Seguidores

quarta-feira, 28 de abril de 2010

YPIRANGA ELIMINA O PORTO

O Porto perdeu na noite de terça-feira para o Ypiranga por 2x1 na disputa pelo titulo de campeão do interior. Como o primeiro jogo acabou empatado em 2x2, esse resultado acabou eliminando o Gavião. O Porto pecou ao não ter matado o jogo no primerio tempo quando perdeu uma série de incrível de gols e acabou sendo castigado com um gol de Jair no último minuto de jogo.

O Porto começou bem a partida imprimindo um ritmo de jogo forte e veloz, e não demorou muito para abrir o placar. Aos 3 minutos, Jefferson Renan cruzou, a bola passou por toda defesa, até chegar a João Carlos que cabeceou pra fazer 1x0.

O Ypiranga respondeu no minuto seguinte numa boa cabeçada de João Paulo, Robson mandou pra escanteio.

Depois de um rápido domínio do Ypiranga, o Porto mandou na segunda metade do primeiro tempo, perdendo uma série de gols que iria fazer falta no final. Aos 26, Kiros recebeu no meio campo e fez um bom passe para Sandrinho entrar livre e chutar por cima do gol de Geday. Aos 29, Airton bateu falta na área e Kiros cabeceou livre em cima de Geday. Aos 31, Airton cruzou da direita e Sandrinho cabeceou mas, novamente Geday atento mandou pra escanteio.

Aos 33, Airton cruzou dessa vez da esquerda, mas Kiros chegou atrasado.

E como quem não faz leva. Aos 37, Fagner fez boa jogada, entrou na área e chutou para deixar tudo igual no placar.

O Ypiranga quase vira aos 45, Bruno cruzou e Tiago Santos livre chutou perigoso por cima.

O Porto voltou para o segundo tempo com uma proposta mais defensiva, resultado foi o domínio do time de Santa Cruz. Logo aos 7 minutos, Fagner aproveitou a falha da defesa, entrou livre na área, driblou o goleiro mas acabou sem ângulo perdendo outra boa chance.

Aos 29, num contra ataque rápido, o Porto quase desempata, Evandro cruzou e Kiros cabeceou no meio do gol.

Aos 30, cobrança de escanteio para o Ypiranga, a bola passou por todo mundo e Romarinho perdeu um gol incrível debaixo da trave. O Ypiranga ainda teve João Paulo expulso por reclamação e mesmo com um homem a menos, conseguiu fazer 2x1 aos 46 minutos do segundo tempo com Jair.

terça-feira, 27 de abril de 2010

PORTO JOGA NESTA TERÇA

Porto e Ypiranga fazem o jogo da volta pelo título de Campeão do interior nesta terça feira as 20h30 no José Luís Lacerda. O Gavião não vai poder contar com o goleiro Romero suspenso pelo terceiro cartão amarelo, em compensação, João Carlos e Airton voltam a ficar a disposição de Charles Muniz.
O Porto deve jogar com: Robson, Anderson Rodrigo, Cosme e Alemão. João Carlos, Rodolfo Potiguar, Naldinho, Rennan e Airton. Kiros e Sandrinho.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

PORTO EMPATA COM YPIRANGA


O Porto empatou em 2x2 com o Ypiranga no primeiro jogo da semifinal do torneio que vai definir o campeão do interior. O jogo foi neste sábado em Santa Cruz do Capibaribe. O Porto fez 2xo com dois gols de Sandrinho. O Ypiranga empatou com João Paulo e Helder.
Na quarta, em Caruaru, como os gols de fora são contados, o Porto precisa empatar por 0x0 ou 1x1

quarta-feira, 21 de abril de 2010

QUATRO JOGADORES DISPENSADOS

A direção do Porto anunciou na manhã dessa terça-feira (20) a dispensa de quatro jogadores do elenco do tricolor para a sequência do Campeonato Pernambucano. Os dispensados foram o atacante Fabian, os zagueiros Romero Caruaru e Rodolfo Aguiar e o goleiro Alysson. Os critérios para as dispensas não foram anunciados pela direção do Gavião.O Porto agora se prepara para as partidas semi-finais do "Título do Interior". O Gavião vai até Santa Cruz do Capibaribe no próximo sábado (24) para atuar diante do Ypiranga às 16h. Hoje pela manhã, Charles Muniz comandou um trabalho técnico e agora à tarde deve começar a definir o time que entrará em campo. O garoto Evandro, que cumpriu suspensão, deve retornar ao time.

terça-feira, 20 de abril de 2010

FICHA DO JOGO

YPIRANGA 0X1 PORTO
LOCAL Otavio Limeira(Santa Cruz do Capibaribe)
DATA 18/04/2010
ÁRBITRO Anderson Freitas
ASSISTENTES Wlademir Lins e Ricardo Chianca
GOL Kiros aos 34 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS Porto: Airton, Romero, Alemão e Jair. Ypiranga: Rosembrick, 7 e 2.
EXPULSÂO Airton
PUBLICO 1.087
RENDA R$ 5.740,00
YPIRANGA
Geday, Júnior Borborema, Luís Eduardo, Bebeto e Bruno Paraíba. Jair, lismar, Fagner(Edy) e Rosembrick. Fabricio CE(Vinicius) e João Paulo
PORTO
Romero, Damião, Alemão, Anderson Rodrigo e Airton. Cosme(Rennan), Rodolfo Potiguar, Naldinho e Jefferson. Kiros(Jefinho) e Alex Caruaru(Sandrinho). Técnico: Charles Muniz

domingo, 18 de abril de 2010

PORTO SE DESPEDE COM VITÓRIA SOBRE YPIRANGA


Ypiranga e Porto encerraram ontem a primeira fase do Campeonato Pernambucano num jogo sem empolgação, com vitória caruaruense por 1x0, no Estádio Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe. As duas equipes agora partem para a disputa do simbólico título do “melhor do interior”.
Só que o Ypiranga não parece estar interessado, pois dispensou nove jogadores e teve o técnico Neco pela última vez no comando da equipe, ontem.
O jogo no Otávio Limeira começou sob uma chuva fina, dando um clima ainda mais melancólico à partida. Foram poucas chances de gols. Numa delas, saiu o gol da vitória caruaruense, aos 34 minutos do segundo tempo. Airton entrou pela esquerda e tocou para Kiros, que botou a bola para o fundo da rede.
O Porto termina o Estadual na sexta colocação, com 29 pontos, um a mais que o Ypiranga, sétimo.

FICHA DO JOGO

CABENSE 2XO PORTO
LOCAL Gileno de carli(Cabo de Santo Agostinho)
DATA 07/04/2010
ÁRBITRO Emerson Batista
ASSISTENTES Albert Junior e Marcelo Neves
CARTÕES AMARELOS Porto: Anderson Rodrigo e Romero. Cabense: Evanilson, Cleber Pereira, Clebson, Erivelton, Ailton e Washigton.
EXPULSÃO Washington e Gonçalves
GOLS 10 aos 42 do primeiro tempo e 9 aos 24 do segundo tempo.
PUBLICO 3.106
RENDA R$ 16.625,00
CABENSE
Ibson, Maricá(Washigton), Leo Gama, Evanilson e Oliveira. Dinho, Cleber Pereira, Filipe(Vitinho) e Clebson. Erivelto(Marcio) e Ailton. Técnico: Rogério Zimmermann.
PORTO
Romero, Damião(João Carlos), Gonçalves, Romero Souza e Airton. Cosme, Anderson Rodrigo, Naldinho e Arlindo(Cleiton). Kiros e Fabian(Sandrinho). Técnico: Charles Muniz.

FICHA DO JOGO

CENTRAL 2X0 PORTO
DATA 04/04/2010
LOCAL José Luís Lacerda
ÁRBITRO Gleydson Leite
ASSISTENTES Ubirajara Ferraz e Marcelino Castro
GOLS Guego aos 28 do primeiro tempo e Kiros(Contra) aos 30 do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS Porto: Romero Souza e Rodolfo Potiguar. Central: Gil, Biro-biro e Marcondes
EXPULSÃO Rodolfo Potiguar
PUBLICO 5.739
RENDA R$ 32.110,00
CENTRAL
Izaias, Geovani, Paiva, Sidney e Biro-biro. Elton, Dinho, Guego e Rafinha(Rodrigo Mucarbel). Paulão(Marcondes) e Gil(Peixoto). Técnico: Adelmo Soares.
PORTO
Romero, João Carlos(Paulista), Gonçalves, Romero Souza(Sandrinho) e Airton(Cleiton). Cosme, Rodolfo Potiguar, Naldinho e Arlindo. Fabian e Kiros. Técnico: Charles Muniz

PORTO X YPIRANGA

Ambos fora da disputa da segunda fase do Campeonato Pernambucano 2010, Porto e Ypiranga se enfrentam, hoje, no Estádio Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe, a partir das 16h. Ao Gavião interessa apenas permanecer entre os oito primeiros e lutar pelo título de melhor do interior. A Máquina de Costura, por sua vez, entra desmotivada. Investiu bastante, mas não conseguiu chegar nas semifinais. Este será o último jogo do treinador Neco à frente do clube, que dispensou oito jogadores. O Porto está no oitavo lugar na competição, com 26 pontos. O Ypiranga está em sexto, com 28 pontos.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

FICHA DO JOGO

PORTO 0X3 NÁUTICO

Data: 11/04/2010

Estádio: Luiz Lacerda, em Caruaru

Árbitro: Ricardo Tavares.

Assistentes: Erich Bandeira e Luciano Cruz

Gols: Geílson (9' e 26' do primeiro tempo) e Felipe Pinto (21' do primeiro tempo)

Cartões amarelos: Porto:Rennan, Evandro, Romero Souza e João Carlos. Náutico: Igor.

Publico: 2.337

Renda: R$ 14.360,00

PORTO

Romero, João Carlos, Alemão, Romero Souza, Airton; Renan (Rodolfo Potiguar), Cosme, Evandro, Naldinho; Kyros (Fabian) e Sandrinho (Alex Caruaru). Técnico: Charles Muniz

NÁUTICO

Gustavo; Eduardo Erê, Ediglê (Marcelo), Igor, Wellington; Nilson, Derley, Helton Luiz, Felipe Pinto; Geilson (Emanoel), Rodrigo Dantas (Tássio). Técnico: Alexandre Gallo

domingo, 11 de abril de 2010

NÁUTICO TREINA EM CARUARU

Jogando em ritmo de treino, o Náutico venceu o Porto pela penúltima rodada do Campeonato Pernambucano 2010. Jogando um futebol medíocre, o time de Charles Muniz não teve chance e foi goleado no José Luís Lacerda por 3x0.
JOGO - No primeiro tempo, o Náutico foi soberano. Aos 9 minutos, após cruzamento vindo da esquerda, Geílson se antecipou ao zagueiro e cabeceou pro gol, abrindo o placar.O resultado a favor do Timbu foi ampliado aos 21. Em cobrança de falta, Helton Luiz rolou pra Felipe Pinto, que livrou a barreira e bateu com força; Romero falhou feio e não conseguiu defender.
Quatro minutos depois, João Carlos puxou Nílson na área. Pênalti para o Náutico. Cobrança de Geílson. O toque de leve de Romero na bola não impediu o terceiro gol alvirrubro.
Após ver balançar três vezes sua rede, o Porto começou a visitar com mais frequência a área do Náutico. Mas apesar das tentativas, o time caruaruense não chegou a assustar, e o placar congelou no primeiro tempo.
O resultado parcial, aliás, foi mantido até o término da partida. O segundo tempo foi sem grandes emoções. O Náutico começou com investidas na área adversária, sem sucesso nas conclusões. Optou por segurar a bola, tornando o jogo lento. O Porto teve uma grande chance no finzinho do jogo. Foi aos 40 minutos, mas o goleiro Gustavo acabou com a esperança do Gavião fazer seu gol de honra, quando espalmou a bomba de Rodolfo Potiguar.
Pela última rodada do Campeonato Pernambucano, próximo domingo, o Porto enfrenta o Ypiringa, no Otávio Limeira, em Santa Cruz do Capibaribe. O Náutico tem um Clássico dos Clássicos pela frente, na mesma data.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

PORTO PERDE DE NOVO


Time do Cabo de Santo Agostinho bateu Porto por 2x0, em casa, e garantiu por mais uma rodada a permanência no grupo dos quatro que seguem às semifinais da competição local. Já o Porto segue na sétima posição praticamente eliminado.
A Cabense acabou com o jejum de quatro jogos sem vencer no Campeonato Pernambucano e deu um passo importante para garantir a classificação às semifinais da competição. Ontem à noite, o representante do Cabo de Santo Agostinho venceu o Porto, por 2x0, no Estádio Gileno de Carli, pela 20ª e antepenúltima rodada da fase classificatória. Os gols foram marcados por Clebson, no primeiro tempo, e Erivelton, na etapa final.
Com o resultado de ontem, a Cabense segue na quarta colocação do Campeonato Pernambucano, com 31 pontos conquistados. São três de vantagem para os concorrentes diretos à última vaga: Central e Ypiranga. Mas a Patativa caruaruense pode se igualar novamente na pontuação, caso vença o Náutico hoje, nos Aflitos, no complemento da rodada. Mesmo assim, o Azulão ainda levaria vantagem no critério de número de vitórias (10x9).
O Porto praticamente deu adeus às possibilidades de ser um dos quatro semifinalistas da competição, mas também não corre mais risco de ser rebaixado à Série A2 da próxima temporada. Com 26 pontos, está cinco atrás da própria Cabense, na sétima colocação. Precisaria vencer os dois confrontos finais e torcer por duas derrotas do adversário. Além disso, ainda dependeria dos resultados do Central e do Ypiranga, quinto e sexto colocados.
O Porto volta a jogar próximo domingo em Caruaru contra o Náutico.

domingo, 4 de abril de 2010

PORTO PERDE COM DIREITO A "OLÉ" DO CENTRAL


Um time apático em campo, jogando sem vontade e sem motivação. Esse foi o futebol apresentado pelo Porto na derrota para o Central neste domingo. O Porto perdeu e não mostrou o menor poder de reação, melhor para o Central que fez 2x0 e se aproxima do G4 ocupando a quinta posição com 28 pontos. Já o Porto agora é o sétimo, dois pontos a menos que o rival.
O jogo começou com poucas chances de gols das duas equipes. Aos poucos, o Central começava a exercer certo domínio, chegando sempre em chutes de longa distancia. Apático, o Gavião aceitava o domínio do adversário que mostrava mais disposição em campo.
Foram do Central as melhores chances, aos 13, Rafinha cruzou e Guego cabeceou com perigo. O Central chegou em dois chutes, o primeiro com Gil e depois com Rafinha. Romero defendeu tranquilamente.
Aos 28, Gil fez boa jogada na entrada da área e a bola sobrou para Guego entrar livre na área e tocar na saída de Romero, Central 1x0.
Após o gol, o Central recuou e permitiu um certo domínio do Porto, apesar do domínio o Gavião não levava perigo ao gol alvinegro.
No segundo tempo, o Porto teve apenas uma chance de gol Numa cabeçada venenosa de Kiros defendida por Isaias. Sem opções no banco, Charles Muniz tirou Airton para entrada de Cleiton, deslocando Arlindo para lateral esquerda.
A mudança não surtiu efeito, perdido em campo o Gavião acabou levando o segundo gol aos 30 minutos. Elton cobrou falta da direita e Kiros de cabeça fez gol contra.
Aos 37, Paiva quase amplia de cabeça, após cobrança de falta de Elton. Ainda houve tempo para Rodolfo Potiguar ser expulso por reclamação.
No final, o resultado acabou sendo justo para o Central, que mesmo não tendo um grande time, ganhou o jogo porque teve coragem e mais vontade para vencer o jogo.