Seguidores

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

EM NOITE DE FRANGO DE RODRIGO CARVALHO, PORTO SUPERA O SALGUEIRO NO LACERDÃO


Após três empates, o Porto finalmente venceu sob o comando de Luiz Muller. Em noite de um frango incrível de Rodrigo Carvalho, o Gavião soube se superar e conseguir a vitória por 2x1 em cima do Salgueiro no estádio Luiz Lacerda. Joelson e Jefinho marcaram para o Porto, enquanto Peri fez o gol do Salgueiro.

O Porto começou a partida sem querer saber do favoritismo do adversário. Com um bom toque de bola e mostrando determinação em todas as jogadas, o Gavião chegou ao primeiro gol aos 11 minutos de jogo com Joelson. O atacante recebeu lançamento da defesa e aproveitou a falha da zaga do Salgueiro, dominou na área e tocou na saída de Luciano.

A partida seguiu movimentada com as duas equipes procurando o ataque todo instante. Aos 16, Luiz Muller perdeu o zagueiro Wallace que saiu machucado para entrada de Luiz Alberto.

O Salgueiro assustou a meta de Rodrigo Carvalho pela primeira vez aos 22 minutos. Elvis cobrou falta da entrada da área e o goleiro do Porto fez boa defesa. Aos 31, em mais um ataque do time sertanejo, Elvis novamente chutou com perigo. O Porto respondeu dois minutos depois, Vagner Rosa roubou a bola no campo de ataque e tocou para Joelson, o atacante viu o goleiro adversário adiantado e mandou por cobertura com perigo.

O Salgueiro não deixou por menos, Vitor Caicó recebeu pela direita e chutou cruzado, a bola passou raspando a trave de Rodrigo Carvalho.

Na última boa chance do primeiro tempo, Rennan cobrou falta da direita e Joelson de cabeça mandou na trave do Salgueiro.

O Porto voltou para a etapa complementar mais recuado, permitindo o domínio do Salgueiro nos primeiros minutos. Logo aos dois minutos, Vitor Caicó recebeu na entrada da área e chutou a esquerda de Rodrigo Carvalho. Aos 15, numa falta despretensiosa de Peri pela direita, Rodrigo Carvalho saiu do gol e acabou soltando a bola fazendo gol contra, um verdadeiro frango.

O time sentiu o gol e dois minutos depois quase leva a virada, depois que Fabrício Ceará, após falha da defesa, ficou na cara do gol e mandou a bomba por cima.

Vendo o time encurralado, Luiz Muller tirou Rennan e Tiago Orobó para as entrada de Evandro e Jefferson Renan. O Gavião pôde assim sair da defesa e conseguir o gol da vitória. Aos 29 minutos, após confusão na área do Salgueiro, Joelson foi puxado por Helder. Pênalti que Joelson cobrou e Luciano defendeu. No rebote, o próprio Joelson chutou para mais uma defesa de Luciano, a bola sobrou com Jefinho que com oportunismo deixou o Gavião mais uma vez na frente.

O Salgueiro seguiu pressionando, mas o Gavião estava bem postado na defesa e conseguiu segurar o resultado.

Com a vitória, o Porto subiu para segunda posição no segundo turno com quatro pontos. O próximo compromisso do Tricolor do Agreste será no próximo domingo contra o Belo Jardim, no Sesc Mendonção.

PORTO ENFRENTA O SALGUEIRO NESTA QUARTA-FEIRA


Em Porto entra em campo nesta quarta-feira no estádio Luiz Lacerda para enfrentar o Salgueiro pela segunda rodada do segundo turno do PE 2013. Depois do empate na estreia, o técnico Luiz deve optar por repetir o mesmo time que enfrentou o Ypiranga, a única duvida do treinador deve ser o recém-contratado Ari Barros. O zagueiro chegou ao Ninho do Gavião na última semana e já foi regularizado.

Caso Ari Barros não jogue, o Porto deve formar com: Emanoel, Renato, Fabrício e Wallace. Rennan, Cosme, Vagner Rosa, Tiago Orobó, Jefinho e Jackson. Joelson.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

PORTO JOGA BEM, MAS ACABA CEDENDO O EMPATE


O Porto empatou em 3x3 com o Ypiranga pela primeira rodada do segundo turno do PE2013. A partida aconteceu neste domingo no estádio Otávio Limeira, em Santa Cruz do Capibaribe. Jogando no esquema 3-6-1, o Gavião mostrou um futebol mais solto e com mais criatividade no meio de campo. Chegou a estar por duas vezes a frente do placar com uma diferença de dois gols, porém o time caiu nos próprios erros, cedendo o empate ao adversário e por pouco não sofreu a virada no final.

O Porto começou atacando o Ypiranga e conseguiu um pênalti com 30 segundos de partida. Na subida de Jackson, o lateral chutou da entrada da área e no rebote do goleiro Cley, Joelson foi derrubado dentro da área. Pênalti marcado que o próprio Joelson cobrou e converteu.

O Ypiranga respondeu aos quatro minutos. Assis recebeu na área, mas chutou fraco, a esquerda do gol de Emanoel.

O jogo seguiu movimentado com as duas equipes procurando o gol a todo instante. Aos 15, Tiago Orobó arriscou de fora da área e acertou a trave do Ypiranga. Os donos da casa chegaram com perigo 29, Paulo Krauss tabelou com Beto e cruzou na área em direção de Assis, Wallace atento fez o corte providencial no que seria o primeiro gol do Ypiranga.

O Gavião chegou ao segundo gol aos 33. Joelson chutou na trave de Cley e no rebote Jefinho não teve trabalho para empurrar para o fundo da rede.

O Ypiranga foi pra cima e diminuiu nos acréscimos. Cosme fez falta desnecessária na entrada da área e Diogo converteu com categoria no ângulo esquerdo de Emanoel, que chegou a tocar na bola antes dela entrar.

No segundo tempo, o Ypiranga se preparou para dá o bote logo nos primeiros minutos, mas quem se deu melhor foi o Porto que chegou ao terceiro gol logo aos três minutos. Joelson deixou Tiago Orobó na cara do gol, o meia com tranquilidade tocou no canto direito de Cley, que nada pôde fazer.

O que seria o gol da calmaria acabou virando pesadelo quando Jackson cometeu um pênalti infantil em cima de Diogo aos 10 minutos. No primeiro turno em um lance semelhante, o lateral cometeu o pênalti que deu a vitória ao Ypiranga. Diogo cobrou e converteu.

O partir daí, o Ypiranga, empurrado pela torcida, passou a pressionar enquanto o Porto mantinha uma postura defensiva.

O Porto caia no pecado de cometer faltas em seu campo de defesa, e era nas cobranças do inspirado Diogo que surgia as melhores chances da Máquina de Costura. Aos 14, o lateral teve uma boa chance da entrada da área e obrigou Emanoel a se esticar todo fazendo grande defesa. Aos 30, Diogo cobrou escanteio e a bola sobrou com Paulo Krauss que mandou de cabeça, Rennan em cima da linha espantou o perigo.

O Porto teve um bom momento aos 34 minutos em dois ataques. No primeiro lance, Rennan cobrou falta na cabeça de Vagner Rosa e Cley defendeu. No segundo lance foi a vez de Jefferson Renan invadir a área e chutar para mais uma defesa de Cley.

Aos 39, numa cobrança de falta da esquerda, Diogo cruzou para Danilo que escorou para Beto livre na pequena área escorar, decretando o empate do Ypiranga.

O Ypiranga seguiu buscando o quarto gol, porém o placar ficou mesmo no 3x3. O Porto volta a campo na próxima quarta-feira quando enfrenta o Salgueiro em Caruaru.

PORTO ESTREIA CONTRA O YPIRANGA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE


O Porto aposta em um novo começo contra o Ypiranga neste domingo, no estádio Otávio Limeira em Santa Cruz do Capibaribe. Depois da péssima campanha no primeiro turno, o técnico Luiz Muller,  que está no comando do Gavião a dois jogos, apostará num meio campo forte para tentar criar oportunidades de gols e conseguir uma boa arrancada neste início.

Assim, o meio campo será formado por cinco jogadores com o time no esquema 4-5-1. Provável time do Porto: Emanoel, Ailton, Wallace, Fabrício e Jackson. Cosme, Vagner Rosa, Rennan, Jefferson Renan e Jefinho. Joelson.

A direção do clube anunciou o nome dos primeiros reforços esta semana. Além do lateral Ademar e do zagueiro Roni, foi confirmado a contratação de mais um zagueiro. Trata-se de Ari Barros de 35 anos, o zagueiro iniciou a carreira no próprio Gavião e tem passagens por clubes do interior paulista.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

MELHORES MOMENTOS: PESQUEIRA 0X0 PORTO

PORTO EMPATA COM O PESQUEIRA


O Porto encerrou sua participação no primeiro turno do Pernambucano empatando com o Pesqueira em 0x0, a partida foi realizada nesta quarta-feira no estádio Gigante do Agreste em Garanhuns. Com o resultado, o Gavião terminou o turno na penúltima posição com seis pontos e com um recorde negativo: mais de 600 minutos sem marcar nenhum gol. O Pesqueira terminou o turno em quinto lugar com 12 pontos.

Sem almejar nada nesta partida, o técnico Luiz Muller aproveitou o confronto para testar jogadores e promover a estreia de Jefferson Renan e Rodrigo Carvalho. Com o time formado quase todo por reservas, o Porto quase abre o placar aos seis minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou com Luiz Alberto que chutou para defesa de Geday.

O Pesqueira respondeu com Jânio cobrando falta com perigo dois minutos depois. Aos 11, Jonatas fez boa jogada pelo meio e tocou para David chutar cruzado, a bola passou com perigo a direita de Rodrigo Carvalho. O jogo seguiu equilibrado, porém as chances de perigo foram poucas.

No segundo tempo o Pesqueira foi ligeiramente superior e quase abre o placar aos 17 minutos. Jonatas fez boa jogada individual e cruzou na saída de Rodrigo Carvalho, Franklin livre cabeceou pra fora. O Pesqueira assustou novamente aos 37. Cruzamento da esquerda, a defesa afastou mal e Franklin da entrada da mandou a bomba por cima do gol de Rodrigo Carvalho. 

Aos 45, o Porto perdeu a melhor chance da partida. Matheus recebeu na cara do gol, mas ao invés de chutar tocou para Tiago Orobó que mandou longe do gol.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

PORTO ENCERRA PARTICIPAÇÃO NO PRIMEIRO TURNO


O Porto enfrenta o Pesqueira nesta quarta-feira pela última rodada do primeiro turno do PE2013. A partida será a estreia do Pesqueira em sua nova casa provisória, o Gigante do Agreste em Garanhuns. Para este confronto, o técnico Luiz Muller deve promover alguns testes, como a estreia do goleiro Rodrigo Carvalho e a reestreia do meio campo Jefferson Renan.
CONTRATAÇÃO: A direção anunciou nesta terça-feira a contratação do zagueiro Roni. O jogador de 25 anos tem passagens por Fortaleza e Fluminense de Feira de Santana.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

PORTO EMPATA NA ESTREIA DE LUIZ MULLER


Na estreia de Luiz Muller no comando, o Porto acabou ficando no empate sem gols com o Serra Talhada neste sábado, no estádio Luiz Lacerda. Depois de dez dias de treinamentos, ficou visível uma pequena evolução no futebol do Gavião, que passou a se movimentar melhor em campo e explorar as laterais. Porém o maior defeito continua: falta de gols, em oito jogos no primeiro turno do PE2013, o Tricolor do Agreste marcou apenas uma vez, contra o Petrolina na segunda rodada.

O primeiro tempo começou equilibrado com as equipes procurando valorizar a posse de bola. As duas equipes até mostravam disposição, mesmo sob forte calor, mas faltava qualidade no passe para a bola chegar com qualidade ao ataque. O resultado foi poucas chances de gols para os dois lados.

No segundo tempo o Porto voltou melhor e logo aos cinco minutos quase abre o placar. Jackson lançou Lalá que entrou na área e chutou forte, Danilo fez grande defesa. O Porto chegou novamente aos 16, Jackson cobrou escanteio e a bola sobrou com Fabrício que chutou na trave.

O Serra assustou aos 18 minutos quando Otacílio cruzou na área e encontrou Emercino. O atacante dominou no peito e tentou por cobertura em Emanoel. O goleiro do Gavião mostrou habilidade fazendo a defesa. O Porto respondeu aos 24, Jefinho recebeu na entrada da área e arriscou o chute, Danilo mais uma vez salvou o Serra. Aos 35, Bebeto recebeu de Cristiano e chutou cruzado, a bola passou perto da meta defendida por Emanoel.

Com o empate deste sábado, o Porto segue na penúltima colocação do primeiro turno, agora com cinco pontos. O Serra é terceiro com 13. Na última rodada, o Gavião encara o Pesqueira fora de casa.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

PORTO ENFRENTA O SERRA NESTE SÁBADO


Depois de folgar na rodada do meio de semana, o Porto volta a campo no próximo sábado pela oitava rodada do primeiro turno do PE2013, quando enfrentará o Serra Talhada. A partida, que acontece no estádio Luiz Lacerda às 16h, será a estreia de Luiz Muller no comando do Gavião.

Em quase dez dias de treinamentos, o técnico promoveu algumas mudanças no time que vem treinado como titular. Se por um lado, Joelson não jogará porque está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, os meias Jefinho e Erasmo devem entrar de frente contra a equipe sertaneja.

O Porto deve jogar com o esquema 4-5-1, com o seguinte time: Emanoel, Evandro, Renato, Fabrício, Jackson. Cosme, Rennan, Vagner Rosa, Jefinho e Erasmo. Lalá.

CONTRATAÇÕES: Nesta quinta-feira a direção anunciou a contratação do lateral esquerdo Ademar, velho conhecido da torcida pernambucana com passagens por Náutico e Sport. O atleta está com 32 anos e estava no futebol búlgaro. No final do ano passado, Ademar tentou a sorte no Rio Branco-SP, mas por problemas na documentação, acabou sendo liberado pelo clube paulista.

Outros dois jogadores devem reforçar ao Gavião, o zagueiro Geninho e o meia Jefferson Renan devem retornar após passagem pelo Sub-20 do Internacional-RS. 

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

MELHORES MOMENTOS: CHÃ GRANDE 1X0 PORTO

PORTO PERDE PARA O CHÃ GRANDE


O Porto mais uma vez não esteve bem em campo e foi derrotado pelo Chã Grande por 1x0, na noite desta quarta-feira. Com mais um resultado negativo, o Gavião ocupa a oitava posição do primeiro turno do PE2013 com apenas quatro pontos. O Chã Grande é sexto com cinco.

O nível técnico da partida foi fraco, as duas abusaram de errar passes, cruzamentos e muitas faltas. O Porto chegou primeiro com Rennan arriscando de fora da área logo aos 3 minutos. Davi atento mandou para escanteio.

O Chã Grande marcou o gol da vitória aos 12 minutos, Jaildo cobrou falta de longe e acertou uma bomba no ângulo esquerdo de Emanoel.

Com a vantagem no placar, o Porto assumiu o controle da partida, mas esbarrou no próprios erros e na falta de organização. Aos 33, Davidson cruzou e a bola sobrou com Vagner Rosa dentro da área, o volante dominou e chutou em cima de Davi que fez a defesa. Aos 38, foi a vez de Fabrício fazer boa jogada pela esquerda e cruzar para Joelson, o atacante na cara do gol chutou a direita da meta defendida por Davi.

Se o primeiro tempo foi ruim, a etapa complementar conseguiu ser pior. Foram 45 minutos com apenas um lance de perigo, um chute de Tiago defendido por Emanoel aos 23 minutos. Janduir até tentou mudar o panorama da partida promovendo três alterações, com as entradas de Tiago Orobó, Jackson e Mateus Araripina. O Gaviãi passou a ter mais posse de bola, mas desorganizado, não assustou em nenhum momento o gol adversário.   

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

PORTO ENFRENTA O CHÃ GRANDE NO CARNEIRÃO


Com o pior ataque (apenas um gol marcado) e a pior defesa (oito gols) do primeiro turno, o Porto entra em campo nesta quarta-feira para enfrentar o Chã Grande, pela sexta rodada do PE2013. A partida será realizado no estádio Carneirão em Vitória de Santo Antão, já que o estádio de Chã Grande não oferece condições de jogo.

Sem aspirações no turno, a partida contra o Chã Grande servirá para o novo treinador contratado, Luiz Müller, fazer uma analise do elenco que tem a disposição. Para este confronto, Janduir Lira continuará no comando da equipe.

No último coletivo realizado, Janduir promoveu algumas mudanças em relação a que atuou na goleada sofrida contra o Náutico no último fim de semana. Evandro e Cosme devem retornar ao time titular nos lugares de Henrique e Josias.

Outras duas mudanças podem ser realizadas, trata-se do meia Davidson e o atacante Matheus Araripina, nesse caso sairiam Thaciano e Lalá.

Provável time: Emanoel, Evandro, Joécio, Wallace e Jackson. Cosme, Rennan, Vagner Rosa e Thaciano (Davidson). Joelson e Lalá (Matheus Araripina). 

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

LUIZ MÜLLER É O NOVO TÉCNICO DO GAVIÃO


A espera por um novo técnico no Porto chegou ao fim. A direção anunciou na reapresentação desta segunda-feira o nome do novo comandante do Gavião. Trata-se de Luiz Müller de 51 anos, ex-jogador do Sport e Bragantino.

Luiz Müller jogou como meia-atacante, começou a carreira no São Paulo, jogando depois por vários times no Brasil, alcançando destaque no Bragantino e no Sport, sendo ídolo em ambos os clubes. Atuou também pelo Gamba Osaka, no Japão, onde conquistou a Copa do Imperador em 1991.
Como técnico passou pelos Sub-20 de Portuguesa e Bragantino. Além de passagens por Fortaleza, Botafogo-SP, São Bento e São José.

Müller acompanhará a partida da próxima quarta-feira contra o Chã Grande no Carneirão, em Vitória de Santo Antão. Para este confronto, Janduir continuará no comando.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

MELHORES MOMENTOS: PORTO 0X3 NÁUTICO

PORTO GOLEADO PELO NÁUTICO


O Porto foi goleado por 3x0 para o Náutico em jogo válido pela quinta rodada do campeonato Pernambucano. Foi a terceira derrota do Gavião na competição, que segue na sétima posição com quatro pontos. O Náutico, com a vitória, assumiu a liderança do primeiro turno com 10 pontos.

Desde os primeiros minutos, ficou evidente a superioridade do Náutico diante do Gavião. Com a marcação adiantada, o alvirrubro deixou o Porto sem saída de bola. Não demorou para o Timbu sair na frente no placar. Aos sete minutos, Rogério cobrou falta da direita e Kieza entrou livre de marcação escorando para o fundo das redes.

Em vantagem no placar, o Náutico seguiu dominando e aos 20 minutos quase amplia. Josias tentou sair jogando, perdeu a bola e armou o contra ataque no Náutico. Rogério recebeu lançamento, entrou livre na área e tocou na saída de Emanoel. A bola passou com perigo a esquerda do gol de Emanoel.

O Porto respondeu cinco minutos depois. No primeiro ataque perigoso do Gavião, Rennan lançou Thaciano, que entrou livre na área e tocou na saída de Felipe. A bola passou raspando a trave do Náutico. A resposta do Náutico foi rápida. Aos 27, Kieza recebeu na área, fez o giro em cima de Henrique e acertou a trave de Emanoel.

Aos 32, Fabrício e Joécio se atrapalharam na grande área e a bola sobrou com Rogério, que mandou a bomba sem chance para Emanoel. 2x0 Náutico.

No segundo tempo, Janduir promoveu a entrada de Davidson no lugar de Josias. O Porto foi favorecido com a expulsão de Alemão logo aos cinco minutos, mas o Gavião não soube explorar a vantagem de jogar com um homem a mais e acabou sofrendo terceiro gol aos 19 minutos.

Kieza foi derrubado fora da área por Wallace e num erro grosseiro do árbitro José Woshington foi marcado pênalti. O próprio Kieza cobrou, Emanoel defendeu e no rebote a bola voltou para o artilheiro timbu que dessa vez converteu.

Vendo o time batido, Janduir tentou as entrada de Jackson e Matheus Araripina nos lugares de Fabrício e Lalá. Mas o Porto produziu apenas mais uma chance de perigo aos 37 minutos com Thaciano. O meia recebeu na entrada da área, passou por três defensores do Náutico e acertou o travessão de Felipe.

O Porto volta a campo na próxima quarta-feira quando vai ao Carneirão enfrentar o Chã Grande. O Náutico enfrentará o Serra Talhada nos Aflitos.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

PORTO ENFRENTA O NÁUTICO COM MUDANÇAS


Na sétima posição e com poucas chances no primeiro turno do Pernambucano, o Porto entra em campo neste sábado, às 19h, para enfrentar o Náutico no estádio Luiz Lacerda. Com a saída do técnico Adelmo Soares, caberá ao assistente técnico Janduir Lira comandar o Gavião neste confronto.

A direção parece não ter pressa em resolver a questão. Segundo o gerente de futebol, Borges Carvalho, caberá ao presidente José Porfirio a escolha do novo nome que deve ser anunciado até a próxima quarta feira.

Janduir pode promover até cinco mudanças em relação a equipe que jogou contra o Ypiranga. Na lateral direita, Evandro deve ser improvisado novamente. Na esquerda, Jackson deve sair para entrada de Fabrício.

No meio, duas mudanças: saem Cosme (suspenso) e Tiago Orobó, entram Josias e Rennan que formarão o meio com três volantes e com apenas Thaciano como responsável pela armação da equipe. No ataque entra Lalá na vaga de Thalles.

Provável time: Emanoel, Evandro, Wallace, Joécio e Fabrício. Josias, Rennan, Vagner Rosa e Thaciano. Lalá e Joelson.

Foram disponibilizados 7000 ingressos do programa Todos com a Nota e 2000 para arquibancada custando R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (sócio e estudante).

NÁUTICO COM TIME TITULAR PELA PRIMEIRA VEZ

É uma nova estreia para o Náutico. Depois de atuar com o sub-20 nas primeiras rodadas, chegou a vez dos profissionais entrarem em campo. Será o primeiro contato do torcedor timbu com o time principal em 2013 depois de quase um mês de treinos físicos.

Além de ser o primeiro jogo dos profissionais, também será a primeira partida do Timbu sem o técnico Alexandre Gallo, que foi para a seleção brasileira sub-20. O novo comandante, Vágner Mancini, anunciado nessa sexta-feira, ainda não estará no gramado. O interino Levi Gomes orientará o time que já está definido. 

Será o mesmo dos treinos da pré-temporada com exceção de Vinícius Pacheco, que ainda não foi regularizado.

Para o lugar do meia, o jovem Marcos Vinícius, que já atuou pelo sub-20 no campeonato, deverá ser a opção. Sendo assim o time do Náutico ficará da seguinte forma: Felipe; Auremir, Alemão, Alison e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez e Marcos Vinícius; Élton, Rogério e Kieza.