Seguidores

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

CENTRO LIMOEIRENSE CONSEGUE VENCER O PORTO

» Ficha do jogo

Centro


Fabinho,

Paulo Ricardo, Ricardo, Douglas e Josa (Leto), Bartô, Everton, Antônio e Nego, Maurício e Thiago. Técnico: Vilson Cavalo.

Porto


Marquinhos, Val, Gonçalves, Romero (Marcos Paraná) e Arlindo, Vágner Rosa, Stanley, Márcio e Juninho, Pierre (Marlos) e Bibi (Bruno). Técnico: Edmílson Santos.


Local: Estádio José Vareda, em Limoeiro. Árbitro: Eduardo Alcântara. Assistentes: Wilton Lins e Luís Fernando Coelho. Gol: Maurício, aos 46 minutos do 2º tempo. Renda: R$ 1.305,00. Público: 2.399. Juniores: Centro 1x4 Porto.


Com um gol do atacante Maurício, aos 46 minutos do segundo tempo, o Centro Limoeirense estreou vencendo por 1x0 o Porto, ontem, no Estádio José Vareda, em Limoeiro. Com o resultado, o time divide a liderança do Grupo A do Pernambucano ao lado do Serrano, que derrotou o Náutico pelo mesmo placar. Ambos estão com três pontos, uma vitória e saldo de um gol.

Um dos destaque do Centro foi o goleiro Fabinho. Ele fez boas defesas e garantiu a vitória. O Porto foi para o jogo como favorito. Afinal, tem um time mais experiente e ainda contava com atacante Bibi. Mas, em campo, prevaleceu a força de vontade dos donos da casa.

Na quarta-feira, o Centro terá pela frente o Náutico, nos Aflitos, enquanto o Porto vai até Serra Talhada enfrentar o Serrano, sem poder tropeçar.

Não foi um jogo de bom nível técnico. As duas equipes erravam muitos passes, mas não faltou aplicação aos dois times. Centro soube aproveitar o mando de campo e largou na frente do Campeonato Pernambucano na luta pela classificação para o hexagonal do segundo turno.

O gol do atacante Maurício no finalzinho levou à torcida ao delírio, pois ninguém esperava mais pela vitória. Já Porto mostrou que vai precisar melhorar, especialmente nas finalizações. A dupla ofensiva Pierre e Bibi não funcionou, mesmo com o meio-de-campo procurando chegar na frente, especialmente com Márcio e Juninho.

No final, a vitória terminou sendo justa e deixou a impressão que a luta entre os clubes intermediários será dura.

Nenhum comentário: