Seguidores

domingo, 19 de janeiro de 2014

PORTO VENCE O CHÃ GRANDE E VOLTA AO G-3

O fez valer seu mando de campo ao vencer o Chã Grande por 1 a 0 neste domingo. A partida foi válida pela 13ª rodada do Campeonato Pernambucano. Com o gol de Kiros, o Gavião voltou ao G-3 da competição, agora com 17 pontos, dois a mais que o próprio Chã Grande e o Vitória, que perdeu para o Pesqueira.

As duas equipes entraram em campo cautelosas, procurando não se expor muito no ataque. O Chã grande tinha a vantagem de ter em campo dois meias mais determinados, e foi através de Mizael e Tiago Lima que a Raposa dominou os primeiros minutos. Mas apesar do domínio, as chances criadas não levaram perigo algum ao gol de Emanoel.

Sem conseguir construir nenhuma jogada ofensiva nos primeiros 22 minutos, o Porto acabou sendo premiado com um gol na primeira chance que teve. Kiros cobrou falta da entrada da área e Viola, que estava na barreira, colocou a mão na bola. O árbitro Gleidson Leite deu pênalti, que o próprio Kiros cobrou e converteu.

O Chã Grande tentou reagir e aos 25 minutos Viola arriscou de fora da área, a bola passou a direita do gol de Emanoel.

Perdendo o jogo, o técnico Ubirajara Veiga tirou Viola para entrada de Dário Kennedy. Logo no primeiro lance, o atacante deu uma arrancada pela direita e cruzou rasteiro, Emanoel tentou afastar e quase que defesa do Porto se complica. O Porto respondeu aos 37 minutos. Jackson puxou o contra ataque pelo meio e cruzou na área, Kiros se antecipou e tocou para Thaciano que chegou chutando de primeira, Dida mandou para escanteio.

O Chã Grande continuou com mais volume de jogo no segundo tempo. O Porto voltou mais fechado procurando encaixar algum contra ataque. As duas equipes criaram algumas chances nos primeiros minutos, no Porto Kiros foi acionado duas vezes sem sucesso. No Chã Grande, Nona e Gilson perderam oportunidades. Aos 27, Tiago Lima tabelou com Jessuí, mas chutou fraco para defesa de Emanoel. Aos 33, novamente Tiago Lima, o meia recebeu da entrada da área, mas Emanoel mandou para escanteio.

No final da partida, o Porto conseguiu controlar o adversário saindo um pouco do sufoco e criando duas chances. Aos 39, Matheus Araripina fez boa jogada individual, invadiu a área e cruzou rasteiro, a bola ia em direção a Jefferson Renan, mas Jessé fez o corte.  Aos 43, Felipe Almeida cobrou escanteio e Matheus Araripina acertou uma bela cabeçada, Dida fez grande defesa. Mesmo com o arbitro dando cinco minutos de acréscimos, o Chã Grande não conseguiu chegar ao gol de empate.

Na próxima rodada o Porto encara o Salgueiro no estádio Cornélio de Barros. O jogo acontece na próxima quarta-feira. O Chã Grande folga.


Nenhum comentário: