Seguidores

domingo, 8 de dezembro de 2013

PORTO ARRANCA EMPATE NOS MINUTOS FINAIS

Porto e Central empataram em 1 a 1 neste domingo pela abertura do Campeonato Pernambucano 2014. O resultado final teve sabor diferente para as duas torcidas. A do Central saiu com gosto amargo, já que estava na frente até aos 45 do segundo tempo. Já a torcida do Porto saiu feliz com o gol de Guego no final da partida.

A partida começou com o Central melhor em campo. Mais consciente no jogo, a Patativa tocava melhor a bola e os lances de perigo foram saindo naturalmente. Aos cinco minutos, Jonathan Goiano fez boa jogada pela direita na cabeça de Wanderley, Emanoel espalmou para escanteio. Aos 12, após cobrança de escanteio, Wanderley escorou para o meio da área, mas Jonathan Goiano cabeceou por cima do gol.

Apesar de está melhor em campo, o Central não pressionava, mas estava sempre levando perigo ao gol de Emanoel. Aos 19, jogada rápida de Jonathan Goiano pela direita. O atacante cruzou na cabeça de Wanderley, que mandou por cima do gol.

O Porto subia pouco e só levou perigo ao gol de Juninho aos 31 minutos. Felipe Almeida cruzou para Kiros, que cabeceou fraco para defesa de Juninho.

Aos 35, o Central perdeu o zagueiro Anselmo que saiu machucado, Paulo Maranhão entrou no lugar. O gol do central surgiu no final do primeiro tempo. Thallys recebeu da entrada da área, fez fila na defesa do Gavião e tocou na saída de Emanoel, que nada pôde fazer.

No segundo tempo, o Porto passou a trabalhar mais a bola, tornando a partida mais equilibrada. Mesmo com a melhora, o Porto levava pouco perigo ao gol adversário, enquanto o Central apostava nos contra ataques. Aos 28, João Paulo recebeu na área, livrou-se da marcação e mandou a bomba por cima do gol.

Aos 37, Thallys tabelou Jonathan na entrada da área, mas antes que o meia recebesse livre de frente para o gol, a defesa fez o corte. O último lance de perigo da Patativa surgiu aos 41, Danilo Pires arrancou em velocidade e mandou a bomba da entrada da área. Emanoel mandou para escanteio.

No final, o Porto ficou mais objetivo e criou duas grandes chances. Na primeira, Jefinho recebeu um lançamento ficando na cara do gol, mas o atacante não teve tranquilidade para definir, chutando fraco para defesa de Juninho. Quando todos pesavam que o Porto se entregaria após essa jogada, veio a redenção de Jefinho. O atacante fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Guego, que mandou no canto direito de Juninho. Estava decretado o empate e o resultado final da partida.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. O Porto enfrentará o Ypiranga em Santa Cruz do Capibaribe, enquanto o Central encara o Chã grande em Caruaru.


Nenhum comentário: