Seguidores

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

ROGÉRIO VAI DEFENDER O NÁUTICO EM 2011

O Náutico anunciou a contratação do atacante Rogério como reforço para o Pernambucano 2011. O jogador que iria jogar o Pernambucano pelo Porto, assinou contrato de cinco anos e teve parte de seus direitos federativos adquiridos pelo alvirrubro.

"Comecei minha carreira no Porto e é a primeira vez que vou para outro Clube. Quero mostrar meu futebol e ajudar o Náutico a conquistar títulos", disse o atacante em entrevista ao site timbu.

Rogério começa os treinamentos nesta quarta-feira. Em três anos atuando no Gavião, Rogério jogou 35 partidas marcando 11 gols, sendo cinco em 2009 e seis em 2010.

domingo, 26 de dezembro de 2010

RIVAIS DO AGRESTE EM TRILHAS OPOSTAS

Do Jornal do Commercio

Rivais tradicionais no Agreste Pernambucano, Porto e Central estão adotando posturas diferentes para encarar o Campeonato Pernambucano de 2011. Enquanto o Gavião está montando uma equipe bastante jovem, sem um investimento de peso, além de ter um treinador novo, Laélson Lima, a Patativa reforçou o elenco com nomes rodados e conta com o experiente Maurício Simões para comandar a equipe.

Com uma folha beirando os R$ 150 mil, o alvinegro vê com boas expectativas o ano, uma vez que teve mais tempo para a construção do grupo. “Este ano vai ser diferente. Por causa do processo eleitoral, assumi no ano passado faltando apenas 15 dias para começar o Campeonato. Inclusive, só conseguimos inscrever o time no último dia do prazo”, relembra o presidente do Central, João Tavares.

Os acertos para 2011 começaram com bastante antecedência dessa vez. “Com 90 dias antes do Estadual já estávamos com a comissão técnica definida. Agora, no dia 1º de dezembro, já tínhamos 80% do grupo fechado para começar os trabalhos”, acrescentou João Tavares.

No elenco há nomes como o do meia Rosembrik (ex-Santa Cruz e Sport), o volante e meia Wilson Surubim (ex-Náutico) e o atacante Danilo Pitbull, artilheiro da Série D em 2010 pelo Guarani de Sobral. Outros jogadores conhecidos são os zagueiros Breno (filho do ex-volante Zé do Carmo) e Elias (emprestado pelo Sport).

“Não gosto de falar que temos um time de medalhões, e sim um time que tem um equilíbrio. É um casamento de características, em que um jogador completa o outro. O planejamento está seguindo 100% como queríamos para a temporada”, afirmou o treinador Maurício Simões.

Pelo lado do Porto, as fichas recaem em uma proposta de time jovem, apostando na velocidade. Entre os destaques, estão o atacante Rogério, 21 anos, que teve passagens pelo Figueirense e futebol espanhol, além do meia Thiago Laranjeiras, pouco aproveitado no Santa Cruz na temporada passada por conta de uma grave lesão no joelho. Outros atletas mais rodados são os do goleiro Mondragon e do lateral Sandro Miguel.

“Tivemos a preocupação de contratar para algumas posições específicas. Em todos os setores tivemos atletas chegando, menos na posição de volante, em que não tínhamos necessidade. A preocupação era dar um equilíbrio entre experiência e juventude. Boa parte do grupo, em torno de 60%, disputou a Copa Pernambuco”, revelou o treinador Laélson Lima, ex-jogador do Porto e que iniciou a carreira em 2008, em Alagoas.

YPIRANGA

Outra força de respeito no Agreste, o Ypiranga adotou uma postura bem diferente da do ano passado, quando investiu bastante e acabou não conquistando vaga na fase semifinal do Campeonato Pernambucano. Desta vez, a aposta é em jogadores que ainda “não conquistaram muita coisa e “querem vencer”, de acordo com as palavras do treinador Adelmo Soares.

O espírito ficou evidenciado no treino da última terça-feira, acompanhado pela equipe do JC. O técnico tem cobrado muito dos jogadores, sem descansar um só minuto nos puxões de orelha. Entre os destaques, é sempre bom lembrar do regular goleiro Geday.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

PORTO CONTINUA TREINANDO

O Porto continua treinando forte em preparação para o Pernambucano 2011 quando vai estrear diante do Araripina no José Luis Lacerda no dia 13 de janeiro. O time titular do coletivo desta quarta-feira foi: Mondragon, Baiano, Marcos Vinicius, Alexandre Black e Altemar. Cosme, Wagner Rosa, Douglas e Thiago Laranjeira. Lalá e Rogério.

Copa São Paulo: Já o time que está treinando para a estréia na Copa São Paulo no próximo dia 4 diante do Sumaré, venceu o Atletico-PE em amistoso realizado no Ninho do Gavião por 4x0. Gols de Alex Caruaru (2), Erasmo e Júnior Cupira.

domingo, 19 de dezembro de 2010

TIMES DO SERTÃO APOSTAM NA PARTE FÍSICA PARA SURPREENDER NAS PRIMEIRAS RODADAS

Matéria do Jornal do Commercio.

Sob a alegação de dar um refresco para Sport, Náutico e Santa Cruz em fevereiro, quando o trio de ferro da capital vai encarar a primeira fase da Copa do Brasil (sempre com viagens desgastantes), a Federação Pernambucana de Futebol antecipou algumas rodadas do Estadual de 2011. O objetivo foi marcar o maior número de jogos possível no Sertão.

Envolvidos apenas com o trabalho dentro de campo, treinadores e jogadores dos sertanejos Salgueiro, Araripina e Petrolina não gostaram de enfrentar rubro-negros, alvirrubros e tricolores logo de cara. No entanto, querem tirar vantagem desta situação inusitada, ou seja, fazer o feitiço virar contra o feiticeiro.

Para isso, o Carcará, o Bode e a Fera Sertaneja apostam na questão física para surpreender e tirar pontos de Sport, Náutico e Santa Cruz. Exceto o Salgueiro – que começou seus trabalhos visando o Campeonato Pernambucano apenas na última segunda-feira – Petrolina e Araripina estão treinando desde o começo deste mês.

Traçando um paralelo com o trio de ferro da capital, apenas o Santa Cruz está em atividade. O grupo principal do Náutico só se reapresenta no dia 27 de dezembro, enquanto o Sport só no começo de janeiro.

“Não fui consultado sobre a tabela e acredito que os demais treinadores também não. Mas não adianta ficar reclamando, já que foi aprovado. Só vai criar mais inimizade. Estamos trabalhando forte para somar o maior número de pontos possível neste começo difícil, aproveitando que as equipes da capital ainda estão se arrumando. E se isso acontecer, ninguém vai segurar o Petrolina”, enfatiza o empolgado Neco, treinador da Fera Sertaneja, campeão da Série A2.

O atacante Nego Pai, figurinha carimbada do certame local (já se destacou no Serrano, Cabense e Belo Jardim) fez coro com o seu técnico e ainda alertou: “Aqui em Petrolina, tem dia que o calor está tão forte que as cinco da tarde parece meio-dia. Quero ver se eles aguentam”, indagou Nego Pai, apostando na alta temperatura como outro obstáculo para os grandes – curiosamente, quando o JC esteve na cidade, na última terça-feira, fazia muito frio e chovia bastante.

O Petrolina estreia contra o Náutico, nos Aflitos, dia 13 de janeiro, uma quinta-feira. No domingo, recebe o Sport no Paulo Coelho. O time visita o Santa na sexta rodada. A situação de Salgueiro e Araripina é semelhante. Só que o Carcará e o Bode jogam em casa os três jogos contra os grandes.

“A nossa intenção é fazer um campeonato equilibrado. Para isso, precisamos começar bem. Aqui (Araripina) a população gosta muito de futebol. Fizemos a apresentação oficial do time em um sábado à noite e cerca de duas mil pessoas compareceram ao estádio. A pressão vai ser grande nos adversários no começo do campeonato”, declarou Júnior Caruaru. Ano passado, o treinador salvou o Araripina do rebaixamento.

O Bode pega o Timbu na segunda rodada, a Cobra Coral na quarta e o Leão na quinta. Já o Carcará encara o Náutico na terceira rodada. Depois recebe o tricolor do Arruda na quinta rodada e em seguida joga contra o Sport, também no Cornélio de Barros.

JOGO-TREINO: Em jogo treino realizado neste sábado no Ninho do Gavião.O Porto venceu o Nacional (time amador da cidade) por 3x0. Os gols do Gavião foram marcados por Lalá, Paulista e Thiago Laranjeira.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

QUATRO REFORÇOS CHEGAM AO NINHO DO GAVIÃO

Depois de alguns dias sem novidades, o Porto anunciou nesta segunda-feira a contratação de quatro reforços para o Campeonato Pernambucano.

O Primeiro trata-se de Thiago Laranjeira, velho conhecido da torcida, o meio-campista de 23 anos está de volta ao Gavião depois de passar um ano e meio no Santa Cruz. Em sua passagem pela equipe coral, o jogador passou a maior parte do tempo se recuperando de uma cirurgia que sofreu no ligamento cruzado do joelho esquerdo.

O segundo reforço é o zagueiro Alexandre Black, natural de Campinas, o jogador de 24 anos, teve passagens por Ponte Preta, Nerópolis-GO e estava no futebol sergipano.

O terceiro é o lateral esquerdo Altemar de 21 anos, o atleta pertence ao Náutico e faz parte da parceria que levou Rodolfo Potiguar e Airton para os Aflitos. O Náutico ainda deve mandar o meio-campo Douglas das categorias de base do timbu.

Quem voltou depois de passagem pelo futebol paulista foi o atacante Kiros que estava emprestado ao São Bernado desde o final do Pernambucano deste ano. Em dois anos vestindo a camisa do Porto, Kiros marcou 8 gols, sendo dois no Estadual 2009 e seis no Estadual deste ano.

JOGOS DO PORTO 2010

SALGUEIRO 3X2 PORTO

Naldinho e Cleiton

PORTO 2X2 VERA CRUZ

Naldinho e Kiros

SPORT 3X1 PORTO

Paulista

VITÓRIA 3X1 PORTO

Rodolfo Potiguar

PORTO 1X0 ARARIPINA

Rogério

PORTO 3X1 SANTA CRUZ

Arlindo, Fabian, Fabian

SETE DE SETEMBRO 0X3 PORTO

Kiros, Kiros e Paulista

PORTO 0X1 CENTRAL

PORTO 1X3 CABENSE

Rogério

NÁUTICO 1X2 PORTO

Arlindo e Fabian

PORTO 0X0 YPIRANGA

PORTO 3X2 SALGUEIRO

Rogério (3x)

PORTO 0X4 SPORT

PORTO 2X1 VITÓRIA

Naldinho e João Carlos

VERA CRUZ 0X1 PORTO

Rogério

SANTA CRUZ 3X2 PORTO

Kiros e Fabian

ARARIPINA 4X2 PORTO

Arlindo e Fabian

PORTO 4 X2 SETE DE SETEMBRO

Kiros, Naldinho, Arlindo e Paulista.

PORTO 0X3 NÁUTICO

CENTRAL 2X0 PORTO

CABENSE 2X0 PORTO

YPIRANGA 0X1 PORTO

Kiros

YPIRANGA 2X2 PORTO

Sandrinho e Sandrinho

PORTO 1X2 YPIRANGA

João Carlos.

ARTILHEIROS:

6 gols:

Rogério e Kiros

5 gols:

Fabian

4 gols:

Naldinho e Arlindo

3 gols:

Paulista

2 gols:

João Carlos e Sandrinho

1 gol:

Cleiton e Rodolfo


quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

PORTO CONTINUA TREINANDO SEM MUITAS NOVIDADES

O Porto continua em fase de preparação para o Pernambucano 2011 treinando no Ninho do Gavião. Por enquanto, as únicas novidades do Gavião são dois jogadores que vieram do Vasco da Gama e estão em fase de teste, Wanderlei, 19, e Douglas, 17 anos. Os dois jogadores foram envolvidos na negociação do volante Rômulo que já estava no clube carioca desde o ano passado.

Rodolfo Potiguar- O volante Rodolfo Potiguar, que estava no Salgueiro, assinou contrato com o Náutico para 2011.

"A gente contratou o Rodolfo Potiguar. Ainda falta ele vir aqui (aos Aflitos) assinar o contrato, mas já está tudo acertado", disse Paulo Pontes diretor timbu.

O jogador de 22 anos teve um ótimo semestre. Emprestado pelo Porto, foi campeão da Segunda Divisão do Campeonato Pernambucano pelo Petrolina e, em seguida, no Salgueiro, conseguiu o acesso à Série B do Brasileirão.

O vinculo do jogador irá até o fim de 2011

terça-feira, 30 de novembro de 2010

PORTO INICIA PREPARAÇÃO PARA 2011

O Porto iniciou nesta segunda-feira a preparação para o Campeonato Pernambucano 2011. Nessa primeira fase, os atletas serão entregues aos preparadores físicos Dário José e Edmilson Queiroz para avaliação física.

Até agora, a direção do Gavião anunciou a contratação de quatro reforços. Além do atacante Téo, do zagueiro Sandro Miguel e do goleiro Mondragon anunciados semana passada, o Porto anunciou a contratação do zagueiro Marcos Vinicius, 26 anos, o atleta estava no futebol sergipano onde foi campeão estadual pelo América de Propiá.

Já o meia Guego, que estava treinando no Ninho do Gavião, não acertou com o tricolor e vai defender a Cabense. Outro nome que poderia deixar o Porto era o volante Wagner Rosa, o atleta interessava ao Central, mas o diretor Borges Carvalho, afirmou que não pretende emprestar o jogador.

Outro nome especulado pela imprensa é o meia Tiago Laranjeira, o jogador teve boa passagem pelo Porto em 2009 e estava no Santa Cruz.

Confira o elenco:

Goleiros: Mondragon e Rafael.

Laterais: Baiano, Anderson, Airton e Deivid.

Zagueiros: Sandro Miguel, Marcos Vinicius, Zacarias, Everton, Alemão e Geninho.

Meias: Cosme, Naldinho, Wagner Rosa, Renan, Evandro, Henrique, Jefferson Rennan.

Atacantes: Téo, Rogério, Lalá, Daniel Caiçara e Paulista


sábado, 27 de novembro de 2010

COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL

O Departamento de Competições da Federação Paulista de Futebol divulgou esta semana os grupos e o regulamento da 42ª Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2011.

O torneio será disputado entre os dias 04 e 25 de janeiro e contará com 92 equipes dividias em 23 grupos. Em sua sétima participação na copinha, o Gavião vai ficar no Grupo B que terá sede na cidade de Sumaré.

Além dos donos da casa, Paraná e Ponte Preta completam a chave. A estréia está marcada para o dia 5 de janeiro às 14h contra o Sumaré. Na segunda rodada, o Porto encara o Paraná Clube as 10h no domingo dia 9. O último jogo da primeira fase acontece no dia 12, quarta-feira as 14h. Confira a tabela do Grupo B:

DATA

HORA

1ªRODADA

05/01

14H

SUMARÉ

X

PORTO

05/01

16H

PARANÁ

X

PONTE PRETA

DATA

HORA

2ªRODADA

09/01

10H

PORTO

X

PARANÁ

09/01

12H

SUMARÉ

X

PONTE PRETA

DATA

HORA

3ªRODADA

12/01

14H

PONTE PRETA

X

PORTO

12/01

16H

SUMARÉ

X

PARANÁ

PORTO ANUNCIA GOLEIRO PARA PERNAMBUCANO




A direção do Porto anunciou o goleiro Mondragon como reforço para o Campeonato Pernambucano 2011. Aos 28 anos, Mondragon foi revelado pelas categorias de base do Gavião, titular do time principal em 2004, o goleiro deixou o clube depois de falhar em alguns jogos. Sua falha mais grave foi contra o Santa Cruz num frango que tirou a chance de vitória do Porto no estádio Antonio Inácio de Souza.

Após sair do Porto, Mondragon teve boas passagens por Belo Jardim, Sete de Setembro Ypiranga, Timbaúba e Treze de Campina Grande.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

PRIMEIRA RODADA DEVE SER ANTECIPADA

A reunião extraordinária da Federação Pernambucana de Futebol com os clubes do Campeonato Pernambucano 2011 rendeu. Foram tomadas duas decisões relevantes e não faltou polêmica. A pedido do Sindicato dos Jogadores de Futebol de Pernambuco, presidido pelo ex-atacante Ramón, a estreia do Estadual foi antecipada do dia 16 de janeiro para o dia 13, o que diminui o aperto entre os primeiros jogos da competição, que teria sete rodadas disputadas em 15 dias. A tendência é que as sete primeiras rodadas aconteçam nos dias 13, 16, 18 e 19, 20 e 21, 23, 26 e 30 de janeiro.

Sete clubes votaram a favor da mudança (Santa, Náutico, Central, Ypiranga, Porto, América e Petrolina) e quatro contra (Sport, Salgueiro, Cabense e Vitória), mas abriram mão do veto em nome do consenso. Apenas o Araripina não mandou representante.

A outra novidade é que a arbitragem do campeonato terá mais dois assistentes, um atrás de cada barra, medida tomada a fim de melhorar a qualidade da arbitragem. O representante do Sport, Zé Alves, disse concordar com a mudança. "Eu sou a favor. Desde que seja uma coisa para melhorar o futebol e dar mais segurança, é importantíssima essa decisão". Veja abaixo Zé Alves explanando a posição do Sport.

''Quem manda aqui sou eu''

Durante a entrevista concedida aos jornalistas, o presidente da Federação mostrou novamente ter o controle do campeonato.

Para rebater as críticas dos jornalistas à grande quantidade de jogos do Campeonato Pernambucano (26) — o motivo do aperto de jogos no torneio, já que outros estaduais precisam de menos datas (o Paulista ocupa 23) —, ele foi curto e grosso.

"Sou um homem teimoso. Enquanto eu for presidente, o campeonato não terá 10 clubes". Ao ser novamente questionado sobre o assunto, disparou: "Quem manda aqui sou. Vou na CBF e consigo mais datas. Não vou porque não quero. Se eu for novamente, eu consigo mais datas. O campeonato é esse e acabou. Vocês querendo ou não querendo..."

Quando os jornalistas falaram em alternativas, Carlos Alberto encerrou a conversa: "Vocês façam um campeonato [para vocês]".

Assista, no vídeo abaixo, a essas declarações de Carlos Alberto Oliveira:



domingo, 21 de novembro de 2010

SANTA CRUZ VENCE PORTO COM APITO AMIGO E FICA PERTO DO TITULO

O Porto se despediu da Copa Pernambuco com derrota para o Santa Cruz por 2x1. O Gavião dependia da vitória para continuar na disputa, mas além de não está numa tarde feliz, o Gavião foi prejudicado pelo árbitro Gleidson Leite que deixou de marcar um pênalti claro aos 2 minutos de partida.

Com essa vitória, o Santa Cruz soma nove pontos, contra seis do Sport, os dois decidem o titulo do segundo turno no próximo fim de semana. Para o Sport conquistar essa fase, precisa vencer a equipe coral por uma diferença de três gols.

Jogo:

Logo aos 2 minutos, a defesa do Santa Cruz deu bobeira, Rogério tentou driblar o goleiro e foi derrubado, pênalti claro não marcado por Gleidson Leite.

Aos 6, Wagner Rosa arriscou de fora da área, Baggio mandou pra escanteio. Aos 14 minutos, falta da intermediária para o Santa Cruz, Natan mandou pra área e Zacarias fez contra o primeiro gol do Santa Cruz.

Aos 28, Osmar cruzou na área e Renan Potiguar tentou fazer de letra, mas Emanuel atento defendeu.

Aos 31, Damião cruzou na área e Rogério mandou de voleio, Baggio mandou pra escanteio. Na cobrança, Alex Souza subiu livre perdendo uma chance incrível de cabeça.

Aos 36, Osmar recebeu pela direita, entrou na área e tocou para Juninho ampliar tocando de calcanhar.

Na etapa complementar o ritmo do jogo diminuiu e a partida ficou mais lenta com poucas chances de perigo para as duas equipes.

Enquanto o Porto tentava em vão empatar a partida, o Santa procurava segurar o resultado. Aos 35 minutos, o tricolor do Agreste diminuiu. Rogério arriscou de fora da área e a bola desviou em Paulista enganando o goleiro Baggio.

No final do jogo, Zacarias e Neto se desentenderam e foram expulsos de campo.

PORTO ANUNCIA PRIMEIROS REFORÇOS

Enquanto se prepara para partida decisiva contra o Santa Cruz neste domingo, a direção do Porto anuncia os primeiros reforços para o pernambucano.

O primeiro reforço trata-se de Sandro Miguel, velho conhecido da torcida do Gavião. Revelado pelas categorias de base, Sandro Miguel, 31 anos, começou a carreira como lateral esquerdo e atua também como zagueiro. O atleta volta ao Porto depois de quase 10 anos. O jogador tem passagens por vários clubes de Pernambuco e região.

O segundo reforço do Porto é o atacante Téo, com passagens por Central, Náutico e Santa Cruz, será a segunda vez que veste a camisa do Gavião. A idéia é que o atacante repita as boas atuações de sua primeira passagem pelo Porto em 2004, quando o Porto ficou entre os 16 melhores times da Série C. Em sua segunda passagem por Caruaru, em 2007, Téo não teve o mesmo rendimento por questão física.

Outro jogador que pode acertar com o Gavião esta semana, é o meia Guego, revelado pelo Porto em 2009, Guego teve passagens por Central, Santa Cruz e estava jogando a Copa Nordeste pelo Sergipe.

Copa Pernambuco: O Porto enfrenta o Santa Cruz neste domingo no Lacerdão pela quarta rodada da Copinha, a partida começa as 15h15. Para o Porto apenas a vitória interessa, o Gavião tem 6 pontos nesta fase, mesma pontuação de Santa cruz e Sport. Em caso de vitória contra o Santa Cruz, o Gavião deve ficar atento ao saldo de gols, que poderá ser decisivo. No momento o Porto tem saldo de cinco, contra quatro do Santa Cruz e zero do Sport.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

SINDICATO ATENTO À TABELA

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Pernambuco informou estar atento aos problemas que possam ser causados pela tabela apertada do próximo Campeonato Pernambucano, divulgada na última sexta-feira pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF). O ex-atacante Ramon aguarda queixa dos atletas para tomar uma posição, mas disse que o departamento jurídico da entidade já está a postos.

As duas primeiras semanas do Estadual do ano que vem serão estafantes para os jogadores. Serão realizadas sete rodadas em um intervalo de 15 dias. “O sindicato está de olho. O departamento jurídico foi informado e entramos contato com a representação nacional à qual estamos vinculados. A posição do sindicato tem que ser tomada após queixa dos atletas”, argumentou Ramon, em entrevista ao repórter Wellington Araújo da Rádio Jornal.

O intervalo de menos de 66 horas de uma partida para a outra desrespeita a determinação das Normas Orgânica do Futebol Brasileiro e pode trazer processos na esfera esportiva. O presidente do Náutico, Berillo Júnior, já se declarou contrário ao formato da tabela e informou que vai conversar com o presidente da FPF, Carlos Alberto Oliveira, sobre o assunto.

De acordo com o diretor-técnico da FPF, Murilo Falcão, esta foi a forma encontrada para livrar o mais rápido possível os três grandes – representantes de Pernambuco na Copa do Brasil – dos compromissos no Sertão contra o Petrolina, o Araripina e o Salgueiro. Em fevereiro, os três provavelmente farão viagens longas para disputar a primeira fase do torneio nacional.

O inchaço do Estadual é um dos responsáveis pelo aberto das datas e a consequente desobediência às normas impostas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Pernambucano será realizado pela segunda vez seguida utilizando 26 datas, enquanto a CBF disponibiliza 23 datas do calendário para as competições estaduais.

“Não fomos ouvidos em momento nenhum durante a confecção da tabela. É evidente que temos de tomar uma posição que beneficie os jogadores, principalmente na questão das 66 horas de intervalo de um um jogo para o outro”, argumentou Ramon.

Matéria publicada no Jornal do Commercio

domingo, 14 de novembro de 2010

PORTO É DERROTADO PELO CENTRAL

O Porto perdeu para o Central por 1x0 jogando no estádio José Luís Lacerda em Caruaru pela terceira rodada da Copa Pernambuco. Com esse resultado o Porto ainda divide a liderança desta fase com o Santa Cruz com seis pontos, porém a equipe coral tem um jogo a menos que o Porto. As duas equipes se enfrentam próximo fim de semana em Caruaru. Já o Central somou os três primeiros pontos desta fase e continua com chances.

O Central começou melhor a partida, embora não jogasse um grande futebol, as vezes atrapalhado pelo péssimo gramado, outras pela própria técnica, o Central dominou o primeiro tempo pela vontade. O Porto jogava como se apenas o retrospecto da goleada da primeira fase fosse suficiente para vencer a partida, apático aceitou o domínio centralino.

O gol do Central saiu aos 12 minutos de jogo, cruzamento da direita e Jalmir subiu livre para abrir o placar de cabeça.

Aos 31, falha da defesa do Porto, Marcelo Paraíba chutou, a bola desviou na defesa, mas Emanoel atento defendeu.

Aos 34, Buiu foi lançado, passou pelo goleiro Emanoel e perdeu o ângulo e o gol.

Aos 38, Diogo fez falta feia em Eric e levou o segundo cartão amarelo deixando o Gavião com um homem a menos. Na única chance de gol do Porto no primeiro tempo, aos 43, Rogério foi lançado pela esquerda, o atacante penetrou na área e soltou a bomba, Elias fez boa defesa.

Com um homem a menos em campo, o Central dominou o começo do segundo tempo, porém sem levar grande perigo ao gol tricolor. Aos 18, Berg cobrou falta da esquerda, a bola quicou no terreno e Emanoel teve dificuldades para defesa.

A partir da metade do segundo tempo, o Porto resolveu ir pra cima e se não fosse os gols perdidos pelos atacantes teria saído ao menos com um empate.

Aos 24, Rogério escapou da marcação pela esquerda, e chutou forte da entrada da área, a bola passou a direita do gol de Elias, Paulista aparecia livre pelo meio da área.

Aos 27, Wagner Rosa lançou para Paulista entrar livre na área e tocar na saída do goleiro, a bola sobrou com Jefferson Rennan que de cara para o gol, sem goleiro, chutou pra fora perdendo um gol incrível.

Aos 32, Berg recebeu na entrada da área, chutou colocado, mas Emanoel atento mandou pra escanteio. Na última chance do jogo, Paulista foi lançado, entrou na área e driblou o goleiro Elias, o atacante teve a chance de chutar, mas preferiu cortar o zagueiro, na hora de definir mandou a bola perto do Shopping Difusora.

TABELA DO PERNAMBUCANO NÃO DÁ DESCANSO A JOGADORES NEM TORCIDA

FPF passa por cima de normas da CBF e desrespeita o descanso de 66 horas. Em 15 dias, serão 7 jogos

A pouco mais de dois meses da estreia do Campeonato Pernambucano, a primeira grande polêmica estourou ontem. A tabela divulgada pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF) fere as Normas Orgânicas do Futebol Brasileiro (RDI 01/1991). Os primeiros imbróglios jurídicos podem surgir bem mais cedo do que o esperado. Mas uma simples autorização especial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode evitar transtornos nos tribunais. Todos os clubes assinaram uma ata dando “compreensão” ao início incômodo.

O Estadual do ano que vem prevê a realização de sete jogos em 15 dias, uma média de uma partida a cada dois dias. A princípio, a CBF determina um intervalo mínimo de 66 horas entre um confronto e outro. Nos cinco primeiros dias da competição, a tabela prevê três rodadas. O Náutico, por exemplo, estreia em casa diante do Petrolina num domingo, viaja para enfrentar o Araripina na terça-feira e viaja novamente para enfrentar o Salgueiro na quinta-feira.

O roteiro segue assim, apertado para todas as equipes do dia 16 de janeiro até 2 de fevereiro. O primeiro desafogo vem apenas entre a sétima e a oitava rodadas, quando os times terão cerca de 90 horas de intervalo entre um compromisso e outro. Depois disso, a competição passa a apresentar duas rodadas por semana. Só não haverá partidas nos meios de semana quando Sport, Náutico e Santa Cruz atuarem pela Copa do Brasil.

O aperto no calendário pernambucano acontece em decorrência da desobediência da entidade local em relação ao espaço concedido para os Estaduais. A CBF determina em seu cronograma 23 datas para as competições locais, mas novamente o Campeonato Pernambucano será disputado em 26 datas. “É preciso olhar a tabela por inteiro, não só as primeiras rodadas. Dá para ver que tudo foi feito para beneficiar os clubes pernambucanos, que é o maior interesse da federação”, justificou o diretor-técnico, Murilo Falcão.

No Estado, ainda há um agravante: a realização do Carnaval, com festejos em todas as regiões. A Polícia Militar solicita a paralisação da competição porque precisa concentrar esforços para cuidar da segurança durante a folia. Este ano, o Pernambucano vai parar no dia 27 de fevereiro e só vai voltar no dia 9 de março, na Quarta-Feira de Cinzas, com a abertura da 15ª rodada.

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Carlos Alberto Oliveira, lembrou que a tabela foi confeccionada com a concordância dos clubes. O acordo livra logo no início da competição os compromissos realizados em Petrolina, Araripina e Salgueiro. “Infelizmente, o calendário é estreito, e vai ser uma maratona nas primeiras rodadas, mas vai ser assim para todo mundo”, comentou o dirigente tricolor Albertino dos Anjos.

O representante do Sport na FPF, Severino Otávio, também lamentou a sequência de jogos no início, mas entendeu as razões. “Quatro jogos em uma semana não é uma coisa saudável para ninguém. Mas tem que ver os motivos. A FPF fez isso para livrar as quartas-feiras da Copa do Brasil. O importante é que não haja vantagem para ninguém. É ruim para todo mundo”, argumentou Branquinho.

De Brasília, o presidente alvirrubro informou que, quando retornar, vai procurar o próprio Carlos Alberto Oliveira para conversar. “Essa tabela tem que ser mudada porque fere a lei. Isso não é campeonato de vôlei, em que os clubes jogam todos os dias. Se o sindicato dos jogadores procurar a Justiça, ganha uma liminar para barrar essa competição em 30 minutos. A tabela vai mudar”, comentou Berillo Júnior, que é advogado trabalhista.

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE), Marcelo de Albuquerque Oliveira, explicou que o tribunal só pode agir caso seja provocado por clube, atleta ou torcedor. “Neste caso, encaminharíamos para a procuradoria, que tem a função de averiguar a procedência ou não da reclamação e dar prosseguimento aos trâmites normais do processo”, comentou.

Matéria do Jornal do Commercio

sábado, 13 de novembro de 2010

Porto joga de olho no titulo

Central e Porto jogam pela terceira rodada da Copa Pernambuco neste domingo no Estádio José Luís Lacerda. O jogo começa as 16 e terá arbitragem de Anderson Freitas auxiliado por Ricardo Amorim e Almir Faustino.

O Porto vai em busca do titulo da segunda fase. Com seis pontos em dois jogos, o Gavião lidera essa fase com o Santa Cruz que tem o mesmo numero de pontos.

O Central, jogou apenas uma vez nessa fase e perdeu para o Santa Cruz no Arruda por 2x0. A Patativa para chegar ao titulo precisa vencer o Porto para iniciar sua recuperação. Durante a semana, o técnico do Central, José Carlos Amaral, foi demitido do clube juntamente com o preparador físico Sergio Leonardo.

A direção do Central já tinha avisado que Amaral não dirigiria o alvinegro no Pernambucano 2011, tendo anunciado Mauricio Simões para o cargo. Quem comandara o Central no restante da Copa Pernambuco será o treinador da equipe de juniores Zé Roberto.

domingo, 7 de novembro de 2010

PORTO VENCE VITÓRIA E SEGUE LÍDER DA COPINHA


O Porto goleou o Vitória por 6x2 neste domingo pela segunda rodada da segunda fase da Copa Pernambuco. O resultado deixa o Porto com 6 pontos, mesma pontuação do Santa Cruz, porém o Gavião leva vantagem no saldo de gols (6x4)

O Porto abriu o placar com aos 15 minutos de jogo, Diogo fez boa jogada e tocou no canto esquerdo do goleiro Túlio.

O Vitória respondeu aos 26, Brasinha tabelou com Léo, passou por Moises e quase empata a partida. Um minuto depois Damião invadiu a área e chutou para boa defesa de Túlio.

O Vitória voltou melhor no início do segundo tempo e quase empata quando Lucian acertou a trave aos 5 minutos.

Aos poucos o Porto foi mostrando seu melhor futebol e ampliou o marcador aos 13, Henrique cruzou da esquerda e Diogo subiu de cabeça para fazer seu segundo gol na partida. Dois minutos depois, Rogério recebeu na entrada da área e chutou sem chances de defesa para o goleiro.

O Vitória marcou aos 23, Emanoel afastou cruzamento e a bola sobrou com Keile marcar.

Aos 25, o Porto ficou com um homem a menos depois que Naldinho foi expulso. Mesmo com um homem a menos o Gavião fez o quarto com Paulista. O Vitória ainda fez mais com com Nininho aos 38.

E o Porto deu números ao jogo com Paulista aos 43 tocando na saída do goleiro e Cosme aos 48 cobrando pênalti.

O Porto volta a jogar no próximo domingo contra o Central no José Luís Lacerda, já o Vitória enfrenta o Sport na Ilha do Retiro.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

PORTO ESTRÉIA COM VITÓRIA NA SEGUNDA FASE

O Porto estreou com o pé direito na segunda fase da Copa Pernambuco ao vencer o Sport na Ilha do Retiro por 2x0.
O Porto abriu o placar com Diogo aos 12 do primeiro tempo. Rogério ampliou aos 44 do segundo tempo.
O Gavião volta a campo próximo domingo contra o Vitória no estádio José Luís Lacerda em Caruaru. O jogo começa às 15h15.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Porto joga nesta quarta pela Copa PE

Depois que a Federação Pernambucana (FPF) adiou a primeira rodada da segunda fase da Copa Pernambuco para esta quarta-feira. O Porto entra em campo na Ilha do Retiro para enfrentar o Sport B às 15h15 e deve ter algumas modificações em relação ao time que enfrentou o Santa Cruz a mais de quinze dias atrás.

Para este jogo contra o Sport, o técnico Laélson Lima contará com jogadores bem rodados e conhecidos da torcida.

Damião e Cosme devem ser as novidades nos lugares de Anderson e Evandro respectivamente. Eles se juntam a Wagner Rosa, Naldinho e Rogério.Segundo a direção do Porto, o time que está jogando a Copa Pernambuco servirá de base para o Pernambucano. A equipe planeja contratar um goleiro, dois zagueiros, dois meias e um atacante.

Provável time do Porto:

Emanoel, Damião, Zacarias, Everton e Deivid. Cosme, Wagner Rosa, Naldinho e Henrique. Rogério e Diogo.

domingo, 17 de outubro de 2010

PORTO PERDE E AGORA É TORCER PELO SPORT

O Porto não jogou bem e perdeu no Arruda por 2x0 para o Santa Cruz. O resultado complicou a vida do Gavião. Precisando apenas de um empate para conquistar o primeiro turno da Copa Pernambuco, o Porto torce agora por uma vitória do Sport no próximo fim de semana contra o Santa Cruz.

O JOGO - A partida começou veloz no Arruda, já nos primeiros segundos de jogo o meia Juninho avançou pelo ataque e foi derrubado na entrada da área. Renatinho cobrou com qualidade, o goleiro do Porto deu rebote e o próprio Juninho mandou para as redes, marcando seu primeiro gol no retorno ao Arruda.

Depois do gol o Santa continuou em cima e foi criando boas chances de gol, mas os atacantes corais não estavam inspirados e desperdiçaram todos os lances. Enquanto isso, o Porto pouco mostrava em campo.

Aos 32 minutos o atacante Gilberto fez boa jogada pela direita e tocou no meio para Renan Potiguar, que tentou de cobertura, mas a zaga cortou para escanteio. No mesmo lance Osmar cruzou bem na área e Gilberto não conseguiu aproveitar.

No último minuto do primeiro tempo Renan teve nova oportunidade de marcar, mas acabou chutando em cima da zaga.

Na volta para o segundo tempo o jogo diminuiu de ritmo e poucas chances foram criadas até os 15 minutos. Depois disso o time do Porto mostrou cansaço em campo e o Santa Cruz se aproveitou para dominar novamente a partida. Aos 17 minutos Renan Potiguar entrou sozinho no campo do Gavião, fez boa jogada e na hora de concluir mandou para fora.

O treinador Henry Lauar optou pela saída de Renan e Natan e colocou em campo o volante Douglas e o meia Silas, que fez a sua estréia com a camisa coral. As mudanças surtiram efeito e o Santa passou a criar novamente boas chances de gol.

Aos 34 minutos o meia Juninho avançou pela direita e tocou para trás, Osmar dominou e lançou para Gilberto que travou com a zaga. No rebote a bola sobrou para Osmar que mandou para as redes e deu números finais ao marcador.