Seguidores

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

EM TARDE DE DUNGA: PORTO PERDE PARA O PESQUEIRA E SE COMPLICA NA CLASSIFICAÇÃO


O Porto foi derrotado por 5 a 4 para o Pesqueira na tarde desta quarta-feira no Estádio Antônio Inácio de Souza. O jogo foi válido pela 12ª rodada do Campeonato Pernambucano 2015. Destaque para o meia Dunga, que marcou três vezes para os visitantes, sendo aplaudido de pé pela torcida após sua grande atuação.

Precisando da vitória da entrar de vez na briga por uma vaga no Hexagonal do Título, não foi preciso mais que dois minutos para o Porto ficar atrás do placar. Dunga recebeu no meio e encontrou Romário dentro da área, o atacante do Pesqueira encontrou Rudison mal posicionado e mandou por cobertura. Gol do Pesqueira em mais uma falha do goleiro do Porto na competição.

O Porto tentou reagir. Jorge cobrou falta rasteiro, Delone deu rebote e Eriveltro na pequena área conseguiu perder um gol incrível. O Pesqueira teve uma boa chance de ampliar aos 21, Vander ficou na cara de Rudison, mas acabou chutando em cima do goleiro do Gavião.

O Pesqueira se mantinha em seu campo defensivo, dificultando ao máximo as investidas do ataque do Porto. Até que aos 33, Luquinha foi derrubado dentro da área por dois defensores do Pesqueira. Pênalti que Kiros cobrou e converteu.

Dez minutos depois, veio a virada. Marlon fez boa jogada na linha de fundo e cruzou rasteiro para Lucas, emendar de primeira e fazer um bonito gol. 2 a 1 Porto.

Em vantagem no marcador o Porto voltou sonolento para o segundo tempo e em menos de 20 segundos levou um gol. Dunga recebeu na entrada da área e acertou um belo chute, tudo igual no placar.

O Gavião sentiu o gol, sem conseguir articular jogadas ofensivas, Serjão sacou Luquinha e Marlon para as entradas de Jeremias e Jefinho. Mas a única ação que Jeremias conseguiu realizar na partida foi cometer um pênalti infantil em cima de Dunga aos 30 minutos. Helton Luiz cobrou e revirou o jogo para o Pesqueira. Dois minutos depois, Erikys escorou uma falta da esquerda e deixou tudo igual novamente. 3 a 3.

Mas a tarde era de Dunga, o meia aproveitou o vacilo de marcação de Jorge e da entrada da área mandou a bomba, Rudison dessa vez nada pôde fazer.


O gol de Kiros aos 43 poderia deretar o empate e pelo menos mais um ponto na conta do Porto, mas Dunga estava iluminado. Aos 49, Baiano fez boa jogada pela direita e cruzou para Edson, Rudison fez a defesa parcial, mas a bola voltou para Dunga, livre de marcação dentro da área fazer o quinto gol do Pesqueira. Placar final: 5 a 4.

Nenhum comentário: