Seguidores

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

GRAMADO DO LACERDÃO EM OBSERVAÇÃO

Do Blog do Torcedor

Termina hoje o prazo para os clubes que vão disputar a Séria A1 do Campeonato Pernambucano enviarem os laudos dos órgãos competentes liberando seus respectivos estádios para o certame, que começa dia 13 deste mês. Três praças esportivas estão em observação. O Luiz Lacerda, em Caruaru, que vai receber jogos do Central e do Porto, o Ademir Cunha, em Paulista, sede do América, e o Arruda, do Santa Cruz.

Os gramados dos redutos do tricolor, da Patativa e do Gavião foram criticados pelo presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Carlos Alberto Oliveira, na semana passada. A entidade também está com olhos atentos à segurança do Ademir Cunha, pois o estádio será palco de jogos da Série A1 pela primeira vez desde 2006, quando uma grande confusão foi registrada no duelo Sport x Estudantes.

“Estive no Luiz Lacerda na última quinta-feira e o gramado ainda deixa a desejar. E qualquer campo que não estiver em condições de jogo vai ser interditado”, adiantou o diretor técnico da FPF, Murilo Falcão. Sobre o Santa Cruz, uma comissão da FPF deve ir hoje ao estádio para conferir o piso, que está desgastado por conta dos excessivos treinamentos. No entanto, de acordo com os dirigentes do Santa, com a ida do elenco para a pré-temporada em Chã Grande, o gramado vai ser preservado e, consequentemente, melhorado. O Santa só joga em casa no Pernambucano na segunda rodada, diante do Ypiranga. A estreia será contra o Vitória, no Carneirão.

Assim como o Santa, o Central também está com sua estreia em casa, diante do Salgueiro, pela segunda rodada, ameaçada. “Não entendo o que está acontecendo. O gramado já melhorou bastante. Convidei Carlos Alberto Oliveira para conferir pessoalmente. Se o Luiz Lacerda for interditado, a FPF vai precisar fazer o mesmo com os demais estádios”, afirmou o presidente do Central, João Tavares. A Patativa estreia do Estadual contra o Ypiranga, no Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe.

Por sua vez, o Porto não deve fazer seu primeiro jogo em Caruaru, na largada do certame. O duelo contra o Araripina deve ser transferido para o Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho.

Pelo lado do América, o clube está confiante na liberação do Ademir Cunha. “A Polícia Militar vai ao estádio hoje para fazer o relatório final. Trocamos o alambrado, que separa a torcida do fosso. A reforma na arquibancada também já foi concluída”, declarou o presidente João Antônio.

Nenhum comentário: