Seguidores

domingo, 25 de março de 2012

PORTO VENCE TERCEIRA PARTIDA SEGUIDA

O Porto encontrou muita dificuldade, mas venceu o Ypiranga por 2x1 na tarde deste domingo em jogo válido pela 18ª rodada do Pernambucano. Com o resultado, o Gavião continua na sétima posição agora com 24 pontos, um ponto a menos que o próprio Ypiranga que continua na área de classificação para o Brasileiro.

A partida começou com atraso, porque o Ypiranga estava sem médico. Foi necessária uma espera de 54 minutos para enfim a bola rolar no estádio Luiz Lacerda.

O jogo começou disputado. Logo aos 4 minutos, Airton cobrou falta da entrada da área e obrigou André Pereira a fazer boa defesa para escanteio. O Ypiranga respondeu três minutos depois, Thiago Laranjeira escapou pela direita e cruzou para Thomas Anderson que de cabeça não perdoo. 1x0 Ypiranga.

O Porto sentiu o gol. Afunilando as jogadas pelo meio, o Gavião esbarrava na forte marcação do adversário. O Ypiranga, por sua vez, jogava em cima de Thiago Laranjeira. O meia era o principal responsável por articular as jogadas ofensivas da equipe.

O Porto conseguiu chegar ao empate aos 23 minutos. Após um bate rebate na área, a bola sobrou com Kiros que teve tranquilidade para deixar tudo igual. Na comemoração, o atacante teria provocado a torcida do Ypiranga e foi punido com o cartão vermelho.

 Com um homem a mais em campo, o técnico do Ypiranga tirou um volante (Hugo) para entrada de um atacante (Ila). Coincidência ou não, no mesmo minuto Joelson avançou pelo meio e soltou a bomba de fora da área sem chance de defesa para André Pereira. Foi o segundo gol sofrido pela defesa do Yipiranga que estava a seis jogos sem levar gols.

Bem postado em campo, o Porto se defendia bem e jogava melhor que o adversário. Aos 36, bola alçada na área e depois do desvio de Moisés, Joelson dominou e chutou com perigo a direita do gol. Aos 45, num contra ataque rápido, Airton chutou de direita da entrada da área e a bola passou perto da meta do Ypiranga.

Com um homem a mais, o Ypiranga voltou sufocando o Porto nos primeiros minutos do segundo tempo. Aos 5 minutos, Thomas Anderson recebeu na área e chutou prensado. O Porto teve boa chance de ampliar aos 9 minutos. Joelson lançou Vagner Rosa que entrou livre na área, mas chutou por cima do gol.

No minuto seguinte foi a vez do Ypiranga assustar. Ila cruzou da esquerda e Cristiano subiu livre de cabeça, Romero fez grande defesa para escanteio. Com o time acuado em campo, Adelmo Soares tirou Cássio para entrada de Geninho. O resultado surtiu pouco efeito na pratica, isso porque o Ypiranga continuava pressionando.

Aos 17, Cristiano perdeu boa chance dentro da área e aos 21, o mesmo Cristiano no bico da pequena área chutou em cima de Romero. A situação melhorou apenas aos 22 minutos quando Lúcio recebeu o segundo cartão amarelo e deixou as duas equipes com 10 jogadores. O jogo ficou equilibrado e as chances de gols diminuíram.

No melhor momento do Ypiranga, Jair escapou pela direita e chutou forte para defesa de Romero aos 31. Na melhor chance do Porto, Fabinho tocou para Joelson que arriscou da entrada da área para boa defesa de André aos 45 minutos. Placar final: 2x1 Porto.

Nenhum comentário: