Seguidores

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

PORTO PERDE GOLS E É DERROTADO PELO LANTERNA


Jogando contra o lanterna da competição, era de se esperar que o Porto encontra-se vida fácil pela frente, ainda mais porque o América veio a Caruaru com o time reserva. Mas não foi o que aconteceu, o América venceu a partida por 1 a 0 , resultado que tirou o Gavião do G-3 do Campeonato Pernambucano. Com a derrota, o Porto foi ultrapassado pelo Vitória, que venceu o Ypiranga logo cedo por 2 a 1.

JOGO:

Para um time que marca poucos gols, a falta de seu principal goleador era a maior preocupação do Porto na noite desta quarta-feira. Fato que ficou visível na primeira jogada ofensiva, quando Guego e Thaciano quase se atrapalharam dentro da área, sobrando para Guego um chute que foi nas redes, mas pelo lado de fora.

Se fazer um gol era uma preocupação, levar um aos 10 minutos virou um pesadelo, já que o Porto só conseguiu marcar mais de um gol em apenas quatro jogos em toda competição. Numa bola que sobrou na entrada da área do Gavião, Otacílio chutou forte e pegou Thiago mal posicionado. A bola foi no meio do gol, mas suficiente para pegar o goleiro do Porto desprevenido.  1 a 0 América.

O gol desconcentrou a equipe do Porto que partiu pra cima de qualquer jeito e quase é pego num contra ataque alviverde.no minutos seguinte. Bob invadiu a área e se não fosse a recuperação rápida de Jackson, o América teria ampliado.

Explorando muito as jogadas pelas laterais, o Porto esbarrava na bem postada defesa do América. Sem criar grandes chances, restava Felipe Almeida chegar ao gol através de alguma jogada individual. Aos 27, o lateral tentou por cobertura de fora da área, mas a bola passou por cima do gol. Três minutos depois, Felipe tentou numa bola parada, Geninho subiu livre de cabeça, mas Diego fez grande defesa.

O Porto seguia jogando em seu campo ofensivo, mas como Alex Caruaru mal tocava na bola, as chances de gols não saiam. O América era mais objetivo e por pouco não fez o segundo aos 43. Bob puxou o contra ataque, invadiu a área e chutou forte. O goleiro Thiago fechou os olhos e escolheu o canto que ia cair, a bola foi para o lado oposto, por sorte, para fora.

No segundo tempo, o Porto voltou mais nervoso ainda, errando muitos passes na defesa o Gavião por pouco toma mais um. O técnico Elenilson Santos demorou treze minutos para ver que seu esquema de três volantes não funcionaria. Jefferson Renan entrou para saída de Cosme. Com a entrada de Renan, o Porto ficou mais objetivo e passou a criar boas chances, porém, faltou o homem gol para empurrar a bola para dentro.

Aos 18, Guego recebeu dentro da área e chutou para o gol, Diego defendeu. Aos 23, cruzamento de Jackson, a bola passou por toda defesa do América e sobrou com Jefferson Renan, livre na pequena na área, mandar para fora do estádio. Aos 25, Felipe Almeida recebeu na área e chutou cruzado, ninguém apareceu para escorar para o fundo da rede.

Com o tempo passando, Elenilson promoveu outra mudança: Jefinho na vaga de Evandro. O Porto passou a intensificar ainda mais a pressão em cima do adversário. Aos 39, Elenilson, enfim, desistiu de Alex Caruaru, para promover a estreia de Tulio, entre os profissionais. No lance seguinte, Guego cabeceou pra fora. O Porto ainda teve mais uma chance para ampliar aos 44, mas o placar não sofreu alterações.


Nenhum comentário: