Seguidores

sábado, 9 de abril de 2011

PORTO É DERROTADO PELO SPORT

Imagem do PE360 graus

O Porto perdeu para o Sport por 3x1 neste sábado pela abertura da penúltima rodada da fase de classificação do Pernambucano. Com esse resultado, o Gavião continua na terceira posição com 38 pontos. O Sport encostou, mas segue em quarto com um ponto a menos.

O Gavião ainda pode assegurar a classificação neste domingo. Para isso, basta um tropeço do Central diante do Ypiranga.

O gol do Porto foi marcado por Paulista. 13ºgol do artilheiro na competição.

A partida esteve ameaçada de não acontecer por conta das fortes chuvas que castigaram o Recife na madrugada e manhã deste sábado, dirigentes da Federação Pernambucana de Futebol visitaram a Ilha do Retiro no início da tarde para verificar o estado do gramado. Mas tudo estava ok. O gramado da Ilha não ficou encharcado. Bom para as equipes que buscaram o gol desde o início do jogo.

O Porto iniciou melhor a partida. Imprimindo uma forte marcação no meio campo e jogando em velocidade, o Gavião tinha uma postura mais objetiva e com mais volume de jogo. Logo aos 12 minutos, Kyros cabeceou e Magrão fez uma importante defesa.

Mas aos 19 minutos, Carlinhos Bala escapou pela esquerda e cruzou para dentro da grande área, o lateral Edi não acompanhou na marcação e Wellington Saci ficou livre para abrir o placar para o Sport

Quando conseguiu fazer o gol, o Sport teve mais tranquilidade para trabalhar melhor a bola, variar as jogadas pelas laterais e chegar com mais ímpeto no ataque. Aos 35 minutos, Carlinhos Bala acertou o travessão. O árbitro anulou o lance, marcando impedimento. No entanto, o atacante rubro-negro estava na mesma linha do zagueiro adversário.

Mesmo com o Sport se encontrando em campo, o Porto ainda conseguiu chegar à frente e, assim, Kyros e Paulista tiveram chances claras para fazer o gol de empate. Mas o resultado do primeiro tempo ficou mesmo 1x0 para o Sport.

No segundo tempo, o Leão começou melhor. A equipe encontrou mais espaços para tocar a bola e ir ao ataque. Logo aos dois minutos, Marcelinho Paraíba acertou a trave de Mondragon. Mas, no minuto seguinte,em cobrança de falta, o meia mandou a bola no canto esquerdo do goleiro do Porto. 2x0 Sport.

O gol deu muita tranquilidade ao Sport, que tocou a bola, cozinhando o jogo, como se o resultado positivo estivesse garantido. O técnico Laélson Lima fez mudanças. Tirou Helder e Douglas, escalando Evandro e Jéferson. Assim, o Porto fechou os espaços do Sport e passou a ter mais volume de jogo.

Assim, aos 24 minutos, o Porto diminuiu o placar. Paulista recebeu a bola na intermediária, limpou a jogada e bateu rasteiro. A bola bateu no pé da trave e entrou nas redes do goleiro Magrão.

O que poderia ser uma reação foi por água a baixo aos 30 minutos. Marcelinho Paraíba bateu falta na área, a defesa fez a linha de impedimento, menos Marivaldo que deu condiçõs para Montoya escorar de cabeça fazendo terceiro do Sport.

O Porto ainda lutou, mas o Sport conseguiu segurar e garantir os três pontos.

Nenhum comentário: