Seguidores

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Ficha do jogo: Náutico 0x0 Porto

NAUTICO 0X0 PORTO
Local: Aflitos (Recife)
Data: 23/01/2008
Cartao Amarelo:Serginho, Everaldo, Tales, Radamés.Wagner Rosa, Fernando Mineiro.
Expulsão: Marcio
PORTO
Marquinhos, Val, Gonçalves, Romero, Stanley e Arlindo. Marcio, Wagner Rosa, Juninho (Leite) e Marcos Paraná (Romulo). Fernando Mineiro (Bibi).
Náutico
Eduardo, Serginho, Vagner, Everaldo, Tales(Rafael Santos) Alessandro, Radamés. Otacilio(Kuki), Geraldo, Felipe e Warley(Danilo)

PORTO TEM PRIMEIRA VITÓRIA DERRUBANDO CENTRO

Dentro de casa e com técnico novo, os caruaruenses derrotaram os limoeirenses.


Empolgado com o novo técnico, o Porto conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Pernambucano ao derrotar o Centro Limoeirense por 2x0, ontem à noite, no Estádio Antônio Inácio, em Caruaru. O Centro não apresentou o mesmo futebol do último domingo no jogo contra o Náutico e permitiu a movimentação do Gavião.
A equipe caruaruense estava mais consciente e abriu o placar logo aos 12 minutos. Depois de uma boa jogada de Juninho, Marcos Paraná tocou para Fernando Mineiro, que chutou forte de direita: 1x0.
O Centro também fez algumas boas jogadas e teve chance de empatar o jogo aos 32 minutos, quando Buiú chutou forte e a bola passou raspando no travessão. O Porto ampliou aos 37. Depois de uma boa jogada, Bibi cruzou para Fernando, que fez seu segundo gol.
No segundo tempo, o Porto continuou criando mais oportunidades de gol e o Dragão teve poucas chances de reverter o placar.

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

GAVIÃO APRESENTA NOVO TREINADOR

O Porto apresentou nessa segunda-feira o novo técnico trata-se de Erasmo, meio campo com passagem pelo Náutico e Sport Recife, como técnico estava atualmente no Uniclinic do Ceará. Ele chega pra substituir Edmilson Santos que pediu demissão depois de mais uma derrota no estadual. Em entrevista na Rádio Jornal o novo treinador mostrou-se bastante motivado “A gente tem de vencer, no futebol só tem vez para os vencedores”.O treinador já treina o time nessa Terça-feira e comanda o gavião no jogo desta quarta contra o Centro Limoeirense as 20h30 no Antonio Inácio.
CONTRATAÇÃO- O Porto também apresentou o atacante Rincón de 27 anos que tem contrato com o Matsubara e passagem pelo futebol da Ásia.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

PORTO PERDE MAIS UMA

No confronto dos opostos no estádio Antônio Inácio, em Caruaru, o Serrano confirmou a boa fase no Campeonato Perambucano ao vencer o Porto, por 1x0. O time de Serra Talhada está invicto, com 11 pontos, dividindo a liderança da classificação geral do Campeonato com o Sport e o Santa Cruz. O Porto mesmo com a derrota ganhou uma posição já que o Sete perdeu e tem saldo de gols pior.
O gol da vitória do Serrano surgiu aos 24 minutos do primeiro tempo. Júnior Xuxa dominou a bola na entrada da área, driblou os marcadores e chutou forte. O Porto ainda jogou a maior parte do segundo tempo com um homem a mais, depois que Minho foi expulso, mas não teve competencia para empatar a partida
Após a derrota, o técnico do Porto, Edmílson Santos, entregou o cargo. Hoje, a diretoria vai definir o seu futuro. O Gavião do Agreste faz uma das suas piores campanhas no Estadual. Está na penúltima colocação, com apenas dois pontos.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

PORTO E NÁUTICO EMPATAM EM RECIFE

Equipe alvirrubra, apesar de ter um homem a mais que o adversário, não conseguiu derrotar o Porto e ficou no empate sem gols

Mesmo tendo um jogador a mais em campo desde os 42 minutos do primeiro tempo – o volante Márcio foi expulso –, o Náutico não teve competência para sair do 0x0 contra o Porto, ontem à noite, nos Aflitos. O resultado complicou a situação dos alvirrubros no primeiro turno do Campeonato Pernambucano. Com sete pontos, o Timbu, que mais uma vez não contou com o volante Ticão, ainda não regularizado, caiu para a 4ª colocação na classificação geral, a três pontos do líder Sport. A equipe também deixou a liderança do grupo A. Está em 2º, a um ponto do líder Serrano. Já o Porto segue como lanterna do grupo e da classificação geral, com apenas dois pontos.
No próximo domingo, o Náutico enfrenta o Centro Limoeirense, em Limoeiro, pela 5ª rodada. Já o Porto recebe o Serrano, em Caruaru.
No primeiro tempo, o Náutico teve muita dificuldade para fugir da boa marcação do Porto. Com o setor defensivo bem postado, o Gavião não dava brechas para os atacantes alvirrubros. Por outro lado, a equipe caruaruense quase não assustava. Assim, o que se viu foi um jogo sonolento.
Pelo lado do Náutico, as melhores chances vieram com Felipe. Aos dois minutos, o atacante levou perigo após girar em cima do zagueiro Gonçalves e chutar para fora. A outra boa oportunidade aconteceu aos 11 minutos. Everaldo lançou Felipe, que entrou na área e encobriu o goleiro Marquinhos. Gonçalves, quase em cima da linha, salvou o golaço. A única vez em que o Porto chegou com perigo ao ataque foi aos 34, quando Márcio fez boa jogada individual e chutou por cima da meta de Eduardo.
Aos 42, o mesmo Márcio foi expulso após agredir, fora do lance de jogo, o lateral-direito Serginho.
No segundo tempo, o técnico Roberto Fernandes promoveu a reestréia do baixinho Kuki com a camisa do Náutico. O artilheiro entrou na vaga de Otacílio. Com isso, Warley foi recuado para o meio-de-campo. Com a alteração e um jogador a mais, parecia que o cenário seria outro para os alvirrubros. Antes dos 15 minutos, o time já desperdiçava duas boas oportunidades, ambas em chutes de Alessandro.
O Porto respondeu aos 25. Bibi aproveitou falha de Vágner, entrou cara a cara com Eduardo, mas chutou em cima do arqueiro alvirrubro. O goleiro faria ainda outra importante defesa, aos 39, quando Rômulo chutou forte, no ângulo.
As duas últimas chances do Náutico vieram no final do jogo. Aos 42, Geraldo chutou, a bola desviou no zagueiro do Porto e Marquinhos defendeu com o ombro, no susto. Dois minutos depois, Felipe entrou na área e chutou forte, o arqueiro do Porto salvou com o pé. No fim, vaias da torcida alvirrubra.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

NÁUTICO VENCE O PORTO POR 2X1 NO JOGO DOS PÊNALTIS

O Náutico não fez uma grande partida, mas graças sobretudo ao trio ofensivo formado por Warley, Geraldo e Felipe, e com uma atuação segura do goleiro Eduardo, conseguiu arrancar a sua segunda vitória no Campeonato Pernambucano ao bater o Porto por 2x1, ontem à tarde, no Estádio Antônio Inácio de Souza. O timbu assumiu a liderança do Grupo A com 6 pontos. Já o Porto, com um ponto, está na lanterna na chave e também na pontuação geral.
A curiosidade da partida ficou por conta da maneira como saíram os gols: todos de pênalti. Geraldo converteu para o Náutico aos 24 minutos do 1º tempo e aos 15 do 2º tempo. Já Marcos Paraná descontou para os donos da casa, aos 24 minutos da etapa final. As duas equipes voltam a se enfrentar, quarta-feira, desta vez nos Aflitos, pela quarta rodada.

De forma até surpreendente, o técnico Roberto Fernandes voltou ao esquema 3-5-2, utilizado na primeira rodada da competição, quando o Timbu foi derrotado por 1x0 pelo Serrano. O treinador também optou por permanecer improvisando o volante Radamés na lateral direita, deixando Serginho, jogador da posição, mas ainda sem a condição física ideal, no banco de reservas.

A verdade é que a escolha não surtiu o efeito desejado. Mesmo com os três zagueiros, mas com apenas Tales como volante na contenção, o Náutico deu muito espaço para o Porto criar. A exceção de um chute perigoso de Felipe logo aos 50 segundos, foi do Gavião as melhores oportunidades de abrir o placar. Até os 20 minutos, o time da casa desperdiçou pelo menos três boas chances. Em uma delas, o volante Marcio acertou o travessão do goleiro Eduardo.

Mas aí entrou em ação um velho jargão do futebol: “quem não faz, leva.” Aos 23 minutos, após belo lançamento de Geraldo, Warley deu um drible em Gonçalves e foi derrubado pelo marcador dentro da área. Pênalti convertido com por Geraldo, que, com direito a paradinha, mandou a bola no canto esquerdo. Marquinhos caiu no direito.

A frente do marcador, o Náutico melhorou um pouco na partida e passou a tocar mais a bola no chão. Mesmo assim, o Porto seguia mais perigoso. Tanto que colocou outra bola no travessão de Eduardo, aos 25 minutos, novamente com Márcio. Aos 44, Bibi chegou a marcar de cabeça, mas o gol foi anulado pelo árbitro Émerson Sobral.

Na volta para o segundo tempo, Roberto Fernandes resolveu fechar o meio-de-campo colocando o volante Rafael Santos na vaga de Otacílio. Deu certo, já que o Porto passou a ter mais dificuldade para penetrar na área alvirrubra.

Exemplo disso foi que a primeira boa oportunidade do Gavião na etapa final veio com um chute de fora da área do volante Vágner Rosa, ex-Náutico.

Aos 15, novamente o trio Warley-Felipe-Geraldo fez a diferença. Após roubar uma bola no campo de defesa, Geraldo lançou Felipe, que passou para Warley. Com inteligência, o atacante tocou por elevação para Alessandro, que foi derrubado por Marquinhos. Novamente Geraldo foi para a cobrança. E novamente converteu deslocando o goleiro.

Com a vantagem ampliada, o Náutico passou a jogar com mais tranqüilidade. Porém, o time sentiu o forte calor em Caruaru e cansou. O Porto, mais entrosado e melhor preparado fisicamente, procurou tirar proveito e conseguiu diminuir o marcador.

Aos 23 minutos, o zagueiro Stanley, em uma boa jogada individual, passou por Rafael Santos e foi derrubado por Jhonnes. Marquinhos Paraná, que acabará de entrar, bateu firme, no canto esquerdo de Eduardo: 2x1.

O gol deu novo ânimo para o Porto, que partiu em busca do empate. Mas novamente, os caruaruenses pararam nos erros de finalizações e nas boas defesas de Eduardo.

O Náutico, com Felipe, também desperdiçou duas boas chances. Uma chutando para fora e outra defendida por Marquinhos.

“Nesse início de temporada o que vale são os três pontos. Jogar bonito só mais para frente, com mais algumas rodadas. Essa vitória valeu pela garra e disposição dos jogadores”, analisou, no final, o técnico Roberto Fernandes.

Porto
Marquinhos, Gonçalves (Bruno) Romero e Stanley, Val, Márcio, Vágner Rosa, Juninho e Arlindo (Maxwell), Pierre (Marquinhos Paraná) e Bibi. Técnico: Edmílson Santos

Náutico
Eduardo, Vágner, Everaldo e Jhonnes, Radamés (Serginho), Tales, Otacílio (Rafael Santos), Geraldo e Alessandro (Berg), Warley e Felipe. Técnico: Roberto Fernandes.

Local: Estádio Antônio Inácio de Souza, em Caruaru.
Árbitro: Emérson Sobral. Assistentes: Erich Bandeira e Albert Júnior. Gols: Geraldo, aos 24 min do 1º tempo e aos 15 do 2º, e Marquinhos Paraná, aos 24 do 2º. Cartões amarelos: Marquinhos e Gonçalves (P), Jhonnes, Everaldo, Alessandro, Berg e Rafael Santos (N). Público: 2.164. Renda: R$ 1.495. Juniores: Náutico3x2 Porto.

» “Fomos competitivos”
“Contra o Centro o Náutico jogou um futebol mais bonito, porém hoje (ontem) fomos mais competitivos. Essa ociliação vai dimunir com o tempo”, analisou Roberto Fernandes.
» “Faltou competência”
“Não tivemos a competência para marcarmos os gols. Criamos várias oportunidades. Faltou tranquilidade à equipe e também um pouco de sorte”, afirmou Edmílson Santos.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

FICHA DO JOGO: SERRANO 1X1 PORTO

SERRANO 1X1 PORTO
LOCAL: PEREIRÃO (SERRA TALHADA)
RENDA: 2,225,00
PUBLICO: 2,425
GOLS: CARLOS ALBERTO (PENALTI) E STANLEI
CARTÃO AMARELO: MARCONDES, EDIVAN, NAL, JR XUXA, STANLEI, WAGNER ROSA, ROMERO

PORTO:
Marquinhos, Val, Gonçalves, Romero, Stanley e Arlindo. Wagner Rosa (Anderson Rodrigo) Marcio, Juninho. Pierre (Marcos Paraná) Bibi (Bruno)
SERRANO:
Luciano, Café, Edu Mattos e Jacó, Minho(Ewerton). Marcondes, Edivan(roberval), Nal e Carlos Alberto. Fabian(Didiu) e Jr. Xuxa

JOGOS DO PORTO 2008


CAMPEONATO PERNAMBUCANO

CENTRO LIMOEIRENSE 1X0 PORTO
SERRANO 1X1 PORTO
Stanlei
PORTO 1X2 NÁUTICO
Marcos Paraná
NAUTICO 0X0 PORTO
PORTO 0X1 SERRANO
PORTO 2X0 CENTRO
Fernando Mineiro, Fernando Mineiro
PORTO 0X1 YPIRANGA
SANTA CRUZ 2X2 PORTO
Marlos, Guego
CENTRAL 1 X 1 PORTO
Marlos
PORTO 3X3 SANTA CRUZ
Arlindo, Stanlei, Juninho
PORTO 0X1 CENTRAL
YPIRANGA 2X1PORTO
Guego
PORTO 4X0 CENTRO
Guego, Juninho, Guego, Juninho
SANTA CRUZ 0X2 PORTO
Márcio, Guego
PORTO 2X0 PETROLINA
Marlos, Márcio
PORTO 2X0 VERA CRUZ
Gonçalves, Marcio
SETE DE SEMTEMBRO 0X0 PORTO
CENTRO 1X1 PORTO
Romulo
PORTO 1X2 SANTA CRUZ
Joelson
PETROLINA 5X1 PORTO
Joelson
PORTO 2X0 SETE DE SETEMBRO
Romero, Joelson
VERA CRUZ 2X2 PORTO
Guego, Joelson
GOLS:
Guego 6
Joelson 4
Marlos 3
Juninho 3
Marcio 3
Stanley 2
Fernando Mineiro 2
Marcos Paraná 1
Arlindo 1
Romulo 1
Romero 1
Gonçalves 1
COPA PERNAMBUCO
IPOJUCA 4X1 PORTO
PORTO 5X0 CABENSE
CABENSE 0X1 PORTO
PORTO 3X0 IPOJUCA
PORTO 0X0 SALGUEIRO
AMÉRICA 2X3 PORTO
PORTO 1X2 SANTA CRUZ
PORTO 2X1 AMÉRICA
SANTA CRUZ 5X2 PORTO
SALGUEIRO 2X0 PORTO
GOLS NA COPA PERNAMBUCO:
Caio 5
Jader 5
Pierre 3
Oziel 2
Damião 2
Neilson 1

JOGOS DO PORTO 2007


CAMPEONATO PERNAMBUCANO

VERA CRUZ OX1 PORTO
Clayton
NAUTICO 3X2 PORTO
Gonçalves,Gonçalves
PORTO 4X2 SANTA CRUZ
Arlindo, Luis Eduardo, Marcos Paraná, Joelson
PORTO 1X2 SPORT
Nilson Sergipano
BELO JARDIM 1x2 PORTO
Val, Joelson
CABENSE 0X0 PORTO
PORTO 2X0 CENTRAL
Marcos Paraná, Marcos Paraná
PORTO 3X1 YPIRANGA
Joelson, Luis Eduardo, Marcos Paraná
SERRANO 4X0 PORTO
PORTO 0X4 VERA CRUZ
PORTO 4X3 NÁUTICO
Gonçalves, Val, Luis Eduardo, Pierre
SANTA CRUZ 4X4 PORTO
Marcos Paraná, Joelson, Gonçalves, Joelson
SPORT 2X0 PORTO
PORTO 4X1 BELO JARDIM
Joelson, Ewerton, Joelson, Nilson Sergipano
PORTO 2X1 CABENSE
Ewerton, Joelson
CENTRAL 1X0 PORTO
YPIRANGA 3X2 PORTO
Leandro Ewerton
PORTO 3X1 SERRANO
Gonçalves, Nilson Sergipano, Gonçalves

CAMPEONATO BRASILEIRO

PORTO 2X1 ICASA
Romero, Marcos Paraná
NACIONAL PATOS 1X0 PORTO
PORTO 3X3 POTIGUAR
Téo, Marcos Paraná, Gonçalves
POTIGUAR 3X0 PORTO
PORTO 0X1 NACIONAL DE PATOS
ICASA 1X3 PORTO
Juninho, Marcos Paraná, Marcos Paraná

PORTO 0X1 CORURIPE
ABC 2X1 PORTO
Marcos Paraná
PORTO 0X1 CONFIANÇA
CONFIANÇA 1X1 PORTO
Téo
PORTO 0X1 ABC
CORURIPE 2X1 PORTO
Pierre

COPA PERNAMBUCO

PALMARES 2X5 PORTO
PORTO 6X2 TRACUNHAEM
YPIRANGA 1X1 PORTO
PORTO 3X1 SETE DE SETEMBRO
PORTO 4X0 SETE DE CUPIRA
SANTA CRUZ 1X1 PORTO
PORTO 6X1 PALMARES
TRACUNHAEM 2X4 PORTO
PORTO 3X1 YPIRANGA
SETE DE SETEMBRO 1X0 PORTO
SETE DE CUPIRA 1X4 PORTO
PORTO 1X1 SANTA CRUZ

SPORT 4X0 PORTO
PORTO 2X1 SPORT

ARTILHEIROS

MARCOS PARANÁ 10 GOLS
JOELSON 8 GOLS
GONÇALVES 7 GOLS
EWERTON 3 GOLS
LUIS EDUARDO 3 GOLS
NILSON SERGIPANO 3 GOLS
VAL 2 GOLS
TÉO 2 GOLS
PIERRE 2 GOLS
CLAYTON 1 GOL
ARLINDO 1 GOL
LEANDRO 1 GOL
ROMERO 1 GOL
JUNINHO 1 GOL

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

PORTOxCENTRO (FOTOS)







PORTO EMPATA COM SERRANO QUE LIDERA O GRUPO

Num jogo bastante equilibrado, Serrano e Porto não saíram do empate por 1x1, ontem, no Pereirão, em Serra Talhada. Com o resultado, o Serrano assume a liderança provisória do Grupo A, com 4 pontos, enquanto o Porto segue na lanterna, com 1 ponto. Hoje, Náutico x Centro complementa a rodada.
O placar foi construído no primeiro tempo. O Serrano fez primeiro. Aos 12 minutos, Carlos Alberto precisou cobrar o pênalti três vezes para ter o gol validado. O Porto empatou aos 22. Após cobrança de falta da direita, Stanley aproveitou cochilo da defesa e cabeceou forte, sem chances para o goleiro.
O proximo jogo do Porto será domingo no Antonio Inacio contra o Náutico.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

SERRANO DE MORAL ALTO CONTRA O PORTO

Time de Serra Talhada está animado pela vitória sobre o Náutico, por 1x0, na rodada passada, e hoje recebe a equipe de Caruaru, que busca a primeira vitória na competição

Apesar de ter feito o gol da vitória do Serrano no jogo contra o Náutico, no último domingo, o atacante Roberval vai continuar no banco de reservas para a partida de hoje, onde o Serrano recebe o Porto, às 20h30, no Estádio Nildo Pereira de Menezes (Pereirão), pela segunda rodada do grupo A do Pernambucano.
O técnico do Jumento, Pedro Manta, comandou um coletivo, ontem à tarde, e confirmou a entrada do lateral-direito Cafezinho na vaga de Rogério, que foi expulso no jogo contra o Náutico. Além dessa, o treinador vai estudar a equipe do Porto para decidir se vai realizar outras alterações.

Pelo lado do Porto, o Gavião vai tentar se recuperar da derrota por 1x0 para o Centro Limoeirense, na estréia do Campeonato Pernambuco. Para incentivar o time, a diretoria anunciou um prêmio de R$ 4 mil para os jogadores em caso de vitória.

Ontem pela manhã, a equipe realizou o último coletivo antes do jogo. A única dúvida do técnico Edmilson Santos é em relação à entrada de Marcos Paraná, que pode substituir Bibi ou Pierre, dependendo de avaliação que será feita momentos antes do jogo. “Tivemos um início ruim e agora temos um jogo difícil pela frente. Precisamos ter equilíbrio e fazer os gols”, destacou Edmílson Santos.

Segundo ele, o time vai tentar corrigir as falhas nas finalizações e lutar para não perder tantas oportunidades de gol.

» Ficha do jogo

Serrano
Luciano, Cafezinho, Edu Mattos, Jacó e Minho, Marcones, Edvan (ou Carlos Henrique), Carlos Alberto e Nal, Júnior Xuxa e Fabian. Técnico: Pedro Manta.

Porto
Marquinhos, Stanley, Gonçalves e Romero, Val, Wagner Rosa, Márcio, Juninho e Arlindo, Pierre e Bibi (ou Marcos Paraná). Técnico: Edmílson Santos.

Local: Nildo Pereira de Menezes, em Serra Talhada.
Horário: 20h30.
Árbitro: Carlos Costa.
Assistentes: Roberto José Oliveira e Ivanildo Aroxa.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

COPA SP: PORTO É ELIMINADO NO FINAL. YPIRANGA ACABA COMO 2º PIOR

Um gol aos 47 minutos do segundo tempo tirou a classificação do Porto à próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, ontem à tarde, na cidade de Cerquilho-SP, no Centro Olímpico Municipal Octavio Pilon. Os garotos do Gavião do Agreste venciam a Portuguesa por 1x0, até o final do jogo, mas não conseguiram segurar a pressão da Lusa e cederam o empate.
Com o resultado de 1x1, a Portuguesa somou sete pontos e garantiu a liderança e a classificação do grupo J. O Porto terminou a Copinha na segunda posição do grupo, invicto, com cinco pontos – foram dois empates e uma vitória.

Na outra partida do grupo, o Paraná ganhou por 1x0 do Atlético Sorocaba-SP e conluiu a participação na terceira colocação, com quatro pontos. O Sorocaba acabou em quarto, sem somar pontos.

O técnico do Porto, Luciano Ribeiro, disse que os garotos jogaram com vontade e determinação e mereciam o resultado positivo. “Estou feliz por tudo o que a equipe fez. Apesar da gente não ter se classificado, eles estão de parabéns.”

O comandante do Gavião criticou a atuação do árbitro da partida de ontem, Ageu Lima da Cunha. “Ele não teve critérios na hora de dar os cartões e inverteu muitas faltas”, reclamou o treinador.

O Porto abriu o placar do jogo aos 42 minutos do primeiro tempo. O meia Adriano recebeu a bola do atacante Rogério e finalizou, com precisão, do lado esquerdo do goleiro da Lusa.

A Portuguesa conseguiu empatar aos 47 minutos do segundo tempo. O atacante Piraju aproveitou uma sobra de bola e fez 1x1.

YPIRANGA

O time de Santa Cruz do Capibaribe fez a segunda pior campanha da Copa São Paulo. Entre os 88 times que disputaram o campeonato, a Máquina de Costura só não foi pior que o Ypiranga-AP.

Ambos os times perderam os três jogos que disputaram e foram protagonistas das duas maiores goleadas da Copinha. Os amapaenses perderam para o Nacional-AM por 12x0. Já os pernambucanos foram goleados pelo Grêmio-RS por 12x1. No jogo de ontem à tarde, a Máquina de Costura perdeu de virada por 2x1 para o Botafogo-PB, no Estádio Baetão, em São Bernardo. Na outra partida do grupo Q, o Grêmio venceu o time da casa por 2x1.

CENTRO LIMOEIRENSE CONSEGUE VENCER O PORTO

» Ficha do jogo

Centro


Fabinho,

Paulo Ricardo, Ricardo, Douglas e Josa (Leto), Bartô, Everton, Antônio e Nego, Maurício e Thiago. Técnico: Vilson Cavalo.

Porto


Marquinhos, Val, Gonçalves, Romero (Marcos Paraná) e Arlindo, Vágner Rosa, Stanley, Márcio e Juninho, Pierre (Marlos) e Bibi (Bruno). Técnico: Edmílson Santos.


Local: Estádio José Vareda, em Limoeiro. Árbitro: Eduardo Alcântara. Assistentes: Wilton Lins e Luís Fernando Coelho. Gol: Maurício, aos 46 minutos do 2º tempo. Renda: R$ 1.305,00. Público: 2.399. Juniores: Centro 1x4 Porto.


Com um gol do atacante Maurício, aos 46 minutos do segundo tempo, o Centro Limoeirense estreou vencendo por 1x0 o Porto, ontem, no Estádio José Vareda, em Limoeiro. Com o resultado, o time divide a liderança do Grupo A do Pernambucano ao lado do Serrano, que derrotou o Náutico pelo mesmo placar. Ambos estão com três pontos, uma vitória e saldo de um gol.

Um dos destaque do Centro foi o goleiro Fabinho. Ele fez boas defesas e garantiu a vitória. O Porto foi para o jogo como favorito. Afinal, tem um time mais experiente e ainda contava com atacante Bibi. Mas, em campo, prevaleceu a força de vontade dos donos da casa.

Na quarta-feira, o Centro terá pela frente o Náutico, nos Aflitos, enquanto o Porto vai até Serra Talhada enfrentar o Serrano, sem poder tropeçar.

Não foi um jogo de bom nível técnico. As duas equipes erravam muitos passes, mas não faltou aplicação aos dois times. Centro soube aproveitar o mando de campo e largou na frente do Campeonato Pernambucano na luta pela classificação para o hexagonal do segundo turno.

O gol do atacante Maurício no finalzinho levou à torcida ao delírio, pois ninguém esperava mais pela vitória. Já Porto mostrou que vai precisar melhorar, especialmente nas finalizações. A dupla ofensiva Pierre e Bibi não funcionou, mesmo com o meio-de-campo procurando chegar na frente, especialmente com Márcio e Juninho.

No final, a vitória terminou sendo justa e deixou a impressão que a luta entre os clubes intermediários será dura.