Seguidores

domingo, 28 de abril de 2013

CENTRAL GOLEIA PORTO PELA TERCEIRA VEZ

O Porto foi derrotado pela terceira vez no ano para o Central. O placar de 3x0 foi construído com gols no segundo tempo. A partida deste domingo foi válida pela terceira rodada do Octogonal do Rebaixamento, que atualmente é liderado pelo Central com nove pontos. O Gavião continua com três pontos, na sexta posição.

O jogo começou com as duas equipes se estudando. O resultado foi poucos lances de perigo para os dois lados. Aos poucos o Central foi crescendo e dominando a partida. Marcando a saída de bola do Gavião o Central quase abre o placar aos 11 minutos, Wallace perdeu a bola na intermediaria para Andrezinho. O atacante entrou na cara do gol e chutou na saída de Rodrigo Carvalho, a bola saiu pela linha de fundo.

Vendo a fragilidade do lateral Juninho, que nem defendia, nem atacava, o Central passou a explorar o lado esquerdo de ataque. Aos 21, Jean Batista arrancou do campo de defesa pra cima do lateral do Porto, entrou livre de marcação dentro da área e chutou cruzado para defesa de Rodrigo Carvalho.

O Alvinegro chegou com perigo novamente aos22, Jonathan cabeceou pra fora. O Porto demorou 39 minutos para conseguir dá um chute ao gol. Jackson fez boa jogada pela esquerda e mandou a bomba para defesa de Juninho.

Para o segundo tempo o Central voltou com duas alterações. Saíram Tiago Araújo e Luiz Fernando para as entradas de André Tavares e Douglas Amaral.

O Porto começou melhor e logo no primeiro minuto Thiago Laranjeira fez bom lançamento para Jefferson Renan, mas o atacante dominou desequilibrado e chutou fraco para defesa de Juninho. Aos oito, Thiago novamente fez bom lançamento para Cosme dentro da área, o volante se livrou da marcação e mais uma vez Juninho defendeu. Aos 11 mais uma oportunidade perdida do Porto, Juninho cruzou da direita e Rennan, desequilibrado  cabeceou pra fora.

Após o susto, o Central acordou no jogo. Aos 14, André Tavares foi à linha de fundo e rolou para Jonathan que chutou fraco para defesa de Rodrigo.

As equipes promoveram alterações, o Central entrou com Tallys na vaga de Jorge Luiz. O Porto com Evandro e Anderson Pirata nos lugares de Juninho e Rennan.

O Porto continuava melhor em campo, mas foi o Central que acabou abrindo o placar aos 25 minutos. Tallys invadiu a área e acabou sendo derrubado por Cosme. Pênalti que Jonathan Silva cobrou e converteu. 

Laelson então promoveu a entrada de Ademar na vaga de Jackson, que saiu machucado, mas tudo que o lateral fez em campo foi levar um drible desconcertante de Jonathan Silva no segundo gol Alvinegro aos 28, o atacante ficou livre na área e mandou a bomba, sem chance de defesa para Rodrigo.

Rodrigo evitou mais um gol num chute de Andrezinho aos 30 minutos. Joelson respondeu da entrada da área chutando pra fora aos 32.

O Central teve Jonathan Silva expulso aos 43 por falta dura no meio, mas mesmo com um homem a menos acabou chegando ao terceiro gol nos acréscimos, Andrezinho cobrou pênalti e deu números finais à partida.

O Central volta a campo para enfrentar o Salgueiro na próxima rodada no estádio Cornélio de Barros. O Porto enfrentará o Serra Talhada no estádio Nildo Pereira.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

MELHORES MOMENTOS: PORTO 1X2 SALGUEIRO

<

PORTO PERDE PARA O SALGUEIRO E CAI PARA QUINTA POSIÇÃO


O Porto foi derrotado para o Salgueiro na noite desta quarta-feira por 2x1 pela segunda rodada do Octogonal do Rebaixamento. Com o resultado, o Gavião caiu para quinta posição com três pontos. O Salgueiro é o segundo com quatro pontos.

Com mais posse de bola, o Salgueiro tomou a iniciativa da partida promovendo os melhores lances de perigo. Aos 24 minutos, Peri cruzou da direita, a defesa cortou mal e Júlio tocou para Elvis chutar fraco para defesa de Rodrigo Carvalho. O Porto respondeu três minutos depois, Joelson recebeu na entrada da área, livrou-se da marcação e chutou no ângulo esquerdo de Mondragon. 1x0 Porto.

Aproveitando a desconcentração do adversário, o Porto quase amplia no minuto seguinte. Juninho foi a linha de fundo e cruzou na cabeça de Joelson, Mondragon atento mandou para escanteio.

Mesmo em desvantagem no marcador, o Salgueiro continuava no comando. Aos 33, Vitor Caicó aproveitou a falha da defesa e obrigou Rodrigo Carvalho a fazer boa defesa. O Salgueiro teve mais uma boa chance aos 46, Alexon recebeu cruzamento de Marcos Tamandaré e cabeceou por cima do gol.

O segundo tempo começou com o Porto assustando.  Jefferson Renan cruzou da direita e Joelson quase amplia. O Salgueiro seguiu melhor na partida e acabou chegando ao gol de empate aos 14 minutos. Peri tabelou com Elvis e cruzou para Gerien que completou para fundo da rede sem chance para Rodrigo. O segundo gol do Salgueiro seria questão de tempo, pois o Porto não esboçava reação.

Aos 24, Vitor Caicó deu um drible desconcertante em Ademar e cruzou para Elvis que livre de marcação não teve trabalho para empurrar para o fundo da rede decretando a virada.

Se o time estava perdido em campo, o segundo gol do Salgueiro serviu apenas para expôs as limitações da equipe. Laeson tentou mudar o panorama do jogo entrando com Jefinho e Lalá nas vagas de Renan e 
Ademar. Na melhor chance do Porto aos 38, Laranjeira cruzou da esquerda e Peri fez o corte antes da chegada de Joelson. O Porto seguiu buscando o empate, porém, desorganizado, não conseguiu criar nenhuma chance de perigo a meta defendida por Mondragon.


terça-feira, 23 de abril de 2013

SUB_20: resultado da terceira rodada


Confira os placares da terceira rodada do Pernambucano Sub-20 2013.

Grupo A
22/04 – 15:15 Recife/Arruda – Santa Cruz 3 x 3 Sport
20/04 – 15:15 Vitória de Sto. Antão/Carneirão – Vitória 3 x 0 Chã Grande
Grupo B
20/04 – 15:15 Recife/Aflitos – Náutico 3 x 0 América
21/04 – 15:15 Vitória de Sto. Antão/Carneirão – Vera Cruz 0 x 2 Atlético
Grupo C
22/04 – 15:15 Caruaru/Luiz Lacerda – Central 5 x 0 Belo Jardim
20/04 – 15:15 Sta. Cruz do Capibaribe/Otávio Limeira – Ypiranga 1 x 4 Porto
Grupo D
20/04 – 15:15 Serra Talhada/Nildo Pereira - Serra Talhada 1 x 2 Salgueiro
21/04 – 15:15 Petrolina/Paulo Coelho – Petrolina 0 x 0 Pesqueira

domingo, 21 de abril de 2013

JEFFERSON RENAN MARCA NOS ACRÉCIMOS E PORTO VENCE BELO JARDIM


O Porto estreou com o pé direito no Octogonal do Rebaixamento ao vencer Belo Jardim, de virada, no estádio Sesc Mendonção. A vitória por 3x2 só saiu nos acréscimos, com um gol salvador de Jefferson Renan. Com a vitória, o Porto divide a liderança do Octogonal com Central e Serra Talhada.

A partida começou com os donos da casa partindo pra cima do Gavião. Empurrado pela torcida, o Belo Jardim comandou as principais ações ofensivas da etapa inicial. Aos quatro minutos, Luciano Pintinho recebeu na área, tirou de Rodrigo Carvalho, mas Wallace atento fez o corte providencial. Aos 13, Felipe Almeida arriscou de fora da área e carimbou o travessão de Rodrigo Carvalho, no rebote Muller quase abre o placar.

Só dava o Belo Jardim. Aos 18, Fernandinho cobrou falta da entrada da área e obrigou Rodrigo Carvalho a fazer grande defesa.

Sofrendo com as péssimas condições do gramado, o Porto errava muitos passes pelo meio, facilitando o sistema defensivo do Calango.

Numa bobeira de Wallace, o Calango teve mais uma chance de abrir o placar. Aos 26, o zagueiro tentou cortar, a bola bateu nas costas de Luciano Pintinho e voltou na trave, por sorte a bola retornou nos braços de Rodrigo Carvalho.

O Porto respondeu no minuto seguinte, Jefferson Renan avançou pelo meio e a bola sobrou com Thiago Laranjeira, que arriscou da entrada da área, Romero fez a defesa em dois tempos.

De tanto procurar o ataque, o Belo Jardim foi premiado com gol aos 29 minutos. Candinho cruzou da esquerda e Muller subiu cabeceando no canto direito de Rodrigo, que não teve chance de defesa.

O gol fez o Belo Jardim diminuir o ritmo, com isso o Porto ganhou terreno e passou a ocupar mais o campo ofensivo. Joelson chegou a marcar, mas o árbitro Emerson Sobral marcou impedimento. Porém aos 43, Thiago Laranjeira recebeu de Jefferson Renan, deu um belo drible no marcador e chutou no canto esquerdo de Romero, deixando tudo igual. 1x1.

No intervalo, Lelson Lima tirou o volante Cosme para entrada de um meia avançado: Anderson Pirata. Em sua primeira jogada, o meia roubou a bola de Romero e cruzou para Joelson, que chutou por cima do gol. 

O Belo Jardim acabou chegando ao segundo gol aos cinco minutos. Ianick foi a linha de fundo e cruzou na pequena área, Rodrigo Carvalho não saiu e Candinho subiu livre de marcação, marcando mais um para o Calango.

Com a vantagem no placar, o Belo Jardim foi em busca do terceiro gol, o que de certa forma facilitava a vida do Porto, que ganhou qualidade no contra ataque com a entrada de Pirata. Aos 14, Thiago Laranjeira rolou a bola para Joelson dentro da área, mas o atacante chutou pra fora, de perna esquerda. As alterações do Belo Jardim seguiam o caminho inverso: saíram os jogadores que mais incomodavam Candinho e Luciano Pintinho, para as entradas de Careca e Madson. Laelson então aproveitou a chance e entrou com Tiago Orobó na vaga de Ailton. O Porto ganhou terreno e passou a dominar o jogo. Aos 31, Rennan mandou na área, Orobó cabeceou para o meio, Joelson precisou chutar duas vezes para deixar tudo igual.

O Belo Jardim não desistiu e mais uma vez chegou com perigo. Luiz Alberto afastou mal e a bola sobrou com Muller, o atacante chutou e Rodrigo Carvalho mais uma vez salvou o Gavião.

Com Laranjeira cansado, Laelson tirou o meia para entrada de Evandro, visando fechar o meio, e dar novo folego ao contra ataque.  O jogo ficou aberto com as duas equipes buscando o terceiro gol. Aos 45, Joelson puxou um rápido contra ataque e deixou Jefferson Renan na cara do gol, mas o meia demorou para concluir e acabou devolvendo para Joelson, o atacante chutou por cima do gol. Aos 47, Jefferson Renan recebeu na linha de fundo, passou no meio de cinco marcadores do Belo Jardim e chutou no canto esquerdo de Romero, decretando a vitória do Porto.

terça-feira, 16 de abril de 2013

PERNAMBUCANO SUB 20: SEGUNDA RODADA


ILHADORETIRO: SPORT 2 x 0 VITÓRIA
LUIZALEXANDRINO: ATLETICOPE 0 x 2 NÁUTICO
CARNEIRÃO: VERACRUZ 0 x 7 AMÉRICA
OTÁVIOLIMEIRA: YPIRANGA 0 x 0 BELOJARDIM
LUIZ JOSÉ DE LACERDA: PORTO 0 x 1 CENTRAL
CORNÉLIODE BARROS: SALGUEIRO 5 x 0 PESQUEIRA
NILDOPEREIRA: SERRATALHADA 2 x 2 PETROLINA
ARRUDA: SANTA CRUZ 5X1 CHÃ GRANDE

domingo, 14 de abril de 2013

CENTRAL GOLEIA PORTO MAIS UMA VEZ


Num jogo em ritmo de treino, Central e Porto duelaram pela última rodada do segundo turno do Campeonato Pernambucano. Com as duas equipes apenas cumprindo tabela, melhor para o Central que goleou os reservas do Porto por 3x0.

O pequeno público que compareceu ao estádio Luiz Lacerda assistiu um começo de partida sem muita empolgação, com as duas equipes limitando-se a trocar passes em seus respectivos campo de defesa. O Central abriu o placar aos 11 minutos, Jefferson Renan tentou sair jogando e perdeu a bola. Cleber avançou pelo meio da defesa e da entrada da área acertou um belo chute no canto direito de Emanoel. O Central começou a mostrar mais objetividade quando atacava. Aos 16 minutos, André Tavares arriscou de fora da área e a bola passou com perigo a esquerda de Emanoel. No minuto seguinte, Andrezinho recebeu lançamento, a defesa do Porto parou pedindo impedimento, e rolou para Jonathan Silva, o atacante foi derrubado por Emanoel dentro da área. Pênalti e cartão vermelho para o goleiro do Porto.

Com o goleiro expulso, Laelson Lima promoveu a entrada de Rodrigo Baiano tirando Jefferson Renan. Jonathan Silva cobrou e ampliou o placar para o Central.

O segundo gol deu mais confiança para a Patativa que se aproveitava da sonolência do ataque do Porto. 
Aos 25, Douglas Amaral recebeu na área e chutou forte para defesa de Rodrigo Baiano, que mandou para escanteio. O Central chegava com facilidade. Aos 27, Jonathan Silva entrou livre na área, mas foi desarmado no momento do chute. No minuto seguinte outra boa chance, num bombardeio do ataque do centralino, quase todo ataque do Central teve chance de marcar, mas a trave, Fabrício e Rodrigo Baiano impediram.

Aos 38, Fernando Pires cruzou da direita e Jonathan de voleio mandou para o gol, Rodrigo Baiano tirou no susto.

No segundo tempo Laelson promoveu a entrada do zagueiro Geninho na vaga de Tiago Orobó, na tentativa de fechar os espaços do adversário. O jogo seguiu em ritmo lento, com o Porto sem objetividade e o Central sempre tentando o bote certeiro. Aos 11, Jonathan Silva pegou a defesa do Porto desprevenida e entrou livre de marcação. O atacante tocou na saída e Baiano e por pouco não faz o terceiro. Sofrendo com a improdutividade de Matheus Araripina, Laelson resolveu tentar a sorte com Tales. Já o Central entrou com o eterno goleiro reserva Elias na vaga de Juninho.

Aos 28, o Central acabou fazendo o terceiro gol. Jonathan Silva recebeu livre na área, chutou na primeira e depois da boa defesa de Rodrigo Baiano, Jonathan Silva não deu chance ao jovem arqueiro do Gavião aproveitando o rebote.

O primeiro chute do Porto em direção ao gol adversário saiu apenas aos 34 minutos do segundo tempo. Tales arriscou de fora da área e a bola quase não chega em Elias que fez defesa. O único susto que o Porto deu no Central durante toda a partida aconteceu aos 40 minutos. Cosme cobrou falta da entrada da área e no rebote do goleiro Elias, Thiago Laranjeira perdeu a chance.

Com os resultados desta última rodada, o Porto terminou o segundo turno na sexta posição com treze pontos. O Central foi o décimo com 11 pontos.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

PERNAMBUCANO COM SEIS PARTIDAS NESTE FIM DE SEMANA


Seis jogos encerram a última rodada da fase de classificação do Campeonato Pernambucano neste domingo. Com os semifinalistas definidos, as equipes entrarão em campo buscando obter vantagens para a próxima fase, seja na semifinal ou no octogonal da morte.

Em Santa Cruz do Capibaribe, uma vitória do Ypiranga sobre o Pesqueira, pode levar a Maquina de Costura para segunda posição, dependendo de tropeços da Santa Cruz e Náutico. A posição daria ao Ypiranga a vantagem de dois resultados iguais, além do mando de campo na partida da volta. Nesta semana ficou definido que o Ypiranga mandará a partida da semifinal no estádio Luiz Lacerda, pois o Otávio Limeira não oferece os requisitos mínimos para o confronto.

Outra duelo importante acontecerá em Recife, Sport e Santa Cruz jogam no Arruda pelo primeiro lugar na tabela. O Sport tem 21 pontos, um a mais que a equipe coral.

No estádio Nildo Pereira, o Náutico precisa apenas de uma vitória simples, contra o Serra Talhada, para terminar a fase em segundo. O Timbu tem 18 pontos, e com mais três, ultrapassaria tanto o Santa Cruz, quanto o Sport nos critérios de desempate.

No Sesc Mendonção, Belo Jardim e Salgueiro brigam pela vantagem de jogar uma partida a mais em casa no octogonal, mesma situação de Chã Grande e Petrolina, que jogam no Carneirão.

Apenas a partida envolvendo Porto e Central não terá nenhum atrativo. Na sexta posição com treze pontos, o Porto não pode mais ser alcançado pelo nono colocado e deve poupar o time titular para a maratona que deve começar na próxima quarta-feira. 

quinta-feira, 11 de abril de 2013

SERRA TALHADA PERDE TRÊS PONTOS E MUDA CLASSIFICAÇÃO DO PE2013

A classificação do Campeonato Pernambucano sofreu uma alteração depois que o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) oficializou que o Serra Talhada perdeu os três pontos conquistados na vitória contra o Salgueiro no último dia 24 de março. Com isso, o Cangaceiro despencou do oitavo para o penúltimo lugar, agora, com oito pontos.
Os sertanejos perderam os pontos da partida por terem escalado o meia Kássio de forma irregular. Ele estava suspenso, com três cartões amarelos, mas jogou porque o Serra Talhada desconhecia o regulamento. Os dirigentes do Cangaceiro acreditavam que os cartões eram cumulativos do primeiro para o segundo turno, no entanto, eles foram zerados.
Além de perder os três pontos, o Serra Talhada também foi multado em R$ 100. Na última rodada do segundo turno, o Cangaceiro recebe o Náutico.

terça-feira, 9 de abril de 2013

PERNAMBUCANO SUB-20/PRIMEIRA RODADA


Confira os placares da rodada de abertura do Pernambucano Sub-20 2013.

Grupo A
06/04 – 15:15 Vitória de Sto. Antão/Carneirão – Vitória 0 x 5 Santa Cruz
07/04 – 15:15 Vitória de Sto. Antão/Carneirão – Chã Grande 0 x 6 Sport
Grupo B
06/04 – 15:15 Recife/Aflitos – Náutico 7 x 0 Vera Cruz
06/04 – 15:15 Paulista/Ademir Cunha – América 2 x 1 Atlético
Grupo C
06/04 – 15:15 Caruaru/Luiz Lacerda – Central 0 x 0 Ypiranga
06/04 – 15:15 Belo Jardim/Sesc Mendonção – Belo Jardim 1 x 4 Porto
Grupo D
06/04 – 15:15 Petrolina/Paulo Coelho – Petrolina 1 x 2 Salgueiro
06/04 – 15:15 Garanhuns/Gigante do Agreste – Pesqueira 1 x 0 Serra Talhada

domingo, 7 de abril de 2013

PORTO EMPATA E SEGUE PARA O OCTOGONAL


O Porto não conseguiu passar pelo Santa Cruz na tarde deste domingo no estádio Luiz Lacerda. O empate em 1x1 tirou qualquer chance do Gavião de brigar por uma vaga na semifinal do Pernambucano, o Porto caiu para sexta posição no segundo turno, somando apenas treze pontos. Já a equipe Coral perdeu a chance de voltar a liderar a competição, ficando na segunda posição com 20 pontos.

Mesmo com o Santa Cruz atuando sem três titulares, o técnico Laelson Lima entrou respeitando o adversário escalando três volantes no meio campo. No principio da partida, o Santa apresentava mais volume de jogo, porém o ataque errava muito, o que beneficiava a defesa do Gavião que teve pouco trabalho. Com apenas Tiago Orobó na criação, Joelson e Jefferson Renan ficaram isolados, aparecendo pouco na etapa inicial.

O primeiro lance de perigo da partida surgiu apenas aos 28 minutos. Joelson recebeu dentro da área, livrou-se da marcação e chutou firme para defesa de Tiago Cardoso. Quatro minutos depois, Ailton cruzou da direita, Tiago Orobó subiu de cabeça e Tiago Cardoso mais uma vez defendeu sem problemas. O Santa Cruz acordou e ameaçou a meta de Rodrigo Carvalho aos 35 minutos. A defesa do Porto deu bobeira e a bola sobrou com Neto na entrada da área, o atacante chutou cruzado com perigo a direita do gol.

Vendo que havia espaço para atacar, Laelson mexeu no esquema tático do time na volta do intervalo em duas alterações. Saíram Cosme e Tiago Orobó, para as entradas de Anderson Pirata e Thiago Laranjeira. 

Com dois meias na criação, levou dois minutos para o Porto abrir o placar. Thiago Laranjeira recebeu na área, foi pra cima da marcação e acabou sendo derrubado por Nininho. Pênalti que Joelson precisou cobrar duas vezes para abrir a contagem. Na primeira tentativa, houve invasão de Anderson Pirata.

O Santa resolveu sair para o ataque. Aos sete, Raul cobrou falta de longe e Rodrigo defendeu com dificuldade. Porém, não demorou muito para o Santa empatar. Aos 16, Júnior Maranhão tentou chutar, mas a bola desviou na defesa e sobrou para Flávio Recife mandar de cabeça, sem chance para Rodrigo.

O jogo ficou aberto e bem movimentado, com as duas equipes brigando o tempo todo pela vitória. Aos 26, Joelson recebeu na área e rolou para Jefferson Renan que chutou por cima do gol de Tiago Cardoso. Aos 35, cruzamento da direita e Jefferson Renan subiu de cabeça, obrigando Tiago Cardoso a fazer grande defesa. O Santa respondeu em seguida, Anderson Pedra arriscou de longe, a bola passou perto do gol de Rodrigo.

O Porto perdeu outra boa chance aos 39, Pirata fez boa jogada e tocou para Jefferson Renan dentro da área, o atacante chutou, Tiago Cardoso soltou e a bola bateu na trave. O Santa ainda desperdiçou outra boa chance aos 42 minutos. Flávio Recife invadiu a área e chutou na saída de Rodrigo, que salvou o Gavião.

No próximo domingo, o Porto volta a campo para enfrentar o Central apenas para cumprir tabela. A partida servirá como preparação para o octogonal final que definirá os dois rebaixados e quem ficará com a ultima vaga da Série D.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

PORTO BUSCA MAIS UMA VITÓRIA PARA CONTINUAR NA BRIGA


Precisando vencer o Santa Cruz no próximo domingo no estádio Luiz Lacerda, o técnico Laelson Lima deve apostar na cautela para tentar não perder o Ypiranga de vista na luta pelo G-4. Na quinta posição do segundo turno com 12 pontos, três a menos que a Maquina de Costura, Laelson realizou o ultimo coletivo com o meio campo formado por três volantes. Se formação for confirmada, Anderson Pirata perde a vaga no meio, entrando Cosme que volta de suspensão.

Além desta mudança, o Porto terá mais dois desfalques. Fabrício recebeu o segundo cartão amarelo e está suspenso, enquanto Ari está no departamento médico. Provável time do Porto para o confronto: Rodrigo Carvalho, Ailton, Wallace, Luiz Alberto e Ademar. Cosme, Rennan (Anderson Pirata), Vagner Rosa e Tiago Orobó. Jefferson Renan e Joelson.

Se perder para o Santa Cruz no domingo, além da eliminação, o Porto passaria o segundo ano consecutivo sem arrancar pontos de um dos ‘grandes’ de Recife. Fato que só ocorreu em 2012 e em 2002, ano do rebaixamento.

Santa Cruz com três desfalques - Sem Dênis Marques, Renatinho e Natan, o técnico Marcelo Martelotte deve montar o Santa Cruz no 4-4-2. O treinador já havia perdido Natan suspenso pelo terceiro cartão amarelo, perdeu também Renatinho, machucado. Já Dênis Marques, faltou o treino da sexta-feira e acabou não sendo relacionado para a partida. O atacante coral alegou está resolvendo problemas familiares em Maceió.

Sendo assim, o Santa Cruz deve entrar com seguinte formação: Dessa forma o Santa Cruz fica escalado com Tiago Cardoso; Éverton Sena, Renan, William Alves, Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso, Raul, Jefferson Maranhão; Flávio Caça-rato e Netto.