Seguidores

domingo, 25 de janeiro de 2009

PORTO PERDE PARA O SPORT


O Sport soube segurar bem o Porto e assumiu a liderança isolada do primeiro turno do Campeonato Pernambucano com a vitória por 1x0 diante do Porto, neste domingo (25), no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru. O gol da vitória foi marcado logo aos três minutos de partida, por intermédio de Guto. Os rubro-negros chegaram aos 15 pontos e deixam o Gavião com 12.
A postura do Porto ficou bem definida tão logo a bola começou a rolar: marcar o Sport na saída de bola. No entanto, o Sport foi mais esperto e, na primeira jogada trabalhada conseguiu seu gol. Sandro Goiano dominou e fez o lançamento longo para Guto. Ele percebeu a saída de Danilo e, de cabeça, mandou por cobertura para abrir o placar.
A desvantagem no placar não mudou a postura do Porto em fazer pressão nos zagueiros, o que obrigou o Sport a fazer "ligação direta" - a bola saída da defesa para o ataque sem passar pelo setor de criação, o meio-de-campo. Além disso, a má jornada de Ciro, não dominava as jogadas, fez com que a defesa do Gavião sempre levasse vantagem.
Por outro lado, o trio de zaga do Sport, reforçado pela boa atuação do volante Hamilton não deixava o ataque do Porto entrar na área. As tentativas dos caruaruenses eram de longe, e sempre sem pontaria. Assim, só a bola parada resolveria. E, aos 25, Paulo Baier bateu falta da direita e Igor cabeceou forte. Danilo defendeu e a trave também ajudou. No rebote, o mesmo Igor chutou torto, para fora.
Os donos da casa só conseguiram levar perigo efetivo aos 35 minutos. Depois de uma cobrança de falta bater na barreira leonina, Thiago Laranjeira ficou com a sobra, mas chutou na rede, pelo lado de fora. O rubro-negro respondeu outra vez na bola parada. Paulo Baier bateu escanteio e César cabeceou raspando a trave direita. O único chute do Porto em direção ao gol saiu aos 43. Vágner Rosa mandou fraco, fácil para Magrão.
Os dois times voltaram para a etapa final com alterações, por coincidência, ambas nos respectivos setores ofensivos. Luciano Henrique assumiu o posto de Ciro pelo Sport; e Rogério entrou na vaga de Kiros, pelo Porto. Mas foram as posturas dos dois times foram opostas. O time da Ilha recuou seu meio-de-campo, enquanto o Gavião teve mais posse de bola.
Mas o primeiro lance de perigo veio apenas aos 12 minutos. Rogério dominou a bola dentro da grande área e chutou para fora. Durante grande parte dos 45 minutos finais o jogo deu-se no campo defensivo rubro-negro, porém a grande fase dos defensores - o time ainda não tomou gol nos cinco confrontos - atrapalhou as pretensões do Porto.
O Sport só veio finalizar aos 24 minutos, com Hamilton. Mas o chute foi fraco, sem grande dificuldade para Danilo. A essa altura, Fumagalli já entrara no lugar de Paulo Baier, bastante cansado. Dois minutos depois da tentativa de Hamilton, a bola parada voltou a ajudar o Leão. Andrade bateu de longe e Danilo defendeu em dois tempos.
Somente nos dez minutos finais é que o Porto chegou em condições de finalizar com mais perigo. Mas quando a zaga não conseguiu conter, apareceu a figura de Magrão. Aos 45 minutos, Thiago Laranjeira bateu escanteio e Rogério cabeceou livre. O goleiro do Sport mandou a escanteio e garantiu a vitória.
Na próxima quarta-feira (28), o Sport volta a atuar fora de casa. O adversário será o Ypiranga, em Santa Cruz do Capibaribe. Já o Porto encara o Salgueiro, no Cornélio de Barros.

Nenhum comentário: