Seguidores

sábado, 12 de janeiro de 2013

PORTO PERDE ÚLTIMO TESTE ANTES DA ESTREIA NO PE2013


O Porto perdeu por 2x0 para o Santa Cruz em partida amistosa realizada neste sábado em Sairé. Foi o ultimo jogo do Gavião antes da estreia no Campeonato Pernambucano, no próximo domingo contra o Central.

O Porto começou bem o jogo e parecia que ia fazer frente diante do atual bicampeão pernambucano. Com uma forte marcação na saída de bola do adversário e explorando a habilidade de Davidson pela direita, o Porto criou algumas situações perigosas. Na melhor delas, Tiago Cardoso defendeu o chute de Rennan aos 15 minutos.

Aos poucos, a equipe coral foi acertando a marcação, o que deu confiança e permitiu que o Santa Cruz passasse a dominar a partida.

Aos 17, Jefferson Maranhão cruzou da direita e bola sobrou com Vagner, o zagueiro dominou e soltou a bomba por cima do gol de Rodrigo Carvalho. Três minutos depois, foi a vez de Renatinho arriscar de fora da área, obrigando Rodrigo Carvalho a trabalhar novamente.

O Santa Cruz continuou mandando no jogo, enquanto o Porto sem meio campo não conseguia articular nenhuma jogada ofensiva.

Foi nesse momento que saíram os gols do Santa Cruz. Aos 33, Jefferson Maranhão tocou para Renatinho livre na área tocar na saída do goleiro. O segundo gol saiu quatro minutos depois, após cobrança de escanteio, a bola sobrou com Cesar ampliar.

Para etapa complementar, o Porto voltou com o mesmo time que iniciou a partida, enquanto o Santa Cruz mudou o time inteiro. Apesar das mudanças, o panorama da partida não sofreu alterações, o Santa Cruz seguiu dominando. A equipe coral perdeu boas chances com Natan aos 4 e Patrick aos 8. O Porto só chegou com Orobó numa cabeçada que Fred defendeu aos 17 minutos.

O Santa respondeu aos 23 minutos. Danilo recebeu lançamento e entrou livre na cara do gol, Rodrigo fez boa defesa. Aos 31, Joelson perdeu boa chance para o Porto, o atacante recebeu na área, cortou o zagueiro e chutou pra forte. Fred mais uma vez salvou o Santa.

Ainda houve tempo para Natan acertar a trave do Porto aos 35 e Neto ainda obrigou Rodrigo Carvalho evitar o terceiro gol do Santa aos 45.
  

Nenhum comentário: