Seguidores

domingo, 14 de novembro de 2010

PORTO É DERROTADO PELO CENTRAL

O Porto perdeu para o Central por 1x0 jogando no estádio José Luís Lacerda em Caruaru pela terceira rodada da Copa Pernambuco. Com esse resultado o Porto ainda divide a liderança desta fase com o Santa Cruz com seis pontos, porém a equipe coral tem um jogo a menos que o Porto. As duas equipes se enfrentam próximo fim de semana em Caruaru. Já o Central somou os três primeiros pontos desta fase e continua com chances.

O Central começou melhor a partida, embora não jogasse um grande futebol, as vezes atrapalhado pelo péssimo gramado, outras pela própria técnica, o Central dominou o primeiro tempo pela vontade. O Porto jogava como se apenas o retrospecto da goleada da primeira fase fosse suficiente para vencer a partida, apático aceitou o domínio centralino.

O gol do Central saiu aos 12 minutos de jogo, cruzamento da direita e Jalmir subiu livre para abrir o placar de cabeça.

Aos 31, falha da defesa do Porto, Marcelo Paraíba chutou, a bola desviou na defesa, mas Emanoel atento defendeu.

Aos 34, Buiu foi lançado, passou pelo goleiro Emanoel e perdeu o ângulo e o gol.

Aos 38, Diogo fez falta feia em Eric e levou o segundo cartão amarelo deixando o Gavião com um homem a menos. Na única chance de gol do Porto no primeiro tempo, aos 43, Rogério foi lançado pela esquerda, o atacante penetrou na área e soltou a bomba, Elias fez boa defesa.

Com um homem a menos em campo, o Central dominou o começo do segundo tempo, porém sem levar grande perigo ao gol tricolor. Aos 18, Berg cobrou falta da esquerda, a bola quicou no terreno e Emanoel teve dificuldades para defesa.

A partir da metade do segundo tempo, o Porto resolveu ir pra cima e se não fosse os gols perdidos pelos atacantes teria saído ao menos com um empate.

Aos 24, Rogério escapou da marcação pela esquerda, e chutou forte da entrada da área, a bola passou a direita do gol de Elias, Paulista aparecia livre pelo meio da área.

Aos 27, Wagner Rosa lançou para Paulista entrar livre na área e tocar na saída do goleiro, a bola sobrou com Jefferson Rennan que de cara para o gol, sem goleiro, chutou pra fora perdendo um gol incrível.

Aos 32, Berg recebeu na entrada da área, chutou colocado, mas Emanoel atento mandou pra escanteio. Na última chance do jogo, Paulista foi lançado, entrou na área e driblou o goleiro Elias, o atacante teve a chance de chutar, mas preferiu cortar o zagueiro, na hora de definir mandou a bola perto do Shopping Difusora.

Nenhum comentário: