneirão(Vitória de Santo Antão)
DATA:18/01/2011
ÁRBITRO: Neilson Nogueira Dias
ASSISTENTES: Charles Rosas e Wlademir Lins.
GOLS: Sandro Miguel aos 27 do primeiro tempo e Alexandre Black aos 11 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS: Altemar(P). Cleyton e Jonh(V)
PUBLICO:
RENDA:
VITÓRIA
Ivan, Ricardo Fiuza, Cleyton, Joel Ngaco e Guarilha. Da Silva, Felipe Feitosa(Welton) e John(Robertinho). Davit(Marcelo), Nininho e Palo Victor. Tec: Júlio Santos.
PORTO
Mondragon, Baiano(Edy), Alexandre Black, Sandro Miguel e Altemar. Cosme, Evandro, Douglas(Henrique) e Helder. Paulista(Diogo) e Téo. Tec: Laelson Lima.

PORTO VENCE YPIRANGA E SEGUE EM TERCEIRO



O jovem time do Porto se refez rapidamente da goleada sofrida para o Náutico. A vitória sobre o Ypiranga por 2 a 1 comprovou o bom momento do Gavião. Ainda mais por ter sido fora de casa, dentro do Otávio Limeira, em Santa Cruz do Capibaribe.

Sandro Miguel, aos 15 marcou o primeiro cobrando falta, e Kiros fez o segundo depois de tabelar com Paulista, aos 25 do primeiro tempo, marcaram os gols que mantiveram o Gavião
em 3º lugar, com 15 pontos, apenas um a menos que o rival e vice-líder Central. Já a Máquina de Costura, que descontou com Felipe Espada, permanece em situação delicada na tabela, em 11º, com 3 pontos. Os rivais de Caruaru se enfrentam domingo, às 17h, no Lacerdão. O Ypiranga visita o Petrolina.

Na noite de ontem, a expectativa dos donos da casa era que a estreia do técnico Roberto de Jesus pudesse surtir um efeito positivo na equipe. Mas a injeção de ânimo tão propalada antes da partida parece ter ficado no vestiário. Em campo, prevaleceu a competência da garotada do Porto. Melhor para o técnico Laelson Lima, que sem fazer alarde tem conseguido transformar um time inicialmente tratado como coadjuvante em forte candidato ao G4.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

PORTO JOGA CONTRA RETROSPECTO NEGATIVO

Depois de sofrer com jogadores afastados por lesões, o técnico Laelson Lima vai ter praticamente todo elenco a disposição para o jogo contra o Ypiranga em Santa Cruz do Capibaribe. As únicas exceções são os zagueiros Alexandre Black (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) e Marcus Vinicius (que ainda não estreou).

No lugar de Black, está quase certa a estréia de Marivaldo formando dupla com Sandro Miguel. Laelson Lima pode optar também pela entrada de Alemão.

Outra novidade, pode ser a volta do volante Vagner Rosa na vaga de Evandro.

Provável time do Porto: Mondragon, Baiano, Sandro Miguel, Marivaldo (Alemão) e Altemar. Cosme, Vagner Rosa (Evandro), Douglas e Helder. Paulista e Kiros.

Nos últimos anos, o Ypiranga vem sendo o calo do Porto nos jogos do Pernambucano. Além de ter sido eliminado da Copa do Interior no ano passado, nos últimos 14 jogos foram apenas duas vitórias do Gavião contra oito da Maquina de Costura e quatro empates(ver gráfico abaixo).

O jogo da sexta rodada, acontece no estádio Otávio Limeira em Santa Cruz do Capibaribe a partir das 20h nesta quinta-feira.

PORTO 1X2 YPIRANGA

2010

YPIRANGA 2X2 PORTO

2010

YPIRANGA 0X1 PORTO

2010

PORTO 0X0 YPIRANGA

2010

PORTO 1X2 YPIRANGA

2009

YPIRANGA 4X2 PORTO

2009

PORTO 0X1 YPIRANGA

2008

YPIRANGA 2X1 PORTO

2008

PORTO 3X1 YPIRANGA

2007

YPIRANGA 3X2 PORTO

2007

YPIRANGA 1X0 PORTO

2006

PORTO 3X3 YPIRANGA

2006

PORTO 1X3 YPIRANGA

2005

YPIRANGA 1X1 PORTO

2005

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

ERROS DE ARBITRAGEM




Depois de cinco rodadas, a arbitragem pernambucana deu mostra de seu despreparo. Já teve arbitro suspenso e como sempre, os clubes da Capital são sempre beneficiados. O vídeo acima tem quatro lances capitais de jogos envolvendo times da capital contra o interior.
Erros:

1º: Sport x América: No primeiro gol do Sport foram dois erros. No primeiro, Carlinhos Bala bateu a falta no lugar errado, no segundo, quando recebeu a bola o atacante estava impedido. E se reclamar é pior, pobre do zagueiro Givaldo que foi expulso por reclamação.

2º:Sport x América: Ataque do América, cruzamento na área, bola na rede e gol anulado. Claudio Mercante anotou falta do atacante no zagueiro.

3° Náutico x Cabense: Esse eu não tenho o video. O Náutico perdia por 1x0, com um homem a menos. Quando Flávio Caça-Ratos fez falta pelo meio e foi expulso. Segundo matéria publicada no Jornal do Commercio edição de sábado, o Náutico contou com uma "ajudinha" do árbitro.

4º Petrolina x Sport: Falta boba no meio campo em favor do Sport originou o gol de empate diante do Petrolina

5° Náutico x Porto: Rogério domina avança e claramente se joga. Pênalti para o Náutico. Esse felizmente foi desperdiçado para se fazer justiça


terça-feira, 25 de janeiro de 2011

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

NÁUTICO 4X1, GOLEADA EM 45 MINUTOS


O Náutico teve uma atuação arrasadora na noite desta segunda-feira, nos Aflitos. O Timbu precisou apenas do primeiro tempo para fazer 4 gols na defesa até então não vazada do Porto. Ricardo Xavier, duas vezes, Eduardo Ramos e Rodolfo Potiguar marcaram para o Timbu, e Eduardo ainda perdeu um pênalti.

Na etapa complementar, a boa equipe do Porto foi melhor e teve várias chances para diminuir o placar, conseguindo apenas com Lalá, aos 16 minutos.

Jogando no esquema 4-3-3, com o trio ofensivo armado com Bruno Meneghel e Rogério, jogando pelas pontas, alternando os lados, e Ricardo Xavier como homem de referência, o Náutico desde o início atazanou a retaguarda do time caruaruense.

Logo aos 5 minutos, o endiabrado Rogério entrou como uma flecha na área do Porto, pela direita, passou por Cosme e foi calçado por Altemar. Pênalti. Eduardo Ramos perdeu a chance de abrir o placar. Mondragón defendeu a cobrança no seu canto direito.

O Náutico não se abalou. Pelo contrário, seguiu atacando. Por sua vez, o Porto também era perigoso em jogadas pelas pontas. O lateral-esquerdo Altemar, o meia Hélder e o atacante Paulista apareciam bem. O tricolor caruaruense teve três escanteios num curto espaço de tempo.

Mas o Náutico tomou as rédeas do jogo a partir dos 14 minutos para construir a vitória. Mondragón salvou uma bola nos pés de Ricardo Xavier nesse minuto. Pouco depois, chutes de Rogério e Bruno Meneghel assustaram. Até que, aos 20, Ricardo Xavier abriu o placar. Na jogada, Bruno Meneghel acreditou num cruzamento longo e, quase na linha de fundo, deu voltando para o companheiro, que chutou duas vezes para balançar as redes.

Pouco depois, Rogério, em nova investida pela direita, chutou forte. Mondragón deu rebote. Ricardo Xavier dominou a bola de costas para o gol e rolou para a chegada Eduardo de Ramos, que soltou a bomba no canto direito e aumentou a vantagem.

O Porto partiu para cima buscando diminuir o placar. Assim, deu espaços para os contragolpes do Náutico. Num desses, Peter tabelou com Ricardo Xavier e bateu. Mondragón deu rebote e o atacante deu uma espécie de voleio para o gol. 3 a 0, aos 34 minutos. E o Timbu chegou ao quarto gol com um chute de fora da área. O goleiro Mondragón não conseguiu defender o chute de Rodolfo Potiguar aos 42 minutos.

SEGUNDO TEMPO

O Náutico voltou querendo mais. A fórmula era a mesma: bola nas pontas para Rogério e Bruno Meneghel. Dessa forma o time amarelou os dois zagueiros do Porto em 8 minutos. Alexandre parou Rogério e sandro Miguel derrubou Meneghel.

O Porto, porém, cresceu e foi em busca de diminuir o placar. O tricolor de Caruaru mostrou qualidade no ataque e obrigou o goleiro Douglas a fazer muitas defesas. Enquanto isso, o Náutico ia desperdiçando contra-ataques a rodo. O jogo era lá e cá. As duas equipes ainda tiveram bons ataques. O Porto criava mais chances, mas o Náutico tinha as melhores oportunidades. Bruno Meneghel desperdiçou bons ataques. Hélder, Douglas e Lalá fizeram Douglas trabalhar.

De tanto atacar, o Porto conseguiu diminuir o placar aos 16 minutos. Foi quando Lalá completou um cruzamento de Altemar, aos 16 minutos, diminuindo o placar para 4 a 1.

O Timbu poderia ter tido mais tranquilidade na etapa se procurasse valorizar a posse de bola, mas não chegou a ter a vitória ameaçada, devido ao ótimo placar do primeiro tempo. Com o resultado o Náutico subiu para a quarta colocação, com oito pontos. O Porto caiu para a terceira, com os mesmos 12 pontos, ultrapassado pelo Central, que foi a 13 com a vitória sobre a Cabense.

Informações do blog do tocerdor.

domingo, 23 de janeiro de 2011

PORTO QUER SEGUIR NO TOPO

Com quatro vitórias em quatro jogos (Araripina, América, Vitória e Salgueiro), e única dentras 12 equipes do certame que não sofreu gol até aqui, a jovem equipe do Porto enfrentará pela primeira vez um dos três grandes do Recife e encara o encontro como um grande teste da sua real capacidade.

“Vai ser um grande teste para esta garotada. Teremos um adversário difícil pela frente e temos de ser inteligentes”, comentou o técnico do Porto, Laelson Lima. A juventude do time, que tem média de 22,2 anos, é mesclada com a experiência de nomes como o goleiro Mondragón e o zagueiro Sandro Miguel.

Atento ao que acontece nos extracampo, o técnico do Porto vê o Náutico em um momento tenso, após os últimos tropeços e a briga de Geílson e Emanuel. Obviamente, quer tirar profeito disso. “O Náutico é o favorito. Mas eles estão pressionados e isso pode nos ajudar”, disse Lima.

NÁUTICO ACERTA ÚLTIMOS AJUSTES

Visando à próxima partida no Campeonato Pernambucano, o Náutico realizou na tarde deste domingo os seus últimos trabalhos nos Aflitos. O técnico Roberto Fernandes realizou um recreativo com os jogadores, enquanto os atletas mais desgastados fisicamente treinaram separadamente. O Timbu entra em campo nesta segunda-feira pela Estadual, quando recebe o Porto no Eládio de Barros Carvalho, a partir das 20h.

O comandante alvirrubro, porém, ainda não revelou o time quem entrará em campo diante do Gavião de Caruaru. A alteração que o treinador deve promover se dará por conta da suspensão de Elton. Rodolfo Potiguar e Elicarlos podem ganhar uma chance na equipe titular.


Ficha do jogo:

Náutico: Douglas; Peter, Walter, Everton Luiz e Jeff Silva; Éverton, Rodolfo Potiguar, Elicarlos (Flávio) e Eduardo Ramos; Bruno Meneghel e Ricardo Xavier. Técnico: Roberto Fernandes.

Porto: Mondragon; Baiano, Sandro Miguel, Alexandre e Altemar; Cosme, Evandro, Hélder e Douglas; Théo (Kiros) e Paulista. Técnico: Laélson Lima.

Local: Aflitos. Horário: 20h. Árbitro: Gilberto Castro Júnior. Assistentes: Erich Bandeira e Roberto José. Ingressos: R$ 20 (arquibancada central) e R$ 10 (arquibancada lateral, estudantes e dependentes de sócios). Preliminar: Náutico x Porto (juniores) às 17h45.

sábado, 22 de janeiro de 2011

MELHORES MOMENTOS

PORTO SEGUE 100% NO PERNAMBUCANO


O Porto conquistou na noite desta sexta-feira sua quarta vitória em quatro jogos pelo Campeonato Pernambucano. Jogando contra o Salgueiro no Lacerdão, o tricolor venceu com um gol de Thiago Laranjeira na etapa complementar.

Jogo:

O primeiro ataque do jogo foi do Porto, logo aos 2 minutos, Altemar subiu pela esquerda e cruzou para Kiros chutar pra fora.

O Salgueiro respondeu quatro minutos depois com Henrique subindo livre de cabeça, Mondragon defendeu com facilidade.

Aos 19, Helder recebeu livre dentro da área, teve a chance de chutar , mas preferiu cruzar desperdiçando mais uma boa chance para o Porto.

Apesar do maior volume de jogo do Salgueiro, era o Porto que levava mais perigo ao gol adversário. Aos 31, Alexandre Black lançou do campo de defesa para Paulista, o atacante livre de marcação dentro da área, cabeceou na trave.

Aos 35, Baiano fez boa jogada dentro da área e rolou para Evandro chutar por cima do gol de Marcelo.

A última chance tricolor no primeiro tempo aconteceu aos 40 minutos num chute de Evandro que passou perto da trave.

O Salgueiro voltou com mais disposição para o segundo tempo. Aos 5 minutos, Pio penetrou na área e cruzou para Fagner sem marcação cabecear para defesa tranqüila de Mondragon.

Vendo o adversário crescer e precisando da vitória, o técnico Laelson Lima tirou Kiros e Evandro, para entrada de Lalá e Thiago Laranjeira. As mudanças deram mais movimentação ao ataque tricolor que chegou ao gol da vitória aos 26 minutos. Chute de Douglas da entrada da área, Marcelo deu rebote e Thiago Laranjeira aproveitou para abrir o placar.

Em desvantagem no placar, o Salgueiro não teve força nem organização para esboçar uma reação. Pelo contrario, o Porto quase amplia aos 43 com Thiago Laranjeira chutando em cima de Marcelo.

No minuto final, Jorginho recebeu na área, mas Mondragon dividiu com o atacante mandando para escanteio a ultima chance do time sertanejo.

O Porto divide a liderança com o Santa Cruz com 12 pontos e joga na próxima segunda-feira contra o Náutico nos Aflitos. Na quinta o Gavião encara o Ypiranga em Santa Cruz do Capibaribe e encerra a semana no Clássico Matuto com o Central no domingo.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

PORTO EM BUSCA DE MAIS UMA VITÓRIA

O Porto entra em campo nesta sexta-feira para enfrentar o Salgueiro pela quarta rodada do Campeonato Pernambucano. Com 100% de aproveitamento, o Gavião espera manter a boa fase diante do adversário que vem empolgado depois de vencer o Náutico na última quarta-feira.

Para este jogo, a expectativa é da volta dos meias Vagner Rosa e Thiago Laranjeira que se recuperam de lesões. Caso não joguem, entram Evandro e Helder respectivamente.

O Porto venceu os dois últimos confrontos realizados no Lacerdão. Ano passado o placar foi 3x2 com três gols de Rogério. Em 2009 a vitória foi de 3x0, gols de Baiano, Joelson e Airton.

O jogo começa às 21h no Lacerdão. Para este jogo, 3900 ingressos estão a disposição pelo programa Todos com a nota além de 300 ingressos ao preço de R$ 10,00(inteira) e R$ 5,00(sócio/estudante). O árbitro do jogo será Neilson Santos auxiliado por Albert Júnior e Clóvis Amaral.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

PORTO VENCE FORA DE CASA



O Porto venceu a terceira partida seguida no Campeonato Pernambucano. Jogando no Carneirão, o Gavião fez 2x0 no Vitória e continua dividindo a liderança da competição ao lado do Santa Cruz com nove pontos.

Sem Wagner Rosa e Thiago Laranjeira machucados, Laelson Lima entrou com Evandro e Helder.

Com o ataque perdendo muitas oportunidades, coube ao zagueiro Sandro Miguel abrir o placar cobrando falta aos 28 do primeiro tempo.

No segundo tempo, Altemar bateu escanteio e Alexandre Black ampliou de cabeça. No final, Diogo foi derrubado dentro da área e Téo perdeu o pênalti.

O Porto volta a jogar contra o Salgueiro no Luís Lacerda na próxima sexta-feira as 21h.

PORTO VAI EM BUSCA DE MAIS UMA VITÓRIA

O Porto enfrenta o Vitória nesta terça-feira às 20h pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano. O jogo acontece no Carneirão em Vitória de Santo Antão. Para este confronto, o técnico Laelson Lima vai ter o retorno de Vagner Rosa que desfalcou o Gavião contra o América. A única duvida é Thiago Laranjeira, que saiu machucado da última partida.
Provável time do Porto:
Mondragon, Baiano, Alexandre Black, Sandro Miguel e Altemar. Cosme, Vagner Rosa, Douglas e Thiago Laranjeira (ou Henrique). Téo e Paulista.

Nos últimos dois anos, o Porto vem com retrospecto negativo diante do Tricolor da Tabocas. Em 2009 foram duas derrotas. 1x0 em Caruaru e 4x0 no Carneirão. Ano passado, o Porto perdeu por 3x1 em Vitória e venceu no Lacerdão por 2x1.

O zagueiro Marivaldo, 32 anos, chega para reforçar o Porto, o atleta já teve passagens por Central, Cabense, Serrano, Vera Cruz e Salgueiro.


segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

FICHA DO JOGO


AMÉRICA 0x1 PORTO
LOCAL: Carneirão(Vitória de Santo Antão)
DATA: 16/01/2011
ÁRBITRO: Gilberto Castro Júnior
ASSISTENTES: Albert Júnior e Aldair Pereira.
GOL: Paulista (pênalti)
CARTÕES AMARELOS: América:Gleibson, Arley, David e Neto Bolacha. Porto: Alexandre Black, Douglas e Kiros.
PUBLICO: 157
RENDAS: R$ 470,00
AMÉRICA Gleibson, Arley, David, Negueti e Neto Bolacha(Ronaldo). Carioca, Mousinho, Lúcio(Rafinha) e Edmilson. Lulinha(Silvano) e Douglas. Técnico: Luciano Ribeiro.
PORTO Mondragon, Baiano, Alexandre Black, Sandro Miguel e Altemar. Cosme, Evandro, Douglas(Alemão) e Thiago Laranjeira (Jefferson Renan). Paulista e Téo (Kiros).Técnico: Laelson Lima.
PORTO 1X0 ARARIPINA
LOCAL: Luiz Lacerda (Caruaru)
DATA: 13/01/2011
ÁRBITRO: Ricardo Tavares
ASSISTENTES: Marcelo Neves e Roberto José
GOL: Paulista.
CARTÕES AMARELOS: Porto: Baiano e Paulista. Araripina: Janilson, Gideon e Marcos Mendes.
PUBLICO: 3987
RENDA: R$ 21.450,00
PORTO Mondragon, Baiano, Sandro Miguel, Alexandre Black e Altemar. Cosme,Wagner Rosa(Caio Lira), Douglas(Kiiros) e Thiago Laranjeira(Henrique). Paulista e Téo. Técnico: Laelson Lima.
ARARIPINA Adson, Oliveira, Gideon(Marcelinho), Romário e Saulo. Janilson, Cristovão, Marcelo Paraíba e Marcos Mendes. Dunga e Alcimar(João Paulo). Técnico: Júnior Caruaru.

domingo, 16 de janeiro de 2011

PORTO VENCE AMÉRICA


Evandro afasta o perigo


O Porto venceu o América por 1x0 neste domingo pela segunda rodada do Campeonato Pernambucano. O gol foi de Paulista cobrando pênalti no final do primeiro tempo. O Gavião abusou de perder gols na primeira etapa da partida e quase foi castigado com um empate no final.

Desde os primeiro minutos, o América parecia que seria uma presa fácil para o tricolor de Caruaru. Aos 10 minutos, Paulista recebeu livre dentro da área, perdeu o tempo da bola, teve que cruzar da linha de fundo, a bola desviou no zagueiro americano e quase engana o goleiro Cleiton.

Aos 11, Baiano cruzou na medida para Paulista livre cabecear pra fora. Aos 21, bola jogada na área do América sobra com Douglas, o meia se livrou da marcação, mas chutou em cima do goleiro.

Aos 29, Thiago cobrou falta da direita, dessa vez a bola sobrou com Sandro Miguel desperdiçar outra grande chance.

O América só assustou o gol de Mondragon aos 35. Edmilson arriscou de fora da área, mas o arqueiro do Gavião atento mandou para escanteio.

O Porto não parava de perder gols. Aos 39, Baiano cruzou da direita e Téo livre na pequena área cabeceou em cima do goleiro. Aos 43, Téo recebeu na entrada da área e chutou a esquerda do goleiro.

Quando tudo caminhava para terminar empatado. Aos 45 minutos, Thiago Laranjeira foi lançado dentro da área e acabou sendo derrubado pelo goleiro. Pênalti convertido por Paulista, bola de um lado goleiro do outro.

No choque, Thiago levou a pior e acabou sendo substituído por Jefferson Renan no segundo tempo.

O Porto voltou sonolento do intervalo. Aos 2 minutos Sandro Miguel perdeu a bola na defesa e Ronaldo quase deixa tudo igual.

Sem Thiago Laranjeira, o Porto perdeu a ligação entre meio-campo e ataque, arriscando um jogo perigoso, já que o América começava a gostar da partida e se arriscava mais no ataque.

No final, o América teve duas mais chances. Na primeira, Silvano aos 41, e depois com Ronaldo aos 42 após falha da defesa tricolor.

O Porto volta ao Carneirão nesta terça-feira para enfrentar o Vitória pela terceira rodada do estadual.


AMÉRICA QUER QUEBRAR TABU DIANTE DO PORTO

Nunca na história do futebol pernambucano, o América conseguiu vencer o Porto. Em cinco confrontos, foram quatro derrotas e um empate. Depois de deixar uma boa impressão no jogo diante do Sport, o Periquito quer quebrar o tabu contra o Gavião do Agreste, hoje, às 16h, no Estádio Severino Cândido Carneiro, em Vitória de Santo Antão, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Pernambucano. O campo será neutro, pois a Federação Pernambucana (FPF) ainda não recebeu o laudo técnico de segurança do Ademir Cunha, sede americana.

Para esta partida, o América não poderá contar com o experiente zagueiro Givaldo, que foi expulso por reclamação no jogo diante do Leão. No entanto, o técnico Luciano Ribeiro terá à disposição o volante Leo e o atacante Silvano, que foram regularizados. “Nós vamos fazer de tudo para sair de campo com um resultado positivo. Fizemos uma boa estreia”, afirmou Ribeiro, que trabalhou no Porto por três anos. “É uma equipe de boa qualidade e muito veloz”, comentou.

Pelo lado do Porto, quem deve desfalcar a equipe é o volante Vágner Rosa, que se machucou na vitória do Gavião diante do Araripina por 1x0. Caso ele não tenha condições de jogo, o substituto será Caio. “Vamos entrar para vencer. Rendemos abaixo do esperado na estreia e creio que vamos melhorar para esta partida”, disse o técnico caruaruense Laélson Lima.

sábado, 15 de janeiro de 2011

NOTÍCIAS DO AMÉRICA

Os valores dos ingressos para o jogo entre América e Porto neste domingo, às 16h, no Carneirão, foram divulgados. A inteira possui o valor único de R$10, enquanto que a meia-entrada terá o valor de R$5. Estes valores serão válidos tanto para a torcida visitante, quanto para a torcida mandante.

S
e você estranhou o local da partida ser em Vitória de Santo Antão ao invés de Paulista isso se deve porque o Ademir Cunha, a casa do América nesta temporada, ainda não foi liberado pela FPF.

Para encarar o Gavião, o Mequinha teve a confirmação do nome de dois reforços no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF deu mais armas para o treinador Luciano Ribeiro preparar a equipe contra o Porto. O atacante Silvano e o volante Leo poderão ser utilizado neste domingo, em Vitória de Santo Antão.

Agora Luciano Ribeiro terá a disposição todos os trinta atletas do elenco, com exceção do zagueiro Givaldo que foi expulso na partida contra o Sport e o goleiro Bruno Xavier, que se machucou durante o treinamento desta quarta-feira e deverá está disponivel depois da partida diante do Santa Cruz.

Falando em Givaldo, Nei Baiano poderá realizar sua estréia neste domingo, ao lado de David e Diego Negreti. Além de Nei, Luciano também tem a disposição Carioca, um dos responsáveis pela campanha do acesso do América para a primeirona, no ano passado.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

ESTREIA QUE VALEU PELOS TRÊS PONTOS


O Porto venceu o Araripina na estréia do Campeonato Pernambucano 2011 por 1x0. Em partida totalmente dominada pelo Araripina, o Gavião foi mais competente e graças a uma jogada individual de Paulista e duas defesas incríveis de Mondragon, salvaram a noite tricolor de um vexame.

Desde o inicio do jogo a noite parecia não ser boa para o Porto. Logo no primeiro minuto, a bola sobrou para Janilson na entrada da área assustar o gol de Mondragon.

O jogo seguiu truncado pelo meio, em parte culpa do árbitro Ricardo Tavares que marcava falta em qualquer choque entre os jogadores.

A primeira chance tricolor aconteceu aos 15 minutos. Thiago recebeu livre dentro da área, mas ao invés de arriscar o chute, que parecia mais obvio, tentou o cruzamento, a zaga do Araripina mandou a escanteio.

Aos 24, novamente Thiago Laranjeira puxou o contra ataque pela esquerda e cruzou para Téo desperdiçar boa chance mandando por cima do gol de Adson.

Desarticulado, o Porto errava muitos passes, o Araripina comandava as principais ações da partida, mas pecava pela falta de qualidade de seus jogadores. No final do primeiro tempo, um lance canhestro refletiu o futebol apresentado pelo Porto durante quase todo jogo. Bola rolada na entrada da área para Wagner Rosa que furou feio na hora de chutar em gol.

O segundo tempo serviu para acentuar a fragilidade do Porto diante do ataque do bode do Sertão. Acuado pelo adversário, o Porto teve de mostrar força para segurar o resultado. Por sorte, o Araripina não estava em noite inspirada e o Porto contou com as boas defesas de Mondragon. Aos 18, Gideon recebeu dentro da área, se livrou da marcação e chutou para boa defesa do arqueiro tricolor.

Aos 29, Dunga bateu falta com perigo e Mondragon mais uma vez apareceu para mandar para escanteio.

Aos 31, escanteio para o Araripina, a bola sobrou com Cristovão que quase abriu o placar.

O gol do Porto saiu aos 32 minutos, Paulista recebeu a bola no campo de defesa, fugiu da marcação, entrou na área e chutou cruzado sem chance para o goleiro.

O Araripina teve a chance de empatar aos 42 com Dunga arriscando de fora da área, a bola ainda desviou no zagueiro para grande defesa de Mondragon.

Na última chance do Porto, Kiros lançou Paulista aos 46 minutos. O atacante ficou de frente para o goleiro e deu um toque displicente por cima do goleiro que defendeu com facilidade.

Final de partida, e a vitória acabou sendo de bom tamanho pelo futebol apresentado. Domingo o Porto encara o América em Vitória de Santo Antão.



quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

PORTO X ARARIPINA

Tudo pronto para Porto x Araripina no Luís Lacerda nesta quinta-feira. O Jogo começa às 20h com arbitragem de Ricardo Tavares. Marcelo Neves e Roberto José são os assistentes.

Provável time do Porto:
Mondragon, Baiano, Alexandre Black, Sandro Miguel e Altemar. Cosme, Wagner Rosa, Douglas e Thiago Laranjeira. Paulista e Téo. Tec: Laelson Lima.

Provável time do Araripina:
Adson, Romário, Oliveira, Saulo e Janilson. Gideon, Marcos Mendes, Dunga e Alcimar. Marcelo Paraíba e Cristovão. Tec: Júnior Caruaru.


quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

JOGO CONTRA O AMÉRICA MUDA DE LOCAL

A Federação Pernambucana de Futebol divulgou nota em seu site mudando o local do jogo América x Porto. Do Ademir Cunha em Paulista vai ser transferido para o Carneirão em Vitória de Santo Antão. O motivo é a falta do laudo técnico de segurança.
A partida, pela segunda rodada do Pernambucano, está marcada para o próximo domingo às 16h.




NOTÍCIAS DO ARARIPINA

O próprio treinador Júnior Caruaru não gosta de falar em time titular, mas uma base já se verifica a cada treino e até nos últimos dois amistosos contra Ouricuri (2×1) e Icasa/ CE (0×0). No coletivo desta segunda-feira (10/01), foi mais uma vez montado o seguinte time considerado titular pelos torcedores que não arredam o pé do Chapadão e acompanham todos os acontecimentos:

Adson, (goleiro); Romário, (lateral direito); Oliveira e Saulo (zagueiros); Janilson (lateral esquerdo); Gideon e Marcos Mendes (volantes); Dunga e Alcimar (meias); Marcelo Paraíba e Cristovão (atacantes)

Há quem diga que a briga por uma vaga entre os titulares é muito boa: Jonas pode botar Romário no banco. Apesar de ser bom de bola, muito seguro, forte na marcação e quando parte para o ataque, Romário está na condição de improvisado na lateral. Contudo, ele tem a confiança do professor Júnior Caruaru. Na zaga, Oliveira tem se saído bem, mas com um concorrente à altura para a zaga, que é Márcio, zagueiro forte, muito seguro e também sabe sair jogando. Alcimar é muito bom de bola e precisa fazer isso com firmeza dentro de campo, porque tem concorrentes muito bons, é o caso do cracaço Mizael e o habilidoso Marcelinho, ambos estão em bom condicionamento físico e têm muito crédito com o treinador. Outra briga boa é no ataque. Quatro nomes fortes para apenas duas vagas. Marcelo Paraíba e Cristovão já são conhecidos e aprovados pela torcida, mas Danilo Lins e João Paulo estão chegando com muito apoio e têm tudo para entrar e assustar os adversários.

O Araripina tem um grupo unido e todos sabem que independente de ser titular ou não o que vale é está à disposição do treinador para na hora que for chamado entrar em campo e dá conta do recado.

Do site: araripina.com

PORTO EMPATA E SE DESPEDE DA COPA SÃO PAULO

No equilibrado Grupo B, Ponte Preta e Porto decidiram a classificação na tarde desta quarta-feira (12), no estádio Ver. José Pereira, em Sumaré, e empataram sem gols.

Apesar do jogo movimentado e com boas chances para as duas equipes, o gol teimou em não sair, ora pela falta de pontaria dos atacantes, ora pelas boas atuações dos goleiros.

O resultado levou a Macaca aos cinco pontos e agora a Ponte Preta torce por um tropeço do Sumaré, que se vencer, assume a liderança e garante a primeira colocação do Grupo B. Quem avançar a segunda fase contra o campeão do Grupo A.

O Porto terminou a competição com 4 pontos. Uma vitória, um empate e uma derrota. Fez 3 gols e levou 3.

PORTO ENFRENTA PONTE PRETA DE OLHO NA SEGUNDA FASE

O Porto faz seu último jogo na primeira fase da Copa São Paulo nesta quarta-feira às 13h. O adversário é a Ponte Preta líder do grupo com 4 pontos.
Em caso de vitória, o Porto, com 3 pontos, vai brigar pela vaga com o Sumaré, também com 3. O time paulista enfrenta o Paraná, já eliminado com apenas 1 ponto. no momento o Gavião leva vantagem no saldo de gols (0 contra -2).
O atacante Júnior(expulso contra o Paraná) e Alemão (suspenso pelo segundo cartão amarelo) desfalcam o tricolor.

Pernambucano: O time que estreia no Estadual nesta quinta-feira está praticamente pronto para o confronto contra o Araripina às 20h no Lacerdão. O único desfalque deve ser o zagueiro Marcos Vinicius que se machucou no jogo amistoso contra o Murici-AL na última sexta-feira. O provável time do Porto: Mondragon, Baiano, Sandro Miguel, Alexandre Black e Altemar. Cosme, Wagner Rosa, Douglas e Thiago Laranjeira. Paulista e Téo.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

RICARDO TAVARES COMANDA PORTO E ARARIPINA

ESCALA DE ARBITRAGEM
CAMPEONATO PERNAMBUCANO SÉRIE A1/2011
SORTEIO REALIZADO NA SEDE DA F.P.F. NO DIA 10.01.2011

JOGO: SPORT X AMÉRICA
DIA: 13.01.2011 (QUINTA-FEIRA) HORÁRIO: 19h30 CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Ilha do Retiro Cidade: Recife
ÁRBITRO: Cláudio Mercante
ASSISTENTE N.º 1: Jossemmar Diniz
ASSISTENTE N.º 2: Pedro Wanderley
4º ÁRBITRO: Sebastião Rufino Filho

JOGO: PORTO X ARARIPINA
DIA: 13.01.2011 (QUINTA-FEIRA) HORÁRIO: 20h CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Luiz Lacerda Cidade: Caruaru
ÁRBITRO: Ricardo Tavares
ASSISTENTE N.º 1: Marcelo Neves
ASSISTENTE N.º 2: Roberto José
4º ÁRBITRO: Robson Chastel

JOGO: YPIRANGA X CENTRAL
DIA: 13.01.2011 (QUINTA-FEIRA) HORÁRIO: 20h CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Otávio Limeira Cidade: Sta. Cruz do Capibaribe
ÁRBITRO: Gleydson Leite
ASSISTENTE N.º 1: Albert Júnior
ASSISTENTE N.º 2: Paulo Steffanello
4º ÁRBITRO: Anderson Freitas

JOGO: SALGUEIRO X CABENSE
DIA: 13.01.2011 (QUINTA-FEIRA) HORÁRIO: 20h CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Cornélio de Barros Cidade: Salgueiro
ÁRBITRO: Gilberto Castro Júnior
ASSISTENTE N.º 1: Aldir Pereira
ASSISTENTE N.º 2: Charles Rosas
4º ÁRBITRO: Eduardo Alcântara

JOGO: VITÓRIA X SANTA CRUZ
DIA: 13.01.2011 (QUINTA-FEIRA) HORÁRIO: 20h CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Severino Cândido Carneiro Cidade: Vitória de Sto. Antão
ÁRBITRO: Emerson Sobral
ASSISTENTE N.º 1: Erich Bandeira
ASSISTENTE N.º 2: Élan Vieira
4º ÁRBITRO: Neilson Santos

JOGO: NÁUTICO X PETROLINA
DIA: 13.01.2011 (QUINTA-FEIRA) HORÁRIO: 21h30 CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Aflitos Cidade: Recife
ÁRBITRO: Nielson Nogueira Dias
ASSISTENTE N.º 1: Ubirajara Ferraz
ASSISTENTE N.º 2: Alcides Lira
4º ÁRBITRO: Ana Karina

domingo, 9 de janeiro de 2011

DE VIRADA, PORTO VENCE PARANÁ

Porto e Paraná fizeram o segundo jogo deste domingo pela Copa São Paulo. O jogo, válido pelo grupo B, foi realizado na cidade de Sumaré no interior de São Paulo. O Porto venceu de virada por 3 a 1 a equipe do Paraná Clube.

Logo aos três minutos a rede balançou. Robson demonstrando oportunismo fez o primeiro gol do jogo, colocando o Paraná à frente no placar. O restante do primeiro tempo foi equilibrado, mas as defesas acabaram se saindo bem e o jogo foi para o intervalo com o Paraná em vantagem.

No começo do segundo tempo a rede balançou de novo, mas desta vez o Porto conseguiu marcar, empatando a partida. Diogo, de pênalti, aos quatro minutos deixou tudo igual no placar. Aos trinta e três minutos Diogo apareceu novamente e virou o jogo para o time de Pernambuco. Aos 49 minutos, o camisa 10, Sandrinho, fechou o placar fazendo 3 a 1.

Junior, camisa 20 do Porto foi expulso no final da partida, por entrada violenta no goleiro do Paraná. Com um a mais, o time paranaense foi com tudo em busca do empate, mas não conseguiu o gol. Tony goleiro do Porto fez uma defesa incrível aos quarenta e cinco da segunda etapa e salvou o time, que saiu com a vitória. No último lance do jogo o Porto matou a partida com Sandrinho.

Na próxima rodada, a terceira e última rodada da primeira fase, o Paraná enfrenta o Sumaré e o Porto joga contra a Ponte Preta.

O Porto jogou com: Antonio, Edy, Geninho, Alemão e David. Evandro, Jefferson Rennan, Alex Caruaru(Sandrinho) e Diogo(Júnior). Marcelinho(Zacarias) e Wanderson.

No outro jogo do grupo, a Ponte Preta venceu o Sumaré por 4x0 e assumiu a liderança com 4 pontos. Para chegar a segunda fase, o Gavião, com 3 pontos, precisa vencer a Ponte na próxima rodada e torcer para o Sumaré, também com 3, não golear o Paraná que tem apenas um ponto.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

PORTO VENCE AMISTOSO

O Porto venceu jogo amistoso realizado nesta quinta-feira no Ninho do Gavião. O adversário foi o Murici-AL, atual campeão alagoano. O placar de 4x1, foi construído com gols de Paulista (2), Téo e Kiros.
Esse foi o último compromisso do Gavião antes da estréia no Pernambucano contra o Araripina na próxima quinta-feira às 20h30.

Reforço: O lateral esquerdo Cristiano foi anunciado pela direção como reforço para o Estadual. O atleta, que é natural de Camaragibe, tem 19 anos, 1,74 e estava nas categorias de base do Figueirense-SC.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

PORTO PERDE PELA COPA SÃO PAULO

Jogando no estádio Ver. José Pereira, Sumaré e Porto estrearam na Copa São Paulo de Futebol Júnior, pelo grupo B, e o Gavião foi derrotado pelo Sumaré por 2 a 0.

A partida ocorreu sem a presença de público, já que o laudo de segurança foi reprovado pela Federação Paulista de Futebol. Apenas os jogadores, as comissões técnicas de ambos os times e a imprensa puderam entrar no campo.

No primeiro tempo o jogo foi equilibrado e os goleiros foram eficientes evitando a abertura do placar, mas na segunda etapa, o time da casa conseguiu vencer a defesa pernambucana e abriu o marcador aos 22 minutos, com Wesley.

Nos minutos finais, Danilo foi às redes e ampliou para o Sumaré, decretando a vitória dos donos da casa.

Na próxima rodada, neste domingo (9), o Sumaré enfrenta a Ponte Preta e o Porto encara o Paraná. Os dois jogos acontecem em Sumaré, sede do grupo B.

Pelo complemento da rodada, Paraná e Ponte Preta empataram em 1x1.

O Porto jogou com: Rafael, Edy, Alemão, Geninho e David. Evandro, Rennan, Alex caruaru e Jefferson Renan. Marcelinho e Diogo.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

PORTO DEVE ESTREAR NA COPINHA COM ESTÁDIO VAZIO

Ausência ou reprovação de laudos técnicos fizeram com que a Federação Paulista de Futebol (FPF) interditasse nove estádios que seriam usados na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Entre eles o estádio José Pereira em Sumaré sede do Porto. O Gavião estréia nesta quarta-feira contra os donos da casa às 13h. Os estádios poderão receber os jogos, mas não poderão abrir os portões para a torcida até que os laudos técnicos sejam entregues.

Confira a nota de FPF:

A Federação Paulista de Futebol interditou nove estádios para a disputa de jogos profissionais. A não apresentação e a reprovação de laudos técnicos de segurança e de condições sanitárias e de higiene culminaram com a interdição dos seguintes estádios:

- Estádio Centro Esportivo José Pereira, em Sumaré
Reprovado pelo laudo de segurança da Polícia Militar;

- Estádio Municipal Leonardo Barbieri, em Águas de Lindóia
Reprovado pelo laudo de segurança do Corpo de Bombeiros e em falta com os laudos de segurança da Polícia Militar e de condições sanitárias e higiene;

- Estádio Municipal Martins Pereira, em São José dos Campos
Reprovado pelo laudo de segurança da Polícia Militar;

- CERECAMP, em Campinas
Em falta com os laudos de segurança da Polícia Militar e da Corpo de Bombeiros;

- Estádio Municipal Major Levy Sobrinho, em Limeira
Reprovado pelo laudo de Segurança da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e em falta com o laudo de condições sanitárias e de higiene;

- Estádio Municipal Vereador José Feres, em Taboão da Serra
Reprovado pelo laudo de segurança da Polícia Militar;

- Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo
Reprovado pelo laudo de segurança da Polícia Militar;

- Estádio Joaquim de Morais Filho, em Taubaté
Em falta com os laudos de segurança da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros;

- Estádio Municipal Antônio Soares de Oliveira, em Guarulhos
Reprovado pelo Laudo de Segurança da Polícia Militar.

Vale lembrar que esses estádios estarão liberados para partidas da Copa São Paulo de Futebol Júnior, porém, sem a presença de torcedores. Somente as equipes, comissões técnicas e profissionais de imprensa poderão adentrar aos estádios, até que os laudos Técnicos obrigatórios sejam regularizados e apresentados.

GRAMADO DO LACERDÃO EM OBSERVAÇÃO

Do Blog do Torcedor

Termina hoje o prazo para os clubes que vão disputar a Séria A1 do Campeonato Pernambucano enviarem os laudos dos órgãos competentes liberando seus respectivos estádios para o certame, que começa dia 13 deste mês. Três praças esportivas estão em observação. O Luiz Lacerda, em Caruaru, que vai receber jogos do Central e do Porto, o Ademir Cunha, em Paulista, sede do América, e o Arruda, do Santa Cruz.

Os gramados dos redutos do tricolor, da Patativa e do Gavião foram criticados pelo presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Carlos Alberto Oliveira, na semana passada. A entidade também está com olhos atentos à segurança do Ademir Cunha, pois o estádio será palco de jogos da Série A1 pela primeira vez desde 2006, quando uma grande confusão foi registrada no duelo Sport x Estudantes.

“Estive no Luiz Lacerda na última quinta-feira e o gramado ainda deixa a desejar. E qualquer campo que não estiver em condições de jogo vai ser interditado”, adiantou o diretor técnico da FPF, Murilo Falcão. Sobre o Santa Cruz, uma comissão da FPF deve ir hoje ao estádio para conferir o piso, que está desgastado por conta dos excessivos treinamentos. No entanto, de acordo com os dirigentes do Santa, com a ida do elenco para a pré-temporada em Chã Grande, o gramado vai ser preservado e, consequentemente, melhorado. O Santa só joga em casa no Pernambucano na segunda rodada, diante do Ypiranga. A estreia será contra o Vitória, no Carneirão.

Assim como o Santa, o Central também está com sua estreia em casa, diante do Salgueiro, pela segunda rodada, ameaçada. “Não entendo o que está acontecendo. O gramado já melhorou bastante. Convidei Carlos Alberto Oliveira para conferir pessoalmente. Se o Luiz Lacerda for interditado, a FPF vai precisar fazer o mesmo com os demais estádios”, afirmou o presidente do Central, João Tavares. A Patativa estreia do Estadual contra o Ypiranga, no Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe.

Por sua vez, o Porto não deve fazer seu primeiro jogo em Caruaru, na largada do certame. O duelo contra o Araripina deve ser transferido para o Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho.

Pelo lado do América, o clube está confiante na liberação do Ademir Cunha. “A Polícia Militar vai ao estádio hoje para fazer o relatório final. Trocamos o alambrado, que separa a torcida do fosso. A reforma na arquibancada também já foi concluída”, declarou o presidente João Antônio.