Seguidores

domingo, 21 de dezembro de 2014

Rudison falha três vezes e Porto é golado pelo Central

O Porto perdeu mais uma vez para o Central no Estádio Luiz Lacerda. Numa tarde infeliz do goleiro Rudison, que falhou em três gols, o Gavião foi goleado implacavelmente por 4 a 1 neste domingo, pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano. Com o resultado, o Porto caiu para penúltima posição com cinco pontos. O Central lidera com treze.

As duas equipes começaram o jogo arriscando pouco no ataque. O Porto trabalhava a posse de bola, mas a defesa do Central sempre levava vantagem. O primeiro lance de perigo surgiu aos oito minutos em favor do Porto. Clebson da intermediaria arriscou o chute, o goleiro Beto chegou a tocar a bola com a ponta dos dedos, mandando para escanteio.

O jogo seguia sem grandes emoções, até que aos 20 minutos, Rudison cometeu um erro bisonho. O arqueiro do Porto jogou a bola nos pés de Ferreira. O lateral direito do Central não perdeu tempo, da intermediária mandou de cobertura, abrindo o placar para o Central. Foi a segunda erro de Rudison na competição, o arqueiro já havia falhado no segundo gol do Pesqueira no último domingo.

O gol desconcentrou o Porto, a equipe passou a errar passes no ataque e cometer faltas em seu campo defensivo. Um prato cheio para o jogo aéreo do adversário. Aos 27 minutos minutos, numa dessas faltas, Janilson mandou bola na área e André Lima subiu sem ser incomodado, cabeceando no canto direito de Rudison, que dessa nada pôde fazer.

Foi a última jogada de Janilson Madona no jogo. O lateral foi substituído dois minutos depois por Leandro Silva, por contusão.

Atrás no placar, o Porto mudou a postura, passou a apostar no jogo aéreo com lançamentos do campo de defesa para Kiros. O atacante era a figura mais lucida do ataque do Porto, mas com Etinho em mais uma tarde pouco inspirada, as jogadas ofensivas emperravam.

Aos 41, mais uma baixa para o Central. Roberto Píteo também saiu machucado dando lugar para William.

No intervalo, o técnico Elenilson Santos fez sua primeira substituição: entrou Luquinha na vaga de Caio. Mas, em mais uma jogada infeliz de Rudison surgiu o terceiro gol do Central aos cinco minutos. Numa bola alçada na área, o goleiro do Porto tentou saiu de soco, mas acabou espanando a bola na cabeça de Everton, que não pensou duas vezes e mandou por cobertura. 3 a 0 Central.

Por contusão, Elenilson fez mais uma mudança. Saiu Thaciano para a entrada de Jefinho.

O pesadelo de Rudison não parava. Aos 25 minutos, o arqueiro errou em duas saídas do gol. Na primeira não achou nada, na segunda, jogou a bola nos pés de Everton, que não teve trabalho para ampliar a goleada. 4 a 0.

O Porto seguia sendo time de uma tecla só: Kiros. Mas sua cobrança de falta aos 14 minutos foi para fora.

Neste momento, Ericks era a última aposta de Elenilson entrando na vaga de Etinho. Em vantagem no placar, Laelson Lima sacou Candinho para entrada de Juninho Silva. O objetivo era não perder força nos contra ataques. O Porto voltou a tocar bola, mas faltava poder ofensivo para o ataque.

Apenas no final, aos 39, Ericks recebeu na entrada da área, dominou e chutou no canto esquerdo de Beto, diminuindo o placar.

Com o resultado, a Patativa soma dez jogos sem perder para o rival, o Porto amarga mais uma derrota e de goleada, a oitava derrota nesta sequencia de resultados negativos contra o rival.


Nenhum comentário: