Seguidores

domingo, 4 de janeiro de 2015

NOS ACRÉSCIMOS, PORTO VENCE O YPIRANGA FORA DE CASA

Depois de deixar a vitória escapar nos últimos minutos em duas oportunidades, a sorte enfim sorriu para o Porto nos minutos finais. Com um gol de Kiros, nos acréscimos, o Gavião venceu o Ypiranga por 2 a 1 no Otávio Limeira e volta a sonhar com uma vaga no G-2 da competição. O resultado positivo deixa o Porto dividindo a terceira posição com Pesqueira e Vera Cruz, com nove pontos, a um ponto do segundo colocado, o Serra Talhada.

O Gavião saiu na frente com um gol logo aos dois minutos. Clebson alçou a bola na área e encontrou Joelton, que aproveitou a saída errada de Adson e de cabeça abriu o placar.

Mesmo com a vantagem, o Porto seguiu melhor. Kiros cruzou na área e obrigou Adson a fazer grande defesa. Em seguida foi a vez de Jefinho cruzar para Joelton dividir com Adson, que mais uma vez salvou o Ypiranga.

Kiros e Jefinho seguiam infernizando a defesa do Ypiranga e por pouco não ampliaram o marcador aos 27 e 35 minutos. A partir daí o Ypiranga melhorou e passou a rondar a área do Gavião. Aos 37 Danilo Itaporanga teve a chance de cobrança de falta, mas Rudison fez grande defesa. No final, Clóvis tabelou com Ítalo e foi derrubado por Fabrício, pênalti duvidoso que o árbitro marcou. Ítalo foi para a cobrança e converteu. 1 a 1.

O segundo tempo começou com Jefinho cobrando falta da entrada da área. Adson mandou para escanteio. O Ypiranga respondeu com Ítalo aos nove minutos, Rudison defendeu. Aos 19, Danilo Itaporanga cobrou falta com perigo à direita de Rudison.

No minuto seguinte, Thiago cruzou da direita, o vento forte fez a bola fazer uma curva estranha que quase engana Rudison, por sorte a bola atingiu o travessão.

Vendo possibilidade de vitória, Serjão resolveu modificar sua equipe com as entradas de Erickys e Caio. O Porto passou a ser mais ofensivo e por pouco não chegar ao segundo gol aos 39 num chute de Mardley que foi defendido por Adson. Mas nos acréscimos, Jackson recebeu de Jefinho e chutou forte, Jajá colocou a mão na bola e o árbitro marcou pênalti. O zagueiro do Ypiranga acabou sendo expulso e Kiros cobrou forte decretando a segunda vitória do Porto no Campeonato Pernambucano.

Nenhum comentário: