Seguidores

domingo, 24 de março de 2013

PORTO EMPATA CONTRA O CHÃ GRANDE


O Porto foi até Vitória de Santo Antão, no Carneirão, para enfrentar o Chã Grande pela oitava rodada do PE2013. O Gavião acabou saindo de campo com um empate em 1x1 e praticamente deu adeus ao segundo turno.  Restando três partidas (contra Serra Talhada, Santa Cruz e Central, todas no Lacerdão), o Porto precisaria alcançar uma sequencia pouco provável de três vitorias para alcançar 18 pontos e conseguir pelo menos a quarta vaga que daria direito a participar da semifinal.

O Porto começou a partida levando um susto aos dois minutos. Jaime cobrou falta da direita e Julian subiu de cabeça, Rodrigo Carvalho foi buscar no canto fazendo grande defesa. Laelson Lima não promoveu grandes mudanças em sua reestreia no comando do Porto, mantendo a barreira de três volantes criada por Luiz Muller. Com Anderson Pirata isolado na criação das jogadas, foi o Chã Grande que comandou as principais ações ofensivas do primeiro tempo.

Aos seis minutos, Danilo recebeu pela esquerda, invadiu a área com facilidade e mandou a bomba no travessão de Rodrigo Carvalho.

Num dos poucos lances de perigo do Porto na etapa inicial, Rennan cobrou falta da direita e a bola quase engana Dida, que fez grande defesa aos 13 minutos.

Muito desorganizado, o Porto não conseguia criar jogadas ofensivas, já o Chã Grande quando chegava era mais perigoso. Aos 17, Danilo cruzou da direita e julian chegou escorando chutando à direita do gol de Rodrigo. Aos 25, Cláudio recebeu na área, fez o giro e chutou forte para mais uma defesa de Rodrigo.

De tanto tentar o Chã Grande foi premiado com um gol aos 42 minutos. Edmilson arriscou de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e enganou Rodrigo Carvalho que não teve reação. 1x0 Chã Grande.

Para o segundo tempo, Laelson manteve o mesmo time da etapa inicial, e o panorama da partida não sofreu alteração. Aos três minutos, o Porto resolveu trabalhar a bola. Ademar tocou para Joelson, que rolou para Rennan arriscar de fora da área, começava a aparecer a figura do goleiro Dida que mandou para escanteio.

Aos 20, o Porto ensaiou uma certa pressão no adversário, mas o chute de Anderson Pirata passou por cima do gol. Mesmo vendo seu time não jogando bem, foram necessários 21 minutos para que Laelson Lima pudesse tomar uma atitude, e ela veio em dose dupla: saíram Cosme e Jefinho para as entradas de Tiago Orobó e Jefferson Renan.

O Chã Grande perdeu boa chance aos 23 minutos. Danilo tabelou com Tamerson e tocou na saída de Rodrigo Carvalho, a bola passou a esquerda do gol.

Passado o suto, o Porto passou a dominar. Aos 25, Anderson Pirata deu ótimo passe para Joelson dentro da área, o atacante chutou colocado e obrigou Dida a fazer grande defesa. Aos 32, Tiago Orobó passou por dois marcadores e tocou para Anderson, com o toque de calcanhar o meia deixou Joelson na cara do gol, o atacante chutou de primeira e mais uma vez Dida salvou o Chã Grande. No mesmo lance, o Chã Grande ficou com um homem a menos depois que Daniel foi expulso por reclamação.

Com a vantagem, não demorou muito para o Porto empatar. Anderson recebeu na área e foi derrubado. Pênalti bem marcado e convertido por Joelson, que Joelson que fez seu nono gol na competição.

Aos 36, Tiago Orobó puxou o contra ataque e tocou para Jefferson Renan. O meia chutou da entrada da área e Dida mandou para escanteio. No minuto seguinte, Joelson recebeu na entrada da área, deu um chapéu no marcador e chutou com perigo a esquerda de Dida.

A partida ficou aberta com as duas equipes em busca da vitória. Aos 40, Jaime recebeu o cruzamento da esquerda e obrigou Rodrigo a fazer grande defesa salvando o Gavião. O Porto bem que tentou chegar ao segundo gol, mas o placar não sofreu mais alterações. 

Nenhum comentário: