Seguidores

domingo, 7 de fevereiro de 2010

PORTO X CENTRAL: CLASSICOS DOS OPOSTOS

JORNAL DO COMMERCIO
Vivendo momentos distintos no Campeonato Pernambucano, Porto e Central fazem, hoje, às 16h, no Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru, o Clássico Matuto de número 36 na história. Para o Gavião, uma vitória pode colocar o time pela primeira vez no grupo dos quatro primeiros colocados, os que avançarão à fase semifinal. A tricolor vem embalado por três vitórias consecutivas desde que o técnico Charles Muniz assumiu o comando da equipe, saindo da lanterna para assumir o 5º lugar, com 10 pontos. Já para a Patativa, um triunfo sobre o maior rival pode significar o começo de uma reação. Até agora o alvinegro ainda não se encontrou no Estadual. Com apenas cinco pontos, amarga a vice-lanterna.
A escalação dos times para o clássico também reflete os momentos de Porto e Central. No Gavião, Charles Muniz praticamente irá repetir a mesma equipe utilizada na última rodada. A única novidade para hoje, em relação à formação que bateu o Sete de Setembro por 3x0, é a presença do lateral-esquerdo Oziel, que retorna após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.
Já no Central, o técnico Adelmo Soares, ainda em busca da formação ideal, irá promover três estreias. Na lateral direita entra Giovane, ex-Santa Cruz. No ataque, a novidade será a presença de Neto Alagoano, enquanto que no meio de campo o também ex-tricolor Guego terá a função de ser o homem de armação. Esta, por sinal, será a primeira vez que o jogador enfrentará o Porto, clube que o revelou.
“Não posso reclamar, pois sabia das dificuldades quando aceitei o convite de treinar o Central. Mas com esses três novos jogadores, senti o time mais encorpado. Principalmente do meio para frente. Estou otimista para esse clássico, que pode ser o nosso divisor de águas, apesar de reconhecer a qualidade do Porto”, destacou Adelmo, que no ano passado venceu o clássico matuto por 3x2, quando dirigia o Porto.
HISTÓRICO
No histórico dos confrontos entre Porto e Central, o tricolor leva vantagem. Nas 35 partidas disputadas até o momento, foram 15 vitórias do Gavião, contra 10 da Patativa. Aconteceram ainda 10 empates. O Porto marcou 41 gols, contra 38 do Central.

Nenhum comentário: