Seguidores

domingo, 30 de janeiro de 2011

CLÁSSICO PARA MOVIMENTAR A CIDADE

Um clássico para movimentar a cidade, com clubes em grande fase, expectativa de casa cheia e valendo a liderança do Pernambucano. A descrição do Clássico das Emoções pode ser perfeitamente aplicada ao tradicional Clássico Matuto deste domingo, em Caruaru. O confronto entre os pássaros caruaruenses acontece sob um grau de otimismo como há muito não se via. Em 12 jogos disputados por Central e Porto no Campeonato Pernambucano, são 10 vitórias, um empate e apenas uma uma derrota, com 18 gols marcados e apenas 7 sofridos. A Patativa é vice-líder com 88% de aproveitamento, enquanto o Gavião está logo atrás, em 3º lugar, com outro ótimo índice, 83%. Neste domingo, às 16h, o choque da rivalidade, no Lacerdão. Caso o Santa Cruz seja derrotado pelo Náutico, os times de Caruaru podem até sonhar com a ponta em caso de vitória.


Alvinegros precisam de uma vitória por qualquer placar e de uma derrota do Santa Cruz no Clássico das Emoções Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press
Após a rodada de quinta-feira, quando os dois clubes ganharam e esquentaram de vez a disputa particular, começou uma série de declarações de respeito ao adversário, mas sem esconder a ambição pelos três pontos. O técnico alvinegro, Maurício Simões, por exemplo, cobrou o seu grupo ainda no gramado do Lacerdão após o 2 a 0 sobre o Araripina. ´Erramos alguns passes, mas o melhor foi vencer e encaminhar a classificação. Agora temos o clássico e é preciso muita atenção`, afirmou. Os dois clubes, que treinam no mesmo local, o centro de treinamento tricolor, revezaram os horários nos dias que antecederam o clássico. Pela manhã, apenas o Porto. À tarde, somente o Central. No Alvinegro, ainda invicto, uma série de mudanças para o jogo.

Expulso na última partida, o zagueiro e capitão Emerson vai cumprir suspensão automática. Ele será substituído por Elias, mantendo o esquema 3-5-2. No entanto, a expectativa é que o meia Rosembrick, principal contratação do clube, mas que jogou apenas na estreia, seja liberado pelo departamento médico, já curado da lesão no joelho. Com a entrada do ´Mago da Bola`, no lugar de um zagueiro, a formação centralina passaria para o 4-4-2.Na ala direita, Gustavo volta após acompanhar o sepultamento de sua irmã, enquando o meio-campo terá o retorno do experiente Wilson Surubim, que cumpriu suspensão.

No jovem Porto, com uma impressionante média de idade de apenas 22 anos, a principal mudança será no ataque, pois Kiros, um dos destaques do elenco, recebeu o cartão vermelho na vitória sobre o Ypiranga, fora de casa. O mais cotado para a vaga é Theo.

O Clássico Matuto, disputado pela primeira vez em 24 de abril de 1994 (Central 2 x 0 Porto), será realizado pela 38ª vez no Estadual. O Gavião segue em vantagem, com 15 vitórias, contra 12 da Patativa. Dez partidas terminaram empatadas.
Do Diário de Pernambuco.

Nenhum comentário: