Seguidores

domingo, 20 de março de 2011

GOLEADA PARA ENTRAR NA HISTÓRIA


O Porto Massacrou o Central neste domingo jogando no Estádio Luís Lacerda. O jogo foi válido pela 17ª rodada do Campeonato Pernambucano 2011. O grande destaque da partida foi o atacante Paulista que marcou quatro vezes chegando a nove gols no torneio.

O jogo começou movimentado, o Porto chegou com perigo logo no primeiro minuto de jogo. Altemar avançou pela esquerda e chutou cruzado, a bola passou a frente da meta do Central onde chegavam Naldinho e Téo.

O Central respondeu no minuto seguinte com Vassoura chutando por cima da meta de Mondragon.

Aos 6, Paulista invadiu a área e foi derrubado por Tarcisio. Pênalti bem marcado e convertido pelo próprio Paulista. Goleiro de um lado, bola para o outro.

O Porto dificultava a saída de bola alvinegra marcando o adversário em seu campo de defesa.

Aos 15, o Central chegou com perigo. Tarcisio avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de Danilo Pitbull, Mondragon defendeu.

Aos 25, Baiano sentiu uma contusão e foi substituído por Arlindo. Insatisfeito com o rendimento do seu time, o técnico Serrão tirou Fernando Pires para entrada de Rosembrick.

Aos 28, a bola sobrou na entrada da área com Paulista. O atacante dominou e colocou no ângulo esquerdo de Sérvulo que nada pôde fazer.

Aos 43, Altemar bateu escanteio, Alexandre Black subiu livre para Naldinho que quase chegar.

O Central começou o segundo tempo com Roma no lugar de Harlei. Apesar do equilíbrio no minutos iniciais, aos poucos o Alvinegro foi tomando o controle da partida, mas um controle inútil, já que o Central não conseguia traduzir as chances em perigo real.

Aos 15 minutos , bola lançada fez Sérvulo sair da área para afastar o perigo, mas a bola parou nos pés de Paulista que tentou de cobertura, a bola quicou e passou por cima do travessão.

Aos 20, Douglas tabelou com Helder e tocou para Téo na entrada da área, o atacante arriscou. Mas Sérvulo mandou para escanteio.

A melhor chance do central no segundo tempo foi aos 24 minutos. Rosembrick bateu escanteio, a bola passou para todo mundo e quase sobra com Danilo Pitbull, Mondragon foi mais rápido e fez a defesa.

Aos 37, Jefferson Renan roubou a bola, Paulista recebeu o lançamento, entrou na área, se livrou do goleiro e fez o terceiro gol do Gavão.

O quarto saiu aos 41 num belo chute de Paulista da entrada da área. Fim de jogo e muita festa da pequena torcida do Porto que continua em quarto lugar, agora com 32 pontos, três a menos que os lideres Náutico e Santa Cruz.

5 comentários:

aparecida disse...

paulista é paulista vamos ver qual vai pedi no gols do fantastico ser a musica que ele vai ped espero que nao seja super-man

Anônimo disse...

parabens pela fantastica partida historica, o Porto esta no caminho certo so manter a seriedade.O Alemão que joga no time junior tem vaga entre os proficionais.De olho nele galera!Parabens paulista pelos 4 gols.De olho no fantastico!

dettmann disse...

parabens porto pela goleada historica.O Alemão pra quem o acompanha, com certeza tem vaga no time principal.Parabens paulista,so pedir a musica n.o fantastico

Luciarn-currais novos disse...

Parabens ao porto pela grande vitoria com certesa vai ficar marcada na historia do futebol de pe...parabens a equipe do juniores q tbm fez uma grande partida e estar na vice-liderança he vai ser campeao....aguardem.......

Anônimo disse...

Um time que tem Vagner Rosa e Naldinho, é brincadeira. Que classe para tocar na bola. Quero ver o passarinho nadar e morrer na praia. Quarta vamos para 3º e eles para 4º. Rumo a semi final e a série D.