Seguidores

segunda-feira, 29 de março de 2010

FICHA DO JOGO


PORTO 4X2 SETE DE SETEMBRO

DATA 27/03/2010

LOCAL José luís Lacerda(Caruaru)

ÁRBITRO Gilbero Castro Júnior

ASSISTENTES PauloStefanello e Luciano Pimentel

GOLS Kiros aos 14, Dinda aos 20 e Naldinho aos 23 do primeiro tempo. Arlindo 1, Wellington aos 10 e Paulista aos 35 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS Porto:Kiros, Alysson e Rennan. Sete: Silvio.

PÚBLICO 862

RENDA R$ 4.775,00

PORTO: Alysson, Damião, Anderson Rodrigo, Alemão(Rodolfo Aguiar) e Airton. Cosme, Rennan(Evandro), Naldinho e Arlindo. Fabian e Kiros(Paulista). Técnico: Charles Muniz.

SETE: Silvio, Roma, Felipe(Wellington), Indio, Toni Belém e Novito. Vanderson, Nau e Alanzinho(Luiz Antonio). Dinda e Erick. Técnico: José de Almeida Neto.

FICHA DO JOGO

ARARIPINA 4X2 PORTO
DATA 20/03/2010
LOCAL Chapadão do Araripe(Araripina)
ÁRBITRO Carlos Costa
ASSISTENTES Alcides Lira e Charles Rosa
GOLS Arlindo aos 2, Fabian aos 13, Zaquel aos 21,Saulo 25, Romário 37 e Cristovão aos 45 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS Araripina: 5 6Porto: Oziel.
EXPULSÃO Anderson Rodrigo.
PUBLICO 4.068
RENDA R$ 22.675,00
ARARIPINA: Bell, Saulo, Romário, Rogério(Mineiro) e Felipe. Marcio, Barata(Dyego Trindade), Roni(Cristovão) e Zaquel. Odilon e Marcelo Paraíba. Técnico:
PORTO: Romero, João Carlos, Gonçalves, Anderson Rodrigo e Oziel. Alemão, Rodolfo Potiguar, Evandro e Arlindo(15). Rogério(Daniel Caiçara) e Fabian(Caio). Técnico: Charles Muniz.

sábado, 27 de março de 2010

PORTO VENCE O SETE DE SETEMBRO

Pela abertura da 18ª rodada do Campeonato Pernambucano, o Porto venceu o Sete de Setembro por 4x2 e segue sonhando com uma vaga no G4. Jogando sem cinco titulares, o Gavião se superou em campo e chega a 26 pontos na classificação geral.
O primeiro tempo começou debaixo de muita chuva na capital do agreste. O primeiro lance de perigo foi do Sete de Setembro com Dinda, o jogador recebeu livre na área, mas demorou a chutar e foi parado pela defensiva do Gavião.
O Porto respondeu aos 18, Fabian fez fila na zaga setembrina e foi derrubado por Toni Belém, pênalti marcado e convertido por Kiros.
Dois minutos depois, o Sete chegou ao empate. Roma bateu falta pela esquerda e Dinda de cabeça deixou tudo igual.
Aos 23, o Porto desempatou. Após escanteio, Naldinho dominou livre na área adversária para chutar na saída do goleiro Sílvio.
O Sete continuou assustando sempre em jogadas em bolas paradas. Aos 36, outra falta cobrada por Roma da esquerda, Alisson deu rebote e quase o Sete empata.
Aos 38, noutra cobrança de falta na área, Alisson saiu mal do gol, a bola pegou em Dinda e por sorte voltou para o goleiro.
O Porto ainda chegou num contra ataque rápido aos 40, num chute perigoso de Damião. Silvio mandou pra escanteio.
O segundo tempo parecia que ia ser mais fácil para o Porto, logo no primeiro minuto de jogo, Damião fez ótima jogada pela direita e chutou de esquerda, Silvio deu rebote, mas Arlindo estava atento para fazer o terceiro gol do Gavião.
O que parecia ser fácil ficou complicado quando aos noveminutos, Eric bateu escanteio para Wellington cabecear bonito e diminuir para o Sete.
O Sete tentou pressionar, e chegou com perigo com Dinda aos 16, entrando livre na área e chutando forte para defesa de Alisson. E aos 24, Dinda de novo numa cabeçada venenosa. Mas aos 35, Airton fez boa joga pela esquerda e a bola sobrou para Naldinho chutar e no rebote de Silvio, Paulista fez 4x2.
Nos descontos o Porto perdeu a chance de fazer o quinto gol em duas oportunidades. A primeira com Airton e a segunda com Naldinho.
O Gavião volta a jogar no próximo domingo contra o Central.

quinta-feira, 25 de março de 2010

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ 3X2 PORTO
Data: 24/03/2010
Local: Arruda.
Árbitro: Antônio Hora Filho (SE).
Assistentes: Pedro Wanderley e Roberto José.
Gols: Kiros, aos 11; Fabian, aos 18; Joelson, aos 34; e Elvis, aos 39 do primeiro tempo. Elvis, aos 43 do segundo.
Cartões amarelos: Tutti, Joelson, Alemão, Romero, Naldinho, Alemão, Rodolfo Potiguar e Fabian. Expulsões: Romero Caruaru e João Carlos.
Renda: R$ 43.760.
Público: 15.055.
Santa Cruz:
Tutti; Wellington, Alysson, Luiz Eduardo e Jefferson; Goiano, Leo (Marcos Mendes), Serginho (Marcelinho) e Elvis; Joélson e Souza (Gaúcho). Técnico: Dado Cavalcanti.
Porto:
Romero; João Carlos, Gonçalves, Romero Caruaru e Aírton; Cosme, Rodolfo Potiguar, Naldinho e Arlindo (Cleiton); Kiros (Damião) e Fabian (Rogério). Técnico: Charles Muniz.

PORTO DESFALCADO CONTRA SETE

Charles Muniz terá muito trabalho para montar a equipe contra o Sete de Setembro p´roximo sábado, são três jogadores suspensos pelo terceiro cartão amarelo(Romero,Rodolfo Potiguar e Fabian), além de João Carlos e Romero Souza expulsos contra o Santa Cruz.
Alysson deve entrar no lugar de Romero no gol. Na lateral direita Damião. No lugar de Romero Souza, Anderson Rodrigo é o mais cotado. No lugar de Rodolfo, Evandro deve ganhar a vaga e Rogério volta a ser titular no lugar de Fabian.

quarta-feira, 24 de março de 2010

PORTO PERDE DE VIRADA... DE NOVO


E mais uma vez a história do último jogo se repetiu, o Porto fez 2xo em cima do Santa Cruz e não conseguiu segurar o resultado tomando a virada e perdendo a partida por 3x2.
O Santa começou o jogo tentando impor seu jogo a exemplo dos dois últimos compromissos no Arruda, contra Botafogo e Náutico. O time detinha mais a posse da bola mas sem objetividade. O único lance de perigo foi fruto de um erro do goleiro Romero, que largou uma bola em cima da linha e segurou em seguida depois de cobrança do escanteio.
A objetividade que faltava ao tricolor sobrou no Porto, que na primeira investida abriu o placar. Aos 11 minutos, João Carlos cruzou da direita, Arlindo fez o corta luz e Kiros chutou forte, sem chance de defesa para Tutti. Apenas sete minutos depois, o Porto foi novamente ao ataque enquanto o Santa tentava uma pressão inútil. E na nova empreitada o Gavião se deu bem, pois o árbitro marcou pênalti de Goiano em Kiros. Fabian foi para a cobrança e converteu.
Com o marcador adverso, o Santa ficou nervoso e cometeu erros bobos. A torcida percebeu e esboçou as primeiras vaias à equipe. Mas o time conseguiu se acalmar, pôr a bola no chão e correr atrás do tempo perdido. De tanto tentar, a recompensa veio aos 34. Num cruzamento de Jefferson, Joelson subiu bem e cabeceou no canto direito.
A empolgação do gol transformou o empate em questão de tempo. E ele veio mais rápido do que os tricolores mais confiantes esperavam. Foram apenas cinco minutos. Numa lance fora da jogada, João Carlos agrediu Leo dentro da área. O árbitro não só marcou pênalti como também expulsou o jogador do Porto. Elvis foi para a cobrança e não perdoou: 2x2.
Para o segundo tempo os dois times voltaram com mudanças. No Santa, Marcelinho veio no posto de Serginho. Já no Porto, Alemão substituiu Kiros. Mas foi o tricolor quem manteve a pressão que marcara os 20 minutos finais da primeira etapa. Tanto que logo no primeiro minuto, Marcelinho cabeceou cruzamento de Jefferson e o Romero espalmou.
Aos seis foi a vez de Goiano testar o camisa um do adversário, que novamente mandou a escanteio. Mesmo com dificuldade em segurar a bola, Romero foi impedindo a virada coral. Aos 19 Elvis chutou e o goleiro não segurou de primeira. Ele conseguiu se recuperar antes da chegada de Joelson.
Marcelinho também tentou novamente aos 26, mas outra vez o camisa um do Gavião intercedeu bem. Com um jogador a menos coube ao Porto praticamente tentar manter o marcadar. Um raro ataque aos 21 dos caruaruenses teve boa participação do goleiro Tutti, que saiu bem do gol e ficou com a bola antes da chegada de Rogério.
A pressão estava tão grande que até zagueiro chegou com boas condições de marcar. Aos 30 minutos, Luiz Eduardo soltou uma bomba e, para variar, Romero atrapalhou a festa. Ele só não pôde evitar o pênalti de Romero Caruaru em Gaúcho, aos 39. O jogador do Porto, indignado, foi aos repórteres que estavam à beira do gramado para reclamar do juiz. Antônio Hora Filho não teve dúvida e o expulsou.
O sangue de Romero ferveu ainda mais e foi ao meio do campo e tirou a camisa, jogando-a no chão. Depois tentou partir para cima do juiz. Até o técnico Charles Muniz teve que intercer para acalmar seu pupilo. Depois de muita demora, Elvis foi para a cobrança e decretou a virada.

sábado, 20 de março de 2010

ARARIPINA X PORTO


O Porto perdeu de virada para o Araripina pela 16º rodada do Pernambucano por 4x2. Depois de um primeiro tempo sem gols, o Gavião chegou a fazer 2x0, mas não teve competência para segurar o adversário e levou a virada.
Depois de um primeiro tempo sem gols, o Porto abriu o placar com Arlindo aos 3 minutos num chute de fora da área. Fabian ampliou aos 13.
O Araripina virou com Zaqueu aos 17 e depois de muita pressão empatou com Saulo aos 33.
Quatro minutos depois foi a vez de Romário virar e Cristovão deu números finais aos 39.

sexta-feira, 19 de março de 2010

PORTO SEM QUATRO TITULARES

Na briga direta por uma das vagas nas semifinais, o Porto (5º colocado, com 23 pontos) não terá quatro jogadores para a partida de sábado, contra o Araripina, no Sertão. O zagueiro Romero Caruaru foi julgado na noite da última segunda-feira pelo TJD-PE e pegou dois jogos de suspensão. Com isso, terá que cumprir mais uma partida. Também estão fora de combate o lateral Aírton e os volantes Cosme e Naldinho, todos suspensos.

quarta-feira, 17 de março de 2010

FICHA DO JOGO

VERA CRUZ 0X1 PORTO
DATA 03/03/2010
LOCAL Carneirão(Vitória de Santo Antão)
ÁRBITO Antonio André
ASSISTENTES Paulo Stefanello e Clóvis Amaral
GOL: Rogério aos 34 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS Porto: Cosme, Evandro e Anderson Rodrigo. Vera Cruz: Marivaldo, Raphael Freitas, Alcimar e Edvan.
PUBLICO
RENDA
PORTO
Romero, João Carlos, Gonçalves, Romero Souza e Airton. Cosme(Evandro), Anderson Rodrigo, Rodolfo Potiguar e Arlindo(Cleiton). Rogério(Damião) e Fabian. Técnico: Charles Muniz.
VERA CRUZ
Gideão, Ricardo, Joecio, Everton e Marivaldo. Edvan, Gilberto(Filipe), Alemão(Rafinha) e Alcimar(Mizael). Raphael Freitas e Vassoura. Técnico: Pedro Manta.

FICHA DO JOGO

PORTO 2X1 VITÓRIA
LOCAL José Luís Lacerda(Caruaru)
DATA 14/03/2010
ÁRBITRO Neilson Santos
ASSISTENTES Luís Fernando Coelho e Wlademir Lins
GOLS Naldinho aos 10, João Carlos aos 15 e Edson Araújo aos 39 do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS Porto: Cosme, Naldinho e Airton. Vitória: Daniel Carlos, Edson Araújo e Paulinho Andrade. Técnico: Roberto de Jesus.
PUBLICO
RENDA
PORTO
Romero, João Carlos, Romero Souza, Gonçalves e Airton. Cosme, Naldinho, Rodolfo Potiguar(Evandro) e Arlindo. Kiros(Rogério) e Fabian(Caio). Técnico: Charles Muniz.
VITÓRIA
Rodrigo Carvalho, Suellington, Alex Rava(Diguinho), Sandro Miguel e Alexandre. Daniel Carlos(Eduardinho), Agumeron, Paulinho Andrade e Edson Araújo. Bruno Garcia(Fabinho) e Jadilson.

FICHA DO JOGO

PORTO 0X4 SPORT
Data: 07/03/2010
Local: Estádio Luiz Lacerda(Caruaru)
Árbitro: Gleydson Leite.
Assistentes: Luciano Cruz e Ubirajara Ferraz.
Gols: Eduardo Ramos - 24min (2T), 28min (2T) e 30min (2T) - e Ciro - 40min (2T), pelo Sport.
Cartões amarelos: Cosme e Fabian pelo Porto.Eduardo Ratinho e Tobi, pelo Sport.
Renda: R$ 35.550.
Público total: 7.198
Porto:
Romero; João Carlos, Gonçalves, Anderson Rodrigo e Airton; Cosme, Evandro(Damião), Rodolfo Potiguar, Arlindo(Naldinho); Kiros(Paulista) e Fabian. Técnico: Charles Muniz.
Sport:
Magrão; Eduardo Ratinho (Júlio César), Igor, Tobi, César e Dutra; Zé Antônio, Daniel Paulista e Eduardo Ramos (Dairo); Ciro e Dairo (Felipe). Técnico: Givanildo Oliveira.

domingo, 14 de março de 2010

PORTO VENCE VITÓRIA E SOBE PARA QUINTO



O Porto venceu a Acadêmica Vitória por 2x1 na tarde deste domingo, no José Luís Lacerda. O jogo foi válido pelo campeonato Pernambucano 2010. Com gols de Naldinho e João Carlos, o Gavião venceu a sétima partida na competição e segue firme na luta para chegar ao G4.
O Porto começou em cima, e abriu o placar logo aos 9 minutos do primeiro tempo. Depois de um lateral cobrado por Fabian, Kiros escorou no primeiro pau, para Naldinho completar e fazer 1x0 Porto.
Quatro minutos depois, Airton cruzou na área, a defesa do Vitória rebateu mal, a bola sobrou pra João Carlos chutar. A bola ainda desviou na defesa antes de entrar, 2x0 Porto.
Após o gol, o Vitória teve as melhores chances de marcar. A primeira chance com Sandro Miguel, cobrando falta aos 22 minutos, a bola passou a direita de Romero. Depois aos 29, num chute perigoso de Alexandre. Mas, aos 38, Alexandre bateu escanteio na cabeça de Edson Araújo, que descontou para os visitantes.
O Porto voltou para o segundo tempo com a proposta de se defender. Mesmo com a entrada de Rogerio aos 8 minutos, o Gavião levava pouco perigo nos contra ataques. Ao Vitória, restava apenas as bolas alçadas na área e cobranças de escanteios.
Aos 31, Arlindo puxou o contra ataque, lançou Naldinho que chutou cruzado, por pouco Rogério não chega.
O Vitória ainda assustou duas vezes até o final do jogo. Na primeira, Sandro Miguel cobrou falta venenosa para boa defesa de Romero. Na segunda, aos 44, Cavalcanti chutou de fora da área e de novo Romero defendeu.
Com esse resultado, o Porto soma 23 pontos e agora ocupa a quinta posição.

sábado, 13 de março de 2010

PORTO COMPLETO CONTRA O VITÓRIA

Após uma semana com vários jogadores entregues ao departamento médico, Charles Muniz, finalmente, contou com todos os atletas do seu elenco para o coletivo-apronto que foi realizado ontem, no CT Ninho do Gavião. Charles contará, inclusive, com dois atletas que eram desfalques certos para essa partida - o atacante Rogério e o lateral-esquerdo AIrton. Ambos estão recuperados e deverão entrar como titulares no duelo contra o tricolor das tabocas. O lateral-direito João Carlos e o meia Naldinho, que seriam julgados ontem pelo TJD-PE, tiveram seus julgamentos adiados e vão atuar normalmente. O Porto deverá entrar em campo com Romero: João Carlos, Gonçalves, Romero Caruaru e Ayrton; Rodolpho Potiguar, Cosme, Naldinho e Arlindo; Rogério e Fabian. No decorrer do treinamento, Charles utilizou Kyros no lugar de Rogério.

quinta-feira, 4 de março de 2010

GOLS: PORTO 0X4 SPORT

SPORT BATE O PORTO POR 4X0


Em noite inspirada, o meia Eduardo Ramos marcou três dos quatro gols na vitória do Sport de 4x0 sobre o Porto neste domingo à noite no Luiz Lacerda, em Caruaru, pela 14ª rodada do Campeonato Pernambucano. O quarto gol foi marcado por Ciro.
O JOGO - Apesar de o Sport começar impondo o ritmo no Luiz Lacerda, o Porto também deu trabalho. Aos 14, Kiros desperdiçou uma boa chance de abrir o placar. Dois minutos depois, Airton invadiu a área e chutou forte, levando Magrão a uma bela defesa. Aos 23 minutos, o Sport teve uma grande chance de abrir o placar, com cobrança de pênalti de Ciro. Romero, porém, defendeu o chute do artilheiro rubro-negro.
Logo depois, aos 30, foi a vez de o Porto dar um susto. Evandro, ao receber lançamento de Arlindo, driblou Magrão e chutou, mas César afastou.Outro bom lance do Porto foi aos 42, quando Fabian, que recebeu a bola de Arlindo, passou pelos dois zagueiros e chutou para a defesa de Magrão.
Sem mudanças nas equipes, o segundo tempo começou com o Leão desperdiçando a chance de alterar o placar. Em uma delas, aos 9, Ciro mandou a bola sobre o trevessão do Porto. Aos 17, foi a vez de Dutra chutar forte para Romero defender. Aos 19, Eduardo Ramos arrancou pela esquerda e chutou em cima do goleiro, que novamente pegou a bola. Porém, minutos depois, aos 24, Eduardo Ramos, de bola parada, bateu de curva, forte e alta, e abriu o placar no Luiz Lacerda.
Aberto o marcador, Eduardo Ramos conseguiu a proeza de marcar mais dois gols nos seis minutos seguintes. Aos 28, num ataque rápido de Ciro, o meia fez o segundo gol e, aos 30, marcou o terceiro do Sport: 3x0.
Ciro, que havia perdido o pênalti, se redimiu e deixou sua marca no placar, ao fazer o quarto gol do Sport aos 40 minutos.

ROGÉRIO NÃO DEVE JOGAR

O Porto terá um importante desfalque para encarar o Sport neste Domingo no Lacerdão pela 14º rodada do Pernambucano 2010.O atacante e artilheiro do gavião no campeonato, Rogério, não enfrentará o rubro negro.
Isto porque o jovem atacante de 19 anos saiu machucado na vitória sobre o Vera Cruz na última quarta-feira.O motivo são as fortes dores no adutor da coxa esquerda.O atleta foi avaliado pelo departamento médico na manhã desta sexta-feira e foi descartado para a partida do próximo Domingo.
SPORT
Como a liderança já está garantida pelo menos até a próxima rodada - o Sport tem 29 pontos, quatro a mais que o vice-líder Náutico -, o "molho" para os rubro-negros na 14ª rodada do Campeonato Pernambucano, neste domingo (7), é manter a invencibilidade, que na última quarta-feira (3) chegou aos 40 jogos, nove a menos que o recorde histórico da competição, que é de 49 rodadas, do próprio Sport entre os anos de 1998 e 1999. O adversário será o Porto, a partir das 17h, no Luiz Lacerda, em Caruaru. Os rubro-negros entram no jogo com poucas alterações em relação ao time que derrotou o Vitória na última quarta-feira por 4x2, na Ilha do Retiro. O técnico Givanildo Oliveira resolveu manter o lateral-direito Eduardo Ratinho na equipe - ele marcou o segundo gol no último jogo - mesmo podendo contar com Júlio César, liberado após cumprir suspensão. Na zaga, César está de volta após suspensão. Dirley foi expulso no final do jogo passado, e a troca é natural. A partida em Caruaru é considerada bastante difícil pelos jogadores, pois na primeira fase o Sport passou por alguma dificuldade. O Porto abriu o placar e os rubro-negros viraram para 3x1.

quarta-feira, 3 de março de 2010

PORTO VENCE FORA DE CASA


O Porto emendou a segunda vitória consecutiva ao vencer o Vera Cruz por 1x0, ontem, no Estádio Carneirão, com um gol de Rogério aos 35 minutos do segundo tempo. O resultado mantém o Gavião na luta por uma vaga no G-4, deixando a equipe em 6º, com 20 pontos. Já o Galo amarga a sétima partida sem vencer, permanecendo em 10º, com apenas 11 pontos.
Apesar do resultado, foram os anfitriões que jogaram melhor durante toda a partida. Abusando de perder chances, o Vera Cruz acabou sofrendo o revés em um contra-ataque bem armado pelos caruaruenses.
Em jogada armada pelo lado esquerdo, a zaga falhou coletivamente e a bola sobrou livre para Rogério. Cara a cara com Gideão, ele não teve trabalho para bater no canto direito e correr para o abraço.
Agora, o Porto tem um desafio difícil contra o líder Sport, domingo, no Lacerdão, em Caruaru. O Vera Cruz, por outro lado, viaja para Araripina (11º, com 10), onde enfrentará o time da casa, no Chapadão do Araripe, em um confronto direto para evitar o rebaixamento à Série A2 do Estadual.

FICHA DO JOGO

PORTO 3X2 SALGUEIRO
DATA 28/02/2010
LOCAL José Luís Lacerda(Caruaru)
ÁRBITRO Gilberto Castro Júnior
ASSISTENTES Aldir Pereira e Luciano Pimentel
GOLS Caio aos 30, França aos 38(P), Rogério aos 42(P) e 44(P) do primeiro tempo. Rogério aos 11 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS Porto: João Carlos, Airton e Gonçalves. Salgueiro: Rogério, Luciano, Renato Frota e Siderval.
PUBLICO 3.930
RENDA R$ 21.625,00
PORTO
Romero, João Carlos(Damião), Gonçalves, Anderson Rodrigo e Airton. Cosme, Rennan, Evandro e Arlindo(Cleiton). Kiros(Rogério) e Fabian.
SALGUEIRO
Luciano, Rogério(Tassio), Breno, Henrique e Siderval.Vitor Caicó, Renato Frota, Nildo Petrolina e Heider(Diogo). Caio(Branquinho) e França. Técnico: Paulo Santana

PORTO ENFRENTA O VERA CRUZ EM VITÓRIA

Vera Cruz e Porto fazem um confronto de times que vêm de bons resultados, mas em momentos distintos. O embate no Carneirão, a partir das 20h30, será de um Vera Cruz tentando se distanciar da zona de rebaixamento contra um Porto instigado a se aproximar do grupo dos quatro melhores, o G-4, que seguirão às semifinais do Pernambucano.
Após empatar com o Náutico por 1x1 na rodada passada, o Vera Cruz conseguiu deixar a faixa de degola. Atualmente é o décimo, com 11 pontos, apenas um na frente do penúltimo Araripina.
O Porto é só empolgação. Vem de uma virada espetacular em cima do Salgueiro (3x2), que o deixou na sexta colocação, com 17 pontos, três a menos do que o quarto, o Santa Cruz.

segunda-feira, 1 de março de 2010