Seguidores

domingo, 27 de fevereiro de 2011

PORTO VOLTA A DECEPCIONAR PELO PERNAMBUCANO


O Porto voltou a decepcionar e perdeu pela segunda vez seguida no Campeonato Pernambucano. Jogando no Cornélio de Barros, em Salgueiro. O Gavião na foi páreo para os donos da casa e acabou perdendo por 3x1. Com esse resultado, o Gavião deixou o G-4 e fica cada vez mais longe de uma vaga na Série D

O primeiro lance de perigo foi do Salgueiro. Aos 12, Clebson arriscou, mas Mondragon fez a defesa.

O gol do Carcará aconteceu aos 17, Clebson cobrou falta dentro da área e Josa subiu livre para marcar de cabeça.

O Salgueiro poderia ter ampliado aos 18 minutos, mas Hugo Henrique chutou em cima de Mondragon.

O Porto assustou a meta do goleiro Marcelo aos 27. Sandro Miguel acertou a trave em cobrança de falta.

Aos 33, na bobeira da defesa do Salgueiro, Helder arriscou, mas Marcelo mais uma vez salvou o gol de empate. Novo ataque do Salgueiro aos 38, Rogério tocou para Hugo Henrique que dominou e chutou com perigo à meta de Mondragon.

Aos 44, Helder recebeu na entrada da área e deixou tudo igual.

No segundo tempo, aos 14 minutos de jogo. Hugo Henrique achou Edu Chiquita que deixou novamente o Salgueiro em vantagem.

O jogo seguiu equilibrado, com as duas equipes criando chances. No final o Porto tentou pressionar o adversário após as entradas de Thiago Laranjeira e Buba. Mas foi o Carcará que fez o terceiro com Fagner aos 40.

PORTO QUER SE MANTER NO G4

Reação é uma palavra em alta para Porto e Salgueiro no jogo deste domingo, a partir das 16h, no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro.No Porto, a única dúvida do técnico Laélson Lima é na zaga. Marivaldo e Alexandre Black lutam por uma vaga. Na cabeça de área, Vágner Rosa retorna depois de cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo.

O técnico do Carcara Neco, que assumiu o Salgueiro na semana passada, espera ver seu time crescendo de produção. Para isso, anseia por uma vitória sobre o Gavião. Enquanto o Carcará necessita da vitória para chegar junto do G-4 do Pernambucano 2011(está em 7º, com 15 pontos), o Porto (4º, com 23) quer se manter na zona de elite do certame.

De última hora, Neco teve de contornar um problema. Bruno Garcia, machucado, deixa o time principal para a entrada de Hugo Henrique. No lugar de Wendel, que tomou o terceiro cartão amarelo na goleada por 5x1 sobre o Vitória, será acionado Lismar. “Não se pode golear sempre, mas o Salgueiro mostrou que sabe fazer gols”, analisou Neco.


quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

PORTO É O QUINTO EM MÉDIA DE PUBLICO

A FPF divulgou a média de publico dos 12 times que disputam o Pernambucano. O ranking é liderado por Santa Cruz e Sport, seguido por Náutico e Central. O Porto fica em quinto lugar.

Eis os números:

CLUBE

MÉDIA DE PÚBLICO

RENDA BRUTA

SANTA CRUZ

27.235

R$ 1.393.236,90

SPORT

23.381

R$ 1.264.960,50

NÁUTICO

11.890

R$ 724.093,20

CENTRAL

8.662

R$ 338.325,00

PORTO

5.688

R$ 239.440,00

ARARIPINA

4.838

R$ 194.280,00

SALGUEIRO

4.423

R$ 167.750,00

PETROLINA

4.421

R$ 164.639,50

VITÓRIA

3.869

R$ 213.955,00

YPIRANGA

4.498

R$ 143.605,00

CABENSE

3.986

R$ 132.755,00

AMÉRICA

512

R$ 16.754,50


sábado, 19 de fevereiro de 2011

VEXAME TRICOLOR


O Porto deu vexame e perdeu para o América, lanterna do campeonato, por 1x0 no Luís Lacerda neste sábado. O jogo foi válido pela 13ª rodada do Campeonato Pernambucano.

O resultado acabou sendo justo para o América, mesmo tecnicamente inferior, o alviverde entrou em campo com mais disposição e vontade de vencer a partida. O Porto jogou achando que venceria o jogo com facilidade. Mas o que cobrar de uma direção que parece está satisfeita pelos pontos conseguidos e que contrata Arlindo em fim de carreira para ser titular?

JOGO:

Precisando vencer, o América partiu pra cima nos primeiros minutos, adiantando a marcação, o time de Paulo Júnior dificultava bastante a saída de bola do Gavião.

O Porto só chegou ao ataque numa cobrança de escanteio aos 5 minutos. Arlindo cobrou, a bola sobrou com Lalá que chutou colocado, Ibson fez a defesa e mandou para escanteio.

Aos 7, na falha da defesa do Porto, a bola sobrou para Alexandre Oliveira chutar com perigo.

A melhor chance do Porto na partida saiu aos 9 minutos. Lalá achou Paulista livre na área, mas o atacante chutou fraco para fácil defesa de Ibson.

Mais disposto em campo, o América comandou um primeiro tempo, onde o Porto apenas passeou em campo.

Aos 26, França dominou na intermediaria, avançou pela defesa do Porto que assistiu passivamente. O chute passou com perigo à esquerda de Emanoel.

Na última parte do primeiro tempo, a equipe tricolor parecia perdida em campo. Errando passes fáceis, o Gavião foi dominado pela equipe americana que quase abre o placar aos 39 minutos. Branquinho puxou o contra ataque e rolou para Kel chutar com perigo.

No segundo tempo, a história se repetiu. O América continuou melhor diante da apatia tricolor. Aos 16, Kel arriscou da entrada da área, a bola desviou na defesa e sobrou com Alexandre Oliveira chutar fraco.

Aos 22 minutos, mais uma chance americana. Branquinho fez boa jogada, foi a linha de fundo e cruzou na área. Sandro Miguel afastou o perigo.

O gol do América só saiu aos 36 minutos. Branquinho deu um drible desconcertante em Alexandre Black e chutou sem chances de defesa para Emanoel.

No final do jogo, os gritos de olé da própria torcida marcaram o fim de tarde melancólico do Gavião em Caruaru.

PORTO ENCARA O DESESPERADO AMÉRICA

O Porto volta a campo pelo Pernambucano neste sábado as 16h no estádio Luís Lacerda em Caruaru. O adversário, o América, vem na lanterna do campeonato com apenas quatro pontos, mas nem por isso será tarefa fácil para o Gavião já que o alviverde está bastante modificado do time que enfrentou o Porto na primeira fase..

Para este jogo, Laelson Lima ainda não contará com o goleiro Mondragon e Altemar que continuam no departamento médico. Pelo meio, Vagner Rosa está suspenso pois recebeu o terceiro cartão amarelo.

Para o gol, entra Emanoel. Na lateral esquerda segue Sandro Miguel e para o lugar de Vagner Rosa o mais cotado é Evandro.

Provável time do Porto: Emanoel, Edy, Alexandre Black, Marivaldo e Sandro Miguel. Helder, Evandro, Douglas e Thiago Laranjeira. Paulista e Kiros.

Contratação: Nesta sexta-feira a direção divulgou a contração de Arlindo. O meia de 33 anos, volta menos de um ano depois de sua última passagem pelo Porto.

América: O técnico Paulo Junior pode contar com mais dois reforços para os próximos jogos do América no estadual. No final da tarde de sexta-feira mais dois reforços foram regularizados após terem seus nomes divulgados no BID (Boletem Informativo Diário) da CBF. Tratam-se de Joseilton, zagueiro que esteve no Guarani de Juazeiro em 2010, e do meia Janderson, que estava no futebol catarinense na temporada passada, defendendo o Juventus.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

PORTO EMPATA NOVAMENTE NO SERTÃO


Em seu segundo jogo no Sertão, o Porto empatou novamente em 2x2 jogando desta vez em Araripina. O Gavião chegou a está vencendo o jogo por 2x1, mas acabou cedendo o empate ainda no primeiro tempo.

O jogo começou equilibrado, o Araripina assustava sempre nas descidas do atacante Cristovão. Aos 24, Marcelinho arriscou para boa defesa de Emanoel. O primeiro gol do jogo saiu aos 34, Cristovão , passou por três marcadores e tocou sem chances de defesa para Emanoel abrindo o placar para o Bode. O Porto nem deixou a torcida da casa comemorar e empatou no minuto seguinte com Thiago Laranjeira.

Aos 42, Kiros desceu pela linha de fundo e mesmo bem marcado chutou quase sem ângulo para decretar a virada do Gavião. O Araripina empatou no final do primeiro tempo. Falta cometida, bobeira da defesa do Porto e na batida rápida Marcelinho deixou tudo igual aos 47 minutos.

No segundo tempo, com a entrada de Marcelo Paraíba, o Araripina comandou a principais ações ofensivas e na sua melhor chance, Mizael perdeu de cabeça após cobrança de escanteio.

No final da partida, o Porto reclamou bastante da arbitragem de Ana Karina. No segundo gol do Araripina, ela teria mandado os jogadores esperar por seu apito para organizar a barreira, o Araripina bateu rápido e fez o gol.

O Porto volta a jogar no próximo sábado contra o América às 16h no Luís Lacerda pela 13ª rodada do Pernambucano.

FICHA DO JOGO

PETROLINA 2X2 PORTO
LOCAL: Paulo Coelho(Petrolina)
DATA: 13/02/2011
ÁRBITRO: Gleydson Leite.
ASSISTENTES: Roberto José e Marcelino Castro.
GOLS: Paulista(pênalti) aos 6, Juninho aos 10 e Fernandes aos 16 do primeiro tempo. Lalá aos 6 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS: Edy e Alexandre Black(Porto). Jefferson Petrolina e Fábio (Petrolina)
PUBLICO: 4.237
RENDA: R$ 21.450,00
PETROLINA:
Romero, Thiaguinho, Jefferson Petrolina, Uilton e Jefferson. Juninho, Fábio, Bruno Maranhão e Robertinho. Nego Pai(Jackson) e Fernandes(Alemão)(Rogério). Técnico: Neco.
PORTO:
Mondragon(Emanoel), Edy(Baiano), Alexandre Black, Marivaldo e Sandro Miguel. Vagner Rosa, Helder, Douglas e Thiago Laranjeira. Téo(Lalá) e Paulista. Tec: Laelson Lima.

PORTO 1X0 SPORT
LOCAL: Luís Lacerda(Caruaru)
DATA: 09/02/2011
ÁRBITRO: Sebastião Rufino Filho
ASSISTENTES: Albert Júnior e Paulo Stefanello.
GOL: Kiros aos 44 do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS: Kiros e Douglas(P). Astorga, Thiaguinho e Bruno Mineiro(S)
PUBLICO: 6.819
RENDA: R$ 72.790,00
PORTO:
Mondragon, Edy, Marivaldo, Sandro Miguel e Altemar(Alexandre Black). Vagner Rosa, Helder, Douglas e Thiago Laranjeira(Evandro). Paulista e Kiros(Téo). Tec: Laelson Lima.
SPORT:
Magrão, Thiaguinho, Astorga, Igor e Dutra. Germano, Hamilton, Wellignton Saci(Fabricio) e Renato Ribeiro(Bruno Mineiro). Carlinhos Bala e Ciro(Ruan).

CABENSE 2X1 PORTO
LOCAL: Gileno de Carli (Cabo de Santo Agostinho)
DATA: 06/02/2011
ÁRBITRO: Jossemar Diniz
ASSISTENTES: Pedro Vanderlei e Anderson Freitas.
CARTÕES AMARELOS:Porto- Alexandre Black, Mondragon, Helder e Diogo. Cabense: Guego e Flávio Caça-Rato.
GOLS: Fernando Belém, Fernandes e Thiago Laranjeira.
PUBLICO: 2.238,00
RENDA: R$ 12.280,00
CABENSE:
Delone, Fernandes, Joecio, Fernando Belém e Oziel. Dinho, Xinho, Guego e Ricardo(Paiva). Thiago Almeida(Gilson Costa)(Thiago Andrade) e Flávio Caça-Rato. Técnico: Adelmo Soares.
PORTO:
Mondragon, Edy, Alexandre Black, Marivaldo e Altemar. Vagner Rosa, Evandro(Diogo), Helder e Thiago Laranjeira. Paulista e Téo(Kiros). Técnico: Laelson Lima.

PORTO 3X1 SANTA CRUZ
LOCAL: Luís Lacerda (Caruaru)
DATA: 03/02/2011
ÁRBITRO: Neilson Sanos
ASSISTENTES: Elan Vieira e Aldir Pereira
CARTÕES AMARELOS: Porto-Vagner Rosa, Douglas, Thiago Laranjeira, Téo, Sandro Miguel e Kiros
GOLS: Douglas aos 4 e Paulista aos 27 do primeiro tempo. Laercio (pênalti) aos 33 e Thiago aos 42 do segundo tempo.
RENDA: R$ 77.550,00
PUBLICO: 7.125
PORTO:
Mondragon, Baiano, Sandro Miguel, Alexandre Black e Altemar. Vagner Rosa, Helder, Douglas(Marivaldo) e Thiago Laranjeira. Paulista(Diogo) e Téo(Kiros).
SANTA CRUZ:
André Zuba, Jackson, Everton Sena, Thiago Pereira e Alexandre Silva. Geovânio(Netto), Memo, Diego Biro(Renatinho) e Mario Lúcio(Marquinhos). Laécio e Landu. Técnico: José Teodoro.

PORTO 2X3 CENTRAL
LOCAL: Luís Lacerda (Caruaru)
DATA: 30/01/2011
ÁRBITRO: Ricardo Tavares
ASSISTENTES: Marcelo Neves e Wilton Lins
CARTÕES AMARELOS: Porto-Baiano, Alexandre Black, Marivaldo, Sandro Miguel e Vagner Rosa. Central-Gustavo, Vanderson, Marcinho, Wilson Surubim e Beto.
GOLS: Paulista aos 11, Wilson Surubim aos 37 e Danilo Pitbull (pênalti) aos 44 do primeiro tempo. Sandro Miguel aos 3 e Danilo Pitbull (pênalti) aos 36 do segundo tempo.
PUBLICO: 6.536
RENDA: R$ 44.910,00
PORTO:
Mondragon, Baiano, Sandro Miguel, Alexandre Black, Marivaldo(Thiago Laranjeira) e Altemar. Cosme(Helder), Vagner Rosa e Douglas. Paulista e Lalá(Téo). Técnico: Laelson Lima.
CENTRAL:
Sérvulo, Gustavo, Elias(Rosembrick), Valnei e Vanderson. Fernando Pires, Marcinho(Breno), Wilson Surubim e Vassoura. Danilo Pitbull e Beto(Harley). Técnico: Mauricio Simões.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

PORTO EM MAIS UM DESAFIO NO SERTÃO

O Porto tem desfalques para o jogo desta quarta-feira com o Araripina no sertão. O goleiro Mondragon que saiu machucado do último jogo contra o Petrolina e o zagueiro Alexandre suspenso pelo terceiro cartão amarelo dão lugar a Emanoel e Geninho respectivamente. Altemar ainda se recuperar de contusão segue fora de combate. Em compensação, Kiros que estava suspenso retorna no lugar de Téo.

Provável time do Porto: Emanoel, Edy, Marivaldo, Geninho e Sandro Miguel. Vagner Rosa, Helder, Douglas e Thiago Laranjeira. Paulista e Kiros.

FLÁVIO BARROS É O NOVO TÉCNICO DO BODE

O Araripina está de técnico novo. Flávio Barros chega nesta quarta-feira (16) ao Sertão pernambucano para assumir o comando técnico da equipe. O desafio do treinador, que já esteve à frente do Treze (PB), do Gama (DF) e do São Raimundo (MA), é fazer o Bode reagir no Estadual deste ano.

Após o término dos jogos de ida da competição, o Araripina está na 10ª posição do Pernambucano 2011, com o desempenho de três vitórias, dois empates e seis derrotas. De acordo com o presidente do clube, Walmy Bezerra, dispensas e contratações irão acontecer nos próximos dias.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

PORTO MANTÉM DISTÂNCIA


O Porto empatou em 2x2 com o Petrolina pela 11ª rodada do Campeonato Pernambucano. O jogo aconteceu no estádio Paulo Coelho em Petrolina neste domingo. Com 22 pontos, o Porto segue em terceiro e mantém a distância de sete pontos para o quinto colocado(Petrolina e Sport).

Paulista abriu o placar para o Porto cobrando um pênalti muito contestado pelos donos da casa. O Petrolina virou ainda no primeiro tempo com Juninho e Fernandes. No segundo tempo, Lalá deixou tudo igual.

Esse foi o primeiro de dois jogos que o Porto realiza no Sertão esta semana. Na quarta, a equipe segue para Araripina onde enfrenta o time local pela 12ª rodada. O resultado acabou sendo bom para o Gavião, que foi favorecido pelo empate do Sport no clássico e ainda segurou o Petrolina com quinze pontos.


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

ERROS DE ARBITRAGEM: Capital 7x1 Interior

Em mais uma atualização dos erros de arbitragem. Mais três lances envolvendo times do interior e os de Recife. Apesar do Ypiranga ter descontado, nessa atualização a capital foi beneficiada de novo em dois lances a favor.

6º Erro:Pela primeira vez, um time da capital foi prejudicado. No jogo Náutico x Ypiranga, houve um gol legal do alvirrubro anulado pela arbitragem.
7º e 8º erros:No jogo Porto x Sport no Lacerdão, dois erros claros. No primeiro lance, gol do Porto mal anulado num impedimento fácil de marcar. Esse só quem viu foi o trio de árbitro. No segundo, pênalti escandaloso de Hamilton em Paulista.

Confira outros erros:


1º: Sport x América: No primeiro gol do Sport foram dois erros. No primeiro, Carlinhos Bala bateu a falta no lugar errado, no segundo, quando recebeu a bola o atacante estava impedido. E se reclamar é pior, pobre do zagueiro Givaldo que foi expulso por reclamação.

2º:Sport x América: Ataque do América, cruzamento na área, bola na rede e gol anulado. Claudio Mercante anotou falta do atacante no zagueiro.

3° Náutico x Cabense: Esse eu não tenho o video. O Náutico perdia por 1x0, com um homem a menos. Quando Flávio Caça-Ratos fez falta pelo meio e foi expulso. Segundo matéria publicada no Jornal do Commercio edição de sábado, o Náutico contou com uma "ajudinha" do árbitro.

4º Petrolina x Sport: Falta boba no meio campo em favor do Sport originou o gol de empate diante do Petrolina

5° Náutico x Porto: Rogério domina avança e claramente se joga. Pênalti para o Náutico. Esse felizmente foi desperdiçado para se fazer justiça

PORTO VENCE SPORT DEPOIS DE 16 ANOS


Foram dezesseis anos de espera, e com um gol de Kiros, logo ele, a torcida do Porto pôde comemorar uma vitória sobre o Sport em Caruaru. Numa grande partida na noite desta quarta-feira, o Gavião afundou ainda mais o Sport e chegou aos 21 pontos dividindo vice-liderança com o Santa Cruz.

Jogo:

A partida começou aberta com as duas equipes procurando o gol desde os primeiros minutos. Logo aos 6, Ciro recebeu na área e tentou bater colocado, buscando o ângulo direito, mas a bola subiu muito.

Dois minutos depois, num contra-ataque veloz, o Porto chegou a abrir o placar com Douglas. Ele recebeu na área e tocou por cima do goleiro Magrão, mas o árbitro Sebastião Rufino Filho anulou, marcando impedimento. A análise pela televisão mostrou que o meio-campo do Gavião estava em posição legal.

O jogo continuou quente, e aos 16 minutos quem assustou foi o Sport. Carlinhos Bala cobrou uma falta para a área e Germano, com o pé, desviou. A bola explodiu na trave e sobrou para Renato Ribeiro, na área, isolar.

Aos 33 minutos, o Porto também chegou muito perto. Após um cruzamento para a área, Paulista cabeceou com perigo. Dois minutos depois, Paulista recebeu na área, ficou frente a frente com Magrão e soltou a bomba. O goleiro rubro-negro fez uma grande defesa.

Mas, aos 44 minutos, Kyros não desperdiçou. Ele aproveitou uma bobeira da zaga rubro-negra, invadiu a área e bateu no canto direito de Magrão.

Para tentar buscar o resultado, o Leão voltou para o segundo tempo com duas mudanças. O técnico interino Gustavo Bueno tirou Ciro e Renato Ribeiro para as entradas de Ruan e Bruno Mineiro.

Mas, foi o Porto quem primeiro chegou com perigo. Numa jogada veloz de Edy, pela direita, ele ganhou de Dutra e bateu forte, na entrada da área. Magrão fez a defesa parcial e Germano chegou para afastar num chutão.

O Leão chegou com perigo aos 12 minutos, quando Ruan bateu forte e Mondragon deu rebote. A bola ficou na pequena área, mas a zaga do Gavião conseguiu afastar num chutão. Sem o resultado esperado, Gustavo Bueno fez a última substituição com a entrada de Fabrício na vaga de Wellington Saci.

E o Porto continuou pressionando em busca do segundo gol. Aos 19 minutos, Kyros ganhou na velocidade, invadiu a área, mas acabou adiantando de mais a bola e batendo prensado com Magrão. Aos 27 minutos, Thiago Laranjeira cobrou falta com veneno e o goleiro do Sport fez nova defesa.

A resposta rubro-negra veio aos 36 minutos, quando a bola sobrou na área para Bruno Mineiro. Ele dominou e bateu, mas Mondragon fez uma grande defesa. Após o lance, o Porto passou a tocar bola e administrar o jogo aos gritos de olé. No apito final, o Sport deixou o gramado bastante vaiado.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

DEZESSEIS ANOS DA ÚLTIMA VITÓRIA

O Porto entra em campo nesta quarta-feira tendo pela frente um enorme tabu a ser quebrado. Dezesseis anos separam o jogo de amanhã da última vitória do Gavião sobre o Sport jogando em Caruaru. O jogo que aconteceu no Antônio Inácio de Souza teve o placar de 3x0 em favor do Gavião foi realizado no dia 16 de abril de 1995.

De lá pra cá, vitória diante do Sport foi apenas uma em 2005 na Ilha do Retiro por 2x1. Após esse jogo o Porto acumula uma seqüência de nove derrotas nos últimos nove jogos diante do Leão.

Para quebrar esta escrita, Laelson Lima deve promover algumas modificações para este jogo. Baiano, que não vem jogando bem, deve dá lugar a Edy na lateral direita. Na defesa, Marivaldo pode entrar no lugar de Alexandre Black. Sandro Miguel volta após cumprir suspensão contra a Cabense. No ataque, Kiros substitui Téo.

Provável time do Porto: Mondragon, Edy, Marivaldo, Sandro Miguel e Altemar. Vagner Rosa, Helder, Thiago Laranjeira e Douglas. Paulista e Kiros.

NOTÍCIAS DO SPORT

O técnico Hélio dos Anjos pode até não conseguir mexer com os ânimos do time rubro-negro. No entanto, se depender da motivação apresentada pelo treinador no momento em que ele desembarcou no Recife, os jogadores terão uma vida nova daqui para frente. De acordo com o técnico, ele veio para brigar pelo hexa e pela Série B.

O comandante ainda não sabe se vai comandar o Sport, nesta quarta contra o Porto, em Caruaru. Tudo vai depender da decisão que será tomada na noite desta terça entre o treinador e a diretoria rubro-negra.

O novo técnico do Sport explicou como foi a decisão de trocar o Vila Nova/GO pelo Sport. "Foi uma saída dificil. Troquei um amor novo por amor antigo. Me sinto privilegiado em voltar neste momento tão importante. Primeiramente, vamos brigar para entrar no no G4. Depois, vamos brigar pelo hexa, pela Copa do Brasil e pela Série B. A torcida pode esperar o mesmo Hélio de sempre", disse.

Em seguida Hélio dos Anjos se auto definiu: "Serei aquilo que sempre fui. Quem me conhece e sabe que minha caractarística é de treinador que mexe com a parte emocional do grupo. A negociação foi demorada, mas desde o início eu botei na cabeça que viria para o Sport. Não sei se vou comandar o jogo (Porto x Sport) ainda. Tem que respeitar o que está acontecendo. Vamos nos reunir e ver qual a melhor estratégia", revelou o treinador.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

PORTO PERDE PARA CABENSE


O Porto perdeu para Cabense por 2x1 pela nona rodada do Pernambucano. Os gols da Cabense foram marcados por Fernando Belém e Fernandes. Thiago Laranjeira descontou para o Porto.
O resultado deixa o Gavião na terceira posição com 18 pontos.
No próximo jogo, o Porto enfrenta o Sport no Lacerdão.

PORTO JOGA DE OLHO NA LIDERANÇA

Depois de vencer o Santa Cruz, por 3x1, o Porto se prepara para um jogo que pode lhe valer a liderança do Pernambucano Coca-Cola. Para chegar ao topo, hoje, a partir das 16h, o Gavião do Agreste vai ter de bater a Cabense – e torcer pelo tropeço de Central e Santa Cruz, primeiro e segundo colocados, respectivamente –, no Estádio Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho. O Porto está na terceira, com 18 pontos – assim como o Santa, que é vice –, e vive um bom momento. O Azulão está em 10º, com seis, e terá a estreia do técnico Adelmo Soares.

Para a partida, o técnico Nelson Lima não vai poder contar com o zagueiro Sandro Miguel e o meia Douglas, que estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Outra ausência é o volante Cosme, que continua no Departamento Médico. Já o lateral-direito Baiano está de volta à equipe, depois de cumprir suspensão.

O último treino da equipe para enfrentar a Cabense foi realizado na manhã de ontem. Na tarde de sexta-feira, o grupo fez um trabalho regenerativo no Ninho do Gavião. “A vitória contra o Santa Cruz já passou. Agora é pensar na Cabense”, destacou o atacante Tiago Laranjeira.

No caso dos donos da casa, cautela é a principal pedida. Mas o estreante da tarde, Adelmo Soares, vê o encontro como perfeito para a Cabense voltar a subir na tabela. “É uma partida boa para jogar. O Porto está muito bem no campeonato, enquanto uma vitória sobre eles pode nos dar uma empolgação maior”, comentou o treinador.

Por ainda estar conhecendo os seus jogadores, Adelmo não vai “inventar” muito na escalação. Ontem foram realizados os últimos ajustes. Mesmo assim, ele entende que a equipe que perdeu para o Petrolina (1x0), em Petrolina, deve ser mantida. O goleiro Danilo desfalca o time por estar servindo a seleção de Guiné Equatorial. Delone substitui o titular.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

GOLS DE PORTO 3X1 SANTA CRUZ

PORTO VENCE E CONTINUA EM TERCEIRO


O Porto venceu o Santa Cruz por 3x1 nesta quinta-feira em mais uma rodada do Pernambucano. Sem cinco titulares, o Tricolor da capital foi presa fácil para o Gavião no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru.

O Gavião abriu o placar aos 5 minutos do primeiro tempo com Douglas. Paulista fez o segundo aos 27 minutos, ainda na etapa inicial. O Santa chegou a diminuir, com Laécio cobrando pênalti aos 32 minutos do segundo tempo. Mas, nos minutos finais, Thiago Laranjeira fez o terceiro. O resultado deixa as duas equipes com 18 pontos. A equipe coral segue na vice-liderança, enquanto o Gavião retoma a terceira colocação.

As duas equipes voltam a campo às 16h do próximo domingo (06), para a nona rodada do Campeonato Pernambucano. O Santa Cruz tem o clássico contra o Sport, no Arruda. Já o Porto pega a Cabense, no estádio Gileno de Carli.

O JOGO

Aproveitando a torcida e os desfalques do Santa Cruz, o Porto abriu o placar logo aos 5 minutos. A defesa tricolor deu bobeira e, numa bola cruzada, Douglas apareceu para escorar para o fundo do gol.

O Gavião seguiu dominando a partida e aos 22 minutos Téo desperdiçou uma chance clara de ampliar. O atacante recebeu livre na área, mas ao dominar deu tempo da zaga do Santa se recuperar e bloquear o chute.

Mas, aos 27 minutos veio segundo gol. Douglas recebeu pela direita e cruzou para a área. Paulista apareceu e só teve o trabalho de bater no canto direito de André Zuba.

Para tentar buscar o resultado, o Santa voltou para o segundo tempo com Renatinho no lugar de Diego Biro. A mudança deu mais gás ao Santa Cruz, que começou a buscar o gol, enquanto o Porto passou a administrar o resultado.

E foi o próprio Renatinho quem teve a chance de diminuir. Ele recebeu livre, na área, mas acabou chutando muito mal, mandando a bola direto para fora. Zé Teodoro colocou mais um atacante, Neto na vaga do volante Jeovânio. Já o Porto se fechou ainda mais com a entrada do zagueiro Marivaldo na vaga do meia Douglas.

De tanto pressionar, o Santa conseguiu diminuir a vantagem do Porto, aos 31 minutos. Landu foi derrubado na área por Alexandre Black e o árbitro Neílson Santos marcou o pênalti. Laécio bateu com perfeição, no canto esquerdo, e fez 2 a 1.

A equipe coral se lançou para o ataque em busca de mais um gol e o Porto aproveitou o espaço para marcar mais um, nos minutos finais. Thiago Laranjeira passou por quatro defensores do Santa e, do meio da rua, mandou no ângulo esquerdo de Zuba, fazendo um golaço e fechando o placar em Caruaru.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

PORTO ENFRENTA O SANTA CRUZ NESTA QUINTA-FEIRA

O Porto tem dois desfalques para enfrentar o Santa cruz nesta quinta-feira no Lacerdão as 20h. A partida é válida pela oitava rodada do PE2011. Baiano, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e Cosme que torceu o joelho no jogo contra o Central.

No lugar de Baiano, o jovem lateral Edy, de apenas 17 anos, vai fazer seu terceiro jogo neste Pernambucano.O técnico Laelson Lima, pode optar por repetir a estratégia de três zagueiros usada no primeiro tempo do jogo do ultimo domingo. Nesse caso, Marivaldo seria mantido entre os titulares com o meio campo formado por Vagner Rosa, Helder e Douglas. Caso o sistema utilizado seja o 4-4-2, sai Marivaldo para entrada de Evandro.

Nos últimos dois anos, o retrospecto em Caruaru é bastante favorável ao Gavião, em 2009 o Porto venceu por 4x0 e ano passado a vitória foi de 3x1.

Provável time do Porto: Mondragon, Edy, Alexandre Black, Sandro Miguel, Marivaldo(Evandro ou Helder) e Altemar. Vagner Rosa, Helder(Evandro), Douglas. Paulista e Téo.

Santa Cruz:

O Santa Cruz está definido para o confronto com o Porto. Os tricolores chegam ao Lacerdão com cinco desfalques, mas o técnico Zé Teodoro resolveu manter a mesma tática que vinha utilizando.

No último treino antes do duelo com o Gavião, o treinador comandou um coletivo, onde formou o Santa Cruz no 4-4-2 com a seguinte formação: André Zuba; Jackson, Thiago Pereira, Everton Senna e Alexandre; Jeovânio, Memo, Diego Biro e Mário Lúcio; Landu e Laécio.

O treinador, que exigiu bastante de seus comandados durante a atividade, acredita que sua equipe vá apresentar uma evolução, em relação ao futebol apresentado no Clássico das Emoções. “Conversei bastante com os jogadores, apontamos algumas falhas e treinamos para corrigí-las. Acredito que, apesar do desfalque, possamos fazer uma partida melhor”, destacou Zé Teodoro.

A delegação tricolor seguiu para Caruaru depois do jantar, e já está concentrada em um hotel. Amanhã, o grupo participa apenas de um alongamento de manhã e volta a descansar para a partida.