Seguidores

quarta-feira, 7 de março de 2012

PORTO BUSCA PRIMEIRA VITÓRIA SOB O COMANDO DE ADELMO

O Porto tem dois desfalques para encarar o Náutico nesta quarta-feira pela 15ª rodada do Campeonato Pernambucano. No segundo jogo no comando do Gavião, o técnico Adelmo Soares não terá o atacante Joelson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o lateral direito Ailton, machucado.

Para vaga de Ailton, Baiano volta ao time titular, mas para vaga de Joelson, Adelmo faz mistério. Lalá pode ser a novidade, o atacante disputa vaga com Fabinho que recupera-se de contusão e pode ficar a disposição para esta partida. Mas Fabinho leva desvantagem na parte física, já que não joga desde 18 de janeiro. Sua última partida foi pela segunda rodada contra o Belo Jardim.

O restante do time é o mesmo, com a permanência de Onildo formando dupla de zaga com Sandro Miguel.
Adelmo, busca sua primeira vitória e terá um desafio difícil contra o um dos times de melhor aproveitamento jogando dentro de casa. Em sete jogos nos Aflitos, o Alvirrubro venceu seis e empatou uma.

O Porto tem 15 pontos e ocupa a décima posição na tabela. Provável time do Gavião: Romero, Baiano, Sandro Miguel, Onildo e Airton. Rodolfo Potiguar, Marquinhos, Vagner Rosa e Jefferson Renan. Kiros e Lalá (Fabinho).


NÁUTICO COM DESFALQUES PARA O JOGO
Desfalque é o que não falta para o técnico Waldemar Lemos escalar o Náutico no jogo desta quarta-feira (7) diante do Porto. E mesmo com tantas ausências os alvirrubros não podem pensar em outro resultado que não seja a vitória, sob pena de perder contato com o líder Salgueiro.

Os problemas são tamanhos que o comandante não antecipou a escalação. As ausências em relação ao jogo anterior, quando o timbu venceu o Araripina são Souza (volante), Lenon (volante) e Gustavo (zagueiros), todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Do time de contundidos apenas o volante João Ananias está recuperado. Havia a esperança de contar com o meia Eduardo Ramos. Ele já não jogou no sábado por causa de uma forte virose. A recuperação foi lenta, pois ele não treinou segunda nem terça. Mesmo assim foi para a concentração.

Uma das possibilidades de Waldemar é deslocar o lateral-direito Marquinho para a zaga - ele já atuou no setor quando defendia o Fluminense. Nesse caso, João Ananias iria para a lateral. Além de Marquinho, o técnico tem Leo e Diego Silva, das divisões de base.

No meio, o único remanescente da formação considerada titular é Derley. Ele deve ter como companheiros Auremir, Helder e Philip. A outra opção é recuar Siloé para o meio e Berguer formar o ataque com Rodrigo Tiuí. Helder sobraria para o banco de reservas.

"Realmente é difícil, mas existem coisas piores na vida e as pessoas passam por elas. Os jogadores estão cientes do que tem de fazer, além disso, todos que têm entrado têm cumprido bem a sua função, tanto que estamos na terceira posição, perto do líder", disse Waldemar.

Nenhum comentário: