Seguidores

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FPF DÁ MAIS PRAZO PARA O LACERDÃO

A Federação Pernambucana de Futebol resolveu ampliar o prazo dado ao Central para que resolva o estado do gramado do Luiz Lacerda. Hoje seria a data limite imposta pela entidade, mas o vice-presidente da FPF, José Joaquim, decidiu esperar até o dia 8 de janeiro. “Tem gente observando e está vendo que eles estão trabalhando. No dia 8, vamos fazer nova vistoria para decidir se aprovamos ou não”, antecipou o dirigente. Duro e irregular, o gramado do estádio é um dos piores de Pernambuco. Se for vetado, Central e Porto irão mandar seus jogos em Belo Jardim. Outro campo que precisa de cuidados é o de Garanhuns, que vem passando por melhorias.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

PORTO NA COPA SÃO PAULO

Foto do Porto na Copa São Paulo de 2007.
Em sua sexta participação na Copa São Paulo de Futebol Junior, o Porto espera repetir as boas campanhas dos anos anteriores, especialmente em 2007, quando terminou o torneio entre os 16 melhores.
Nesta sexta-feira (1) o Porto embarca para São Paulo para disputar pela sexta vez a Copa São Paulo de Futebol Junior. A trajetória do Porto na competição começou em 2005. Naquele ano o Porto caiu no grupo do Nacional e Portuguesa, dois tradicionais clubes nas categorias de base de São Paulo. Neste ano o Nacional acabou vice-campeão da Copinha perdendo a final para o Corinthians. O Porto perdeu na estréia para o Nacional por 2x1, empatou com o Fortaleza em 2x2 e com a Portuguesa em 1x1.
Em 2006, o Porto teve seu primeiro triunfo na competição vencendo o Vitória-ES por 2x1. Mas perdeu para o Payssandu por 3x0 e empatou com o Força-SP em 3x3. Sendo eliminado na primeira fase.
2007 foi o ano da melhor campanha do Gavião na Copa São Paulo. O empate contra o Palmeiras em 2x2 na estréia, e as vitórias por 3x0 contra o Taubaté e 3x2 contra o Campinense, classificaram o tricolor do agreste para a segunda fase. O Porto venceu o Guarani-SP por 2x1 e foi eliminado na terceira fase pelo Atlético-PR nos pênaltis.
Em 2008 o Porto caiu no grupo de dois tradicionais clubes brasileiros. Venceu o Atlético de Sorocaba na estréia por 2x0, e acabou sendo eliminado de forma invicta após dois empates contra o Paraná e a Portuguesa.
Em 2009 o Porto estreou empatando com o Atlético-PR em 0x0, o time paranaense acabou sendo vice-campeão nesse ano após perder a final para o Corinthians. Na segunda rodada perdeu para o Jacareí por 3x1 e encerrou sua participação vencendo o Paulista por 3x1.

domingo, 27 de dezembro de 2009

EQUIPES DO INTERIOR APOSTAM EM NOVIDADES

Luciano Ribeiro espera supreender na sua volta ao Porto para o estadual de 2010. Treinador já teve passagem pelo time de juniores em 2008, e ano passado, treinador comandou o Petrolina.
Do Jornal do Commercio.
O Campeonato Pernambucano não costuma apresentar muitas novidades em relação a treinadores, sobretudo nos clubes do interior. É comum ver as mesmas caras, que só fazem mudar de time numa espécie de dança das cadeiras. Porém, o Estadual 2010 será um pouco diferente. Alguns times estão investindo em novatos no certame local.
São os casos de Luís Antônio Zaluar, no Sete de Setembro, Paulo Júnior, no Salgueiro, e Williams Rodrigues, do também novato Araripina. Outros dois foram interinos, mas agora estão promovidos, ou melhor, efetivados: Rubens Monteiro, do Ypiranga, e Júnior Caruaru, do Vitória.
Todos entram com um objetivo definido: levar os times que comandam às semifinais da competição. Mas a concorrência não será moleza, uma vez que os novatos vão ter que enfrentar aquelas figurinhas carimbadas quando o assunto são Campeonatos Pernambucanos, como Adelmo Soares (da Cabense), Peu Santos (Vera Cruz), Reginaldo Souza (Central) e Luciano Ribeiro (Porto).

O Araripina, o único debutante na elite nesta edição, está apostando no jovem Williams Rodrigues, de 35 anos. Apesar de sempre querer ser treinador, ele começou na profissão por acaso, em 2006, aos 32, no Potiguar. Rodrigues ainda atuava como volante, quando teve que assumir interinamente, já que o treinador, Soares, havia sido demitido.

Outro representante do Sertão, o Salgueiro tem como comandante Paulo Júnior, 45 anos, que assumiu após a saída de Neco, que deixou a equipe ao final da Série C do Nacional deste ano. “Sei que minha responsabilidade é grande, até porque o Salgueiro fez um bom Pernambucano em 2009 e se manteve na Série C. Para o time fazer uma boa competição, não há segredo, só muito trabalho”, enfatizou o técnico.
Já o carioca Luís Antônio Zaluar, 46 anos, quer abrir um novo mercado – o nordestino – e por isso aceitou o desafio de treinar o Sete de Setembro. Ele já foi vice-campeão do Estadual do Rio com o Americano e bi cearense pelo Fortaleza. Mas a sua carreira foi construída no exterior, mas precisamente no Oriente Médio, onde trabalhou por mais de 22 anos, em equipes do Catar e da Arábia Saudita. “O Campeonato Pernambucano é muito forte. Apesar de já ter enfrentado várias equipes do Estado, nunca havia trabalhado aqui. Agora chegou a hora”, disse.

OUTRO LADO
No time dos “rodados”, destaque para Peu Santos, do Vera Cruz, e Adelmo Soares, da Cabense. O primeiro já trabalhou no Itacuruba, Serrano, Vera Cruz, Vitória e Porto. Já Adelmo passou por Centro Limoeirense, Porto e Central.

domingo, 20 de dezembro de 2009

GRAMADO DO LACERDÃO PREOCUPA


Faltando pouco menos de um mês para estréia de Porto e Central, a situação do gramado do Lacerdão preucupa a direção das duas equipes. O Jornal do Commercio visitou os estádios do interior e fez uma analise da situação dos gramados. Confira a matéria na íntegra:
Aos poucos, os estádios de Pernambuco que serão palco dos jogos do Campeonato Estadual estão se estruturando para a rodada de estreia, marcada para 13 de janeiro de 2010. A reportagem do Jornal do Commercio visitou os estádios da Região Metropolitana do Recife e do interior do Estado para verificar como estão as arenas esportivas.
O que requer mais cuidados é o Luiz Lacerda, em Caruaru, no Agreste, que sediará jogos do Central e do Porto. A grama praticamente não existe. Os problemas começaram a ser corrigidos após a eleição do oposicionista João Batista Tavares, empresário do ramo têxtil, na última terça-feira. “Logo após ser eleito, ele começou a trabalhar para colocar tudo em ordem. Vinte e cinco homens estão trabalhando dia e noite para deixar o campo com o mínimo de condições de sediar os jogos das duas equipes”, explicou José Joaquim Pinto de Azevedo, diretor técnico da Federação Pernambucana de Futebol (FPF).
Por sediar jogos de Central e Porto, o Luiz Lacerda será sobrecarregado. No primeiro turno, apenas na sétima e na 11ª rodada, o estádio não sediará partidas porque as duas equipes jogarão fora de Caruaru. “Voltarei para ver como andam as obras dia 29 de dezembro. Se houver melhora, o campo será liberado. Caso contrário, as partidas de Central e Porto acontecerão em Belo Jardim”, completou José Joaquim.
O estádio Otávio Limeira Alves, casa do Ypiranga, em Santa Cruz do Capibaribe, deve apresentar um nível melhor em 2010. Por conta de um evento de motocross que aconteceu em agosto, o piso recebeu 100 caminhões de areia, o que causou a elevação do terreno em cerca de 20 centímetros. Após a corrida, a grama do estádio foi trocada. A Máquina de Costura vem fazendo os trabalhos com bola em Taquaritinga do Norte e em Brejo da Madre de Deus, a fim de preservar o gramado de seu estádio.
A exemplo do Ypiranga, o Sete de Setembro também está preservando o gramado do Gigante do Agreste e os treinamentos estão acontecendo no quase abandonado Gerson Emery, da rival AGA. Um dos pisos mais duros do interior, o campo do Sete, visto de longe, parece mais cuidado, mas de perto ainda tem muitos pontos irregulares. O clube está se esforçando para melhorar a situação, contratando, inclusive, os serviços de um agrônomo.
Sede dos jogos do Vitória e do Vera Cruz, o Carneirão também passa por reformas, que vão desde uma nova pintura nas dependências do estádio até a colocação de cerâmica nos banheiros. Mas o gramado continua sendo a pior dor de cabeça. Deve, entretanto, estar em ordem para a rodada inaugural, dia 13 de janeiro.
Para receber os jogos da Cabense no Estadual de 2010, o estádio Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife, passou por melhorias no gramado e na infraestrutura. O muro foi aumentado e as entradas das torcidas foram alargadas para diminuir o risco de confusão em situações de emergência.
O Chapadão do Araripe, onde o debutante Araripina mandará seus jogos, é detentor de um dos melhores gramados de Pernambuco. O detalhe é que o estádio ainda não possui iluminação – durante a 2ª Divisão do Pernambucano, o clube não jogou à noite. As seis torres de iluminação chegaram na última quarta-feira, 16 de dezembro. Tudo deve estar instalado até 30 de dezembro.
No estádio Cornélio de Barros, casa do Salgueiro, o gramado melhorou, mas está longe do ideal. Na tarde da última segunda-feira, 14 de dezembro, por exemplo, uma chuva forte de 20 minutos deixou o campo bastante encharcado, com lamas em determinados pontos.
Vale lembrar que, em 2008, uma chuva torrencial suspendeu a partida entre Salgueiro e Náutico, complementada posteriormente e vencida pelo time sertanejo por 1x0. “O campo melhorou, mas não tem drenagem. Temos que torcer para não chover”, finalizou José Joaquim.

sábado, 19 de dezembro de 2009

COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR



Confira a lista, numeração e idade dos jogadores inscritos do Gavião, para a 41ª Copa São Paulo de futebol Júnior:
1. Robson (18)
2. João Carlos (17)
3. Zacarias (17)
4. Júnior (18)
5. Rennan (17)
6. David (16)
7. Evandro (16)
8. Diogo (17)
9. Alex Caruaru (16)
10. Jefferson (16)
11. Sandrinho (16)
12. Tony (16)
13. Dário (16)
14. Alemão (17)
15. Toritama (16)
16. Diego (18)
17. Erasmo (16)
18. Buba (16)
19. Kallebe (18)
20. Allan (17)
21. Jefferson (16)
22. Magrao (16)
23. Ricardo (18)
24. Geninho (16)
25. Handerson (16)
26. Mychael (18)
27. Matheus (16)

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

PORTO NA COPA SÃO PAULO

A Federação Paulista de futebol divulgou a tabela da Copa São Paulo de Futebol, o Porto está no Grupo R sediado na cidade de Leme. A estréia está marcada para o dia 10 de janeiro as 16 horas contra o Bahia e segundo o site da FPF terá transmissão ao vivo pela Record News.
Confira a tabela completa do Grupo R:
1ªrodada/03-Jan
Lemense x Marilia 14h
Bahia x Porto 16h
2ªrodada/07-Jan
Lemense x Porto 19h
Marilia x Bahia 21h
3ªrodada/10/01
Porto x Marilia 19h
Lemense x Bahia 21h